Você está na página 1de 2

Ouse Voar

O passo a mais que, longe, muito longe, damos a cada caminhada o que nos coloca mais prximos de tudo o que ainda podemos ser. A tentativa alm, um pouco mais alm, de todas as que j fizemos a que mais claramente revela do que somos capazes e at onde poderemos chegar. Quantos de ns nos entregamos antes mesmo de tentar. ela simples dificuldade de perce!er que poss"vel ultrapassar o limite do c"rculo que em torno de ns e ao longo da vida tra#amos. Quantas vezes estivemos na imin$ncia de girar a ma#aneta da porta que nos levaria da escurid%o & claridade e n%o o fizemos, simplesmente por n%o aceitar o impulso livre, so!erano e intuitivo que conduzia nossas m%os a girar. or n%o crer na li!erdade, nos impulsos da alma e na prpria intui#%o. Quantas vezes hoje voc$ ouviu seu cora#%o' (em temer, sem limitar, sem pr)conce!er, sem pr)julgar, sem se prender, deixando)se levar pelo prazer de desco!rir, correr riscos e realizar, voar mais alto. o!re de quem p*e a nuvem do medo diante dos olhos. Que prefere fugir a se dar o direito de praticar o sonho. +em aquele que, sem sa!er que era imposs"vel, foi l e fez . ,sta sua vez. O verdadeiro poder de quem ousa.

Ouse fazer. Ouse -oar.