P. 1
ALMA E ESPÍRITO

ALMA E ESPÍRITO

4.0

|Views: 3.650|Likes:
Publicado porAssinoê Olivier

More info:

Published by: Assinoê Olivier on Feb 26, 2008
Direitos Autorais:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as DOC, PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

06/12/2013

pdf

text

original

ALMA E ESPÍRITO

Assim falou INRI CRISTO: “O espírito é o sopro divino, a centelha divina que dá vida ao corpo, cuja morada é o sangue (“Porque a vida de toda carne está no sangue” - Levítico c.17 v.11 e 14). Um corpo, por mais que tenha todas as condições biológicas que propiciam seu funcionamento, se não tiver vida, a presença espiritual, jamais se moverá. Ele será semelhante a um automóvel abandonado em um depósito de ferro-velho. O veículo, neste caso, é o corpo e o condutor, o espírito. Sem o motorista ele não trabalha; da mesma forma, o corpo físico não opera sem o espírito. Esse é o enigma da vida jamais entendido pelos cientistas por ser uma questão ligada às coisas de DEUS, ao lado místico. Eles intuem existir algo além da carne, cuja procedência não podem explicar, que dá vida ao corpo material. Esse é o sopro de vida vindo de DEUS, é uma parte do grande espírito do majestoso SENHOR da vida. Quando mergulhais vosso invólucro carnal na piscina, no mar, no rio, etc., o espírito não o acompanha, permanece sobre as águas (“...e o Espírito de DEUS movia-se sobre as águas...” - Gênesis c.1 v.2). Como é através do sangue que o espírito se apossa do corpo, se o espírito abandona a carne, o sangue coagula e o corpo fenece. Por este motivo, não podeis sobreviver por muito tempo submersos em meio aquoso sem contato com o ar atmosférico. Isso é um mistério de DEUS cujo mecanismo só Ele pode explicar. À exceção dos peixes (que são animados por uma espécie de energia hidráulica), todos os animais possuem espírito. Todavia, eles não têm alma, que é a parte transcendental, atributo dos seres mais evoluídos. Em Gênesis c.2 v.7 está escrito: “O SENHOR DEUS formou, pois, o homem do barro da terra, e inspirou no seu rosto um sopro de vida, e o homem tornou-se alma vivente”. Embora a maioria dos seres humanos ignore, existe uma sutil diferença entre alma e espírito. A alma é o eu maior, a parte transcendental, uma espécie de nata espiritual ligada a DEUS. O espírito é o eu menor, a partícula ligada ao lado físico, cuja função é providenciar o funcionamento do corpo material. Ambos fundem-se numa só coisa. Sendo a parte sublime, divina do homem, a alma não participa do pecado. Desta forma, diante da violação da lei divina, a alma desligase do espírito. Conseqüentemente, despojado da divindade, o corpo fica à mercê dos espíritos das trevas. Às vezes, basta um pensamento negativo para que a alma se separe do eu menor, ao qual, então, se junta o demônio. À semelhança da energia elétrica, todos os seres humanos têm o lado positivo e o negativo. Nos tempos atuais, na maioria dos habitantes da Terra predomina o lado negativo, que se traduz em vícios, maldade, ódio, egoísmo, fornicação, assassínios, pestilências, etc. Alguns conseguem atingir o equilíbrio, em que o lado positivo iguala-se ao negativo. São as pessoas honestas, de nobres sentimentos, empenhadas em fazer o bem e ajudar seus semelhantes. Finalmente, existem raríssimos casos em que a pessoa desumanizou-se a ponto de despojar-se de todos os sentimentos mesquinhos, triviais nos seres humanos e, no caminho da transcendência espiritual, conseguiu a vitória sobre a carne, deixando prevalecer unicamente o lado positivo. Não obstante, a parte negativa de cada ser humano pode se tornar positiva quando se cultivam pensamentos positivos e ao fazer bom uso do livre arbítrio, vivendo em simbiose com o CRIADOR Supremo na constante prática do bem. Assim, a alma se junta ao espírito e ambos transformam-se em divindade, fazendo com que apenas o positivo, a luz divina reine naquele corpo. Assim podeis compreender por que muitas vezes ouvis dizer: “Ele não tem alma, é um desalmado”, porque esta pessoa, apesar de portar invólucro carnal semelhante ao dos humanos, só tem espírito. À semelhança dos animais bestiais, não está evoluída suficiente para possuir alma, prevalecendo o lado negativo. A humanidade proliferou-se tão desordenadamente que chegou ao ponto de não haver mais espíritos evoluídos até a condição humana a fim de reencarnar. Por este motivo, os espíritos que recentemente remanesceram da condição bestial reencarnam em invólucro carnal semelhante ao humano. Muitas vezes olhais para as pessoas e pensais que todos são seres humanos. No entanto, digo-vos que nem todos são homens; são seres bestiais disfarçados de humanos (ver Tratado de Procriação no livro DESPERTADOR 3ª parte). Estes são distinguidos pelas obras, personalidade, caráter, conduta, probidade e observância às sagradas leis do eterno SENHOR da vida, DEUS, meu PAI. Não vos assusteis ao ouvir-me afirmar existirem pessoas que não são humanos. Há quase dois mil anos, eu já adverti sobre a diferença entre os homens e os humanóides, seres bestiais, espevôs - espermatozóides pseudo-evoluídos. (“Não atireis aos porcos as vossas pérolas nem deis aos cães o que é santo” - Mateus c.7 v.6 / “Serpentes, raça de víboras! Como escapareis da condenação ao inferno? Geração de víboras... quanto tempo ainda terei que ficar entre vós?” Mateus c.23 v.13 a 36 e c.17 v.17).”

You're Reading a Free Preview

Descarregar
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->