P. 1
Prova de Literatura com gabarito UFMS INVERNO 2009 Profª. Gizeli Costa [www.gizeli.tk]

Prova de Literatura com gabarito UFMS INVERNO 2009 Profª. Gizeli Costa [www.gizeli.tk]

|Views: 13.675|Likes:
Publicado porGizeli Costa
Prova de Literatura com gabarito UFMS INVERNO 2009 Profª. Gizeli Costa [www.gizeli.tk]
Prova de Literatura com gabarito UFMS INVERNO 2009 Profª. Gizeli Costa [www.gizeli.tk]

More info:

Published by: Gizeli Costa on Oct 27, 2009
Direitos Autorais:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

07/30/2013

pdf

text

original

Profª. Gizeli Gondim www.gizeli.

tk
LITERATURA – UFMS INVERNO /2009 11. Com relação ao romance O encontro marcado, de Fernando Sabino, assinale a(s) proposição(ões) correta(s). (001) É obra simbolista, caracterizada em especial com a opção pela vida religiosa por algumas personagens. (002) É obra engajada, a partir de discussões sobre o estatuto da organização social e política do Brasil, em particular quanto à participação do país na Segunda Guerra Mundial. (004) É obra católico-existencialista, nos moldes dos romances intimistas brasileiros dos anos 30 e 40 do Século XX. (008) É obra devedora das vanguardas europeias do início do século, em especial pelo recurso do fluxo de consciência dos protagonistas. (016) É obra nitidamente modernista, que introduz, em ambiente provinciano, angústias cosmopolitas. 12. Com relação aos contos de Urupês, de Monteiro Lobato, assinale a(s) proposição(ões) correta(s). (001) As narrativas de final trágico são tributo ao gosto popular dos folhetins da época em que foram publicadas. (002) O entrecho humorístico de muitas narrativas ressuma, paradoxalmente, de uma visão cética e niilista do mundo. (004) O regionalismo da linguagem e do entrecho narrativo contém, em doses variáveis de uma narrativa para outra, denúncia social, política e econômica. (008) A criação do fazendeiro abastado, na figura do Jeca Tatu, revela as mazelas da estrutura fundiária concentradora do Brasil do início do Século XX. (016) O relacionamento entre as forças da natureza e a ação do homem no mundo natural mostra, em algumas narrativas, que a natureza se vinga da intervenção humana. 13. Com relação aos poemas de Memórias inventadas – a infância, de Manoel de Barros, assinale a(s) proposição(ões) correta(s). (001) São poemas em prosa. (002) São poemas com imagens metafóricas permeadas pelo sentimento de finitude humana. (004) São poemas em que o ritmo, a sonoridade e as alegorias indiciam influências da prosa simbolista. (008) São poemas em que a evocação do passado dialoga intertextualmente com obras anteriores do poeta. (016) São poemas com rigor formal parnasiano e liberdade temática modernista. 14. Com relação ao romance O cortiço, de Aluísio Azevedo, assinale a(s) proposição(ões) correta(s). (001) Tributária de correntes filosóficas e sociológicas do final do Século XIX, a obra é, por muitos estudiosos, considerada o ponto alto do Naturalismo na literatura brasileira. (002) É característica do naturalismo, e uma das marcas distintivas da obra, a linguagem metafórica, com remissões constantes a clássicos da literatura universal. (004) As personagens, ambíguas, contraditórias, consideradas na teoria como “redondas”, são fundamentais para que o enredo desemboque no final moralizante, com a vitória dos mais aptos na competição social. (008) Lançada em 1890, a obra responde ao momento histórico, de ruptura da monarquia, com denúncia satírica dos desmandos da elite luso-brasileira. (016) O narrador é em terceira pessoa, mas apresenta poucas incursões psicológicas e digressões filosóficas. 15. Com relação ao romance Madame Pommery, de Hilário Tácito, assinale a(s) proposição(ões) correta(s). (001) A linguagem do romance adota o flash-back e os cortes cinematográficos de cenas, com o narrador valendo-se de constantes digressões. (002) A protagonista tem sua trajetória relatada do nascimento até o momento em que se recolhe à vida particular, após passar à frente o seu estabelecimento comercial, batizado de Paradis Retrouvé. (004) Obra sem parâmetros anteriores, modernista avant-la-letre, o romance foi construído sem remissões a outros autores e obras, pois a intertextualidade não será característica cara à escola literária que então se instaura. (008) O recurso ao pseudônimo, adotado pelo autor, se deve à precaução de se esquivar de problemas pessoais, dado que o romance descreve a licenciosidade de pessoas da sociedade nos bordeis de São Paulo nos dois primeiros decênios do século XX. (016) Antes de ser obra ficcional, a narrativa é documentário que resulta de pesquisa historiográfica, o que o narrador disfarça sob a capa de uma linguagem irônica. 16. Com relação à peça teatral Liberdade, liberdade, de Millôr Fernandes e Flávio Rangel, assinale a(s) proposição(ões) correta(s). (001) Do conjunto, exposto nas falas e referenciado em notas de rodapé, de definições de liberdade ressalta, ao término da peça, a necessidade de controle estatal das atividades artísticas e dos meios de comunicação de massa. (002) As situações históricas retratadas, entre outras, vão da Inconfidência Mineira à Segunda Guerra Mundial, da Guerra de Independência das colônias britânicas nas Américas ao regime soviético, da morte de César na Roma Imperial à colonização castelhana no México. (004) Entre a proposição inicial, “Seja o nosso País triunfante, livre terra de livres irmãos”, e a fala final, com o “Resisto!” que retoma “a última palavra de Prometeu”, o drama encenado mescla a história do Brasil a conflitos cotidianos de pessoas comuns. (008) As personagens são identificadas pelo nome dos atores da primeira encenação, com as rubricas indicando especialmente a sonoplastia e a iluminação. (016) Um dos aspectos da peça é a alternância entre subgêneros do drama, tais como farsa, comédia, tragédia, épicos e melodramas. 17. Com relação à coletânea Melhores contos, de Machado de Assis, assinale a(s) proposição(ões) correta(s). (001) Na obra, temos exemplos de narrativas em que a “atmosfera” do diálogo é predominante e de narrativas em que o enredo, marcado pela causalidade, define a arquitetura do conto. (002) Os diversos narradores, ora em terceira pessoa, ora protagonistas, ora p articipantes secundários, tendem, quase sempre, a emitir opiniões e a se imiscuir no narrado. (004) As personagens, mesmo as de menor relevo na narrativa, têm sempre em si certa ambigüidade própria do humano e que se constitui uma das características mais expressivas da visão machadiana do mundo. (008) A linguagem classicizante das narrativas é anteparo que minimiza a estética naturalista derivada das proposições de Émile Zola. (016) As presenças de personagens indígenas e de heroínas sonhadoras evidenciam tributo às idéias românticas prevalecentes no início da carreira literária do autor. 18. Com relação à obra Melhores poemas, de Mário Faustino, assinale a(s) proposição(ões) correta(s). (001) Nascido em 1930, em pleno influxo do Modernismo, o poeta evita sistematicamente as formas fixas, tais como o soneto. (002) Para o poeta, que veio a falecer ainda novo, em 1962, em um acidente aéreo, o tema da morte é uma constante. (004) A tradução de grandes poetas da literatura universal é atividade que permeia a ob ra do poeta e, inclusive, repercute no único volume que lançou em vida, a coletânea O Homem e sua Hora (1955). (008) Crítico literário de intensa atividade, o poeta incorporou em sua obra lições da poesia do Século XX, entre elas as do uso do espaço gráfico da página oriundas do Concretismo. (016) Piauiense, o poeta exerceu o jornalismo em Belém e no Rio de Janeiro, tendo produzido grande volume de versos de circunstância, baseados no repente nordestino. 19. Com relação à peça teatral Calabar, de Chico Buarque e Ruy Guerra, assinale a(s) proposição(ões) correta(s). (001) O subtítulo “O elogio da traição” se refere, também, a uma defesa de mudanças nos costumes, em especial propugnando ampla liberdade sexual, inclusive para aqueles que já se casaram. (002) O primeiro ato, nomeado como “Agnus Dei qui tollit peccata mundi...”, trata das terras do Brasil antes da chegada do governador holandês Maurício de Nassau. (004) O segundo ato tem início com Nassau, governador plenipotenciário, expondo suas idéias administ rativas e políticas para as terras de Pernambuco, descrevendo tais idéias como “um sonho grandioso”. (008) O embate entre as realizações do governo nomeado e as aspirações da Companhia das Índias Ocidentais determina o retorno, à Europa, do conde Maurício de Nassau. (016) A ausência de personagens femininas, na peça, é uma licença poética, pois as pesquisas históricas demonstram que as mulheres tiveram papel preponderante na invasão holandesa e na retomada de Pernambuco pelos portugueses. 20. Com relação à obra Romances e novelas, de Joaquim Norberto, assinale a(s) proposição(ões) correta(s). (001) O autor pode ser considerado figura central da crítica romântica, desenvolvendo idéias de Gonçalves de Magalhães e Ferdinand Denis. (002) Defendia um romantismo nacionalista extremo cuja base poética deveria ser buscada na cultura indígena autóctone, considerada expressão autêntica da brasilidade. (004) As narrativas apresentam a complicação romântica com esplendor, em um estilo literário que busca definir-se entre gêneros que se conformavam no âmbito inicial da literatura brasileira. (008) O amor, mesmo quando trágico, incestuoso ou proibido, adéqua -se à moral reinante, e as complicações do enredo colocam os amantes à prova e os recompensa com o triunfo da virtude. (016) Romances, ou novelas, as narrativas são relativamente curtas e não têm valor documentário quanto aos costumes locais da primeira metade do século XIX.
GABARITO: 11. 016 (016); 12. 020 (004+016); 13. 009 (001+008); 14. 017 (001+016); 15. 003 (001+002); 16. 026 (002+008+016); 17. 007 (001+002+004); 18. 014 (002+004+008); 19. 012 (004+008); 20. 015 (001+002+004+008)

You're Reading a Free Preview

Descarregar
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->