Você está na página 1de 1

UNIVERSIDADE DO EXTREMO SUL CATARINENSE UNIDADE ACADMICA DE CINCIAS DA SADE CURSO DE PSICOLOGIA DISCIPLINA: PSICOLOGIA GERAL ACADMICO: NAIANE

CARDOSO

Na Psicologia, o estudo da percepo de extrema importncia, pois o comportamento das pessoas baseado na interpretao da realidade e no na realidade em si, a percepo do mundo diferente para cada um, cada pessoa percebe um objeto ou uma situao de acordo com os aspectos que tm especial importncia para si prpria. atravs do processo perceptivo que um indivduo organiza e interpreta as suas impresses sensoriais (viso, audio, paladar, olfato) para atribuir significado ao seu meio. Assim, o processo perceptivo consiste na aquisio, interpretao, seleo e organizao das informaes obtidas pelos sentidos. Do ponto de vista psicolgico ou cognitivo, a percepo envolve tambm os processos mentais: ateno, concentrao, a memria e outros aspectos que podem influenciar na interpretao dos dados percebidos. Nas Organizaes, a percepo pode interferir no cumprimento desempenho de tarefas, nas condutas defensivas que interferem na comunicao, na coeso grupal e no estabelecimento do estado de equilbrio, entre outras. Em algumas terapias para crianas com respectivos problemas patolgicos, o uso de imagens muitas vezes usado, pois atravs dele possvel analisar a percepo da criana e observar qual associao ela faz em relao a determinadas figuras, logo possvel obter resultados sobre seu estado mental. A percepo no um processo simples. Na verdade envolve uma multiplicidade de fatores, que se tornam mais complexos nas situaes interpessoais, nas quais esto presentes as emoes, a personalidade, as motivaes, imagens, conflitos, suposies, intenes, expectativas, iluses e distores perceptivas de outras pessoas.