Você está na página 1de 1

Mula-sem-cabea Existem muitas verses sobre a Mula-sem-cabea. Uma delas conta que uma mulher se apaixonou por um padre.

Esta mulher se transformou em Mula-sem-cabea, que nas noites de quinta para sexta-feira, aparece galopando e relinchando para assustar a todos que encontrar. Apesar do nome, a mula tem cabea sim, que ela solta tanto fogo pelo nari! e pela boca que n"o d# para ver esta parte do seu corpo. $e algu m for bastante cora%oso para lhe arrancar o freio de ferro, ou ent"o pic#-la com um alfinete para fa!&-la sangrar, conseguir# quebrar o encanto. A Mula toma forma de mulher e chora muito.

A 'ralha A!ul A lenda conta que, depois de ver destru(do um grande pinheiro, a gralha voou muito triste para o c u. )# nas alturas, escutou uma vo!* - Ainda bem que as aves se revoltam com as dores alheias. +ovamente a mesma vo! e ela falou* - ,olte ave!inha, volte para os pinheirais. -e ho%e em diante eu a vestirei de a!ul, da cor deste c u, e, ao voltar do .aran#, voc& ser# minha a%udante. Ao ver a bele!a de suas penas, voltou alegre para os pinheirais e iniciou o seu trabalho de remexer a terra, depositar o pinh"o que dar# origem a um novo pinheiro. A 'ralha A!ul respeitada pelas pessoas como a ave protetora dos pinheirais.