Você está na página 1de 5
Camara Legislativa do Dis atin Pair doDgutso Peso Pass 195 2007 PROJETO DE LET N° DE 2007 (Do Senhor Deputado PEDRO PASSOS - PM—DB) eg 2- wee pete Oe ee da outras providénci. A CAMARA LEGISLATIVA DO DISTRITO FEDERAL decreta: Art. 1° Fica criado © Parque Realégica Mata Gado, localizado na QI 17 € no Setor de Mansdes Dom Bosc (sMpB) do Lago Sul, Regido Administrativa XVI, em dre: Limitrofe a Estacdo Ecolégica do Jardim Botanico. Parégrafo nico. A poligonal definitiva do argu: Ecolégico Mata Gado seré estabelecida pelo Pode: Executivo. Art. 2° 0 earque Ecolégico Mata Gado tem por objetivos: I - conservar 4reas verdes, nativas, exéticas o: restauradas, de grande beleza cénica, existentes na regiao; II - proteger e recuperar recursos hidricos, edaficos © genéticos; IIT - promover a recuperacéo de areas degr: ea sua vegetacao con espécies nativas © exdticas: IV-- incentivar atividades de pesquisa, estudos e monitoramento ambiental; V - estimular o desenvolvimento da educagao ambiental e! das atividades de recreacdo ¢ lazer,) em contato harménico com a natureza. (Cmara Legislativa do Distrito Federal Gate Poraerta eqn Peo Pass Art. 3° Seré constituido o Conselhe Gestor do Parque Ecolégico Mata Gado, composto paritarianente representantes do Poder Piblico e da sociedade civil organizada. Art. 4° No prazo de cento e oitenta dias, contados da data de publicagdo desta Lei, o Poder Executiv definiré o levantamento topogréfico e o Plano de Mane} do Parque Ecolégico Mata Gado. § 1° 0 Plano de Manejo do Parque Ecolégico Mata Gado] disciplinara 0 zoneamento, 0 uso e a ocupagdo da area, discriminando, no minimo, as zonas de conservacao, de| recuperacao e de atividades miltiplas. LEG § 2° 0 Plano de Manejo sera submetido a apreciacéo do 6rgao gestor do meio ambiente e aprovado peo Conselho Gestor. Art. 5° Esta Lei entra em vigor na data de sua publicacao. Art. 6° Revogam-se as disposicées em contrario. JUSTIFICAGAO A proposta de criacio do Parque Bcolégics Mata Gado tem como principal objetivo a preservacdo de recursos naturais do Lago Sul, mas especificamente do Setor de Mansdes Dom Bosco e da QI 17, particularmente no tocante as nascentes ¢ matas nativas existente no local, area que faz parte da Area de Protecdo Ambiental ~ APA do Paranod. a OSTA CEPT WT Ne, Fis, 12, FagFOCD fi ‘Cémara Legislativa do Distrito Federal atin Paar 6 Depts Pe Pace A criagdo de uma rea ambientalmente protegida na xegido trara os seguintes beneficios, entre outro: = seré um obstaculo a mais, quase definitivo, em qualquer tentativa de pazcelamento, irregular ou nfo, da dreay + cumpriré adequadamente a fungéo de zona de, amortecimento da Estac&o Ecolégica do Jardin] Botanico, localizada na Area de Protecao Ambiental (APA) Game e Cabega-de-Veado, que| abriga 0 Jardim Botanico de Brasilia; SEAR OS protegeré as nascentes do cérrego Wata Gado; + conservaré areas verdes, nativas, exdticas ou| restauradas, de grande beleza cénica; Fis. N°. + possibilitaré a recuperagao de areas degradadas e a sua revegetacao com espécies nativas ou exéticas; = estimularaé 0 desenvolvimento da educacao ambiental e das atividades de recreacao © lazer em contato harménico com a natureza Enfim, cumpriré o papel de guardia da area e de incremento da qualidade de vida da comunidade local, e, por tabela, de Brasilia. Na verdade, a regido tem potencial para abrigar um Parque que tenha por objetivo uma maior preservacdo da regiao (4rea do SMDB), mas que possibilite, em uma parcela, atividades recreacionais, educat-vas ¢ de lazer (érea da Qr 17). Trata-se de uma rea de valor ambiental considerdvel, sendo que a criagéo do Parque proporcionara condicées para sua protecdo, propiciando elementos inclusive para a recuperagao do log + que; ARR CIE RET BROT PGT A Fa