Você está na página 1de 32

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

Os membros de cada comunidade cooperativa. dos 20 aos 40 anos. Vítima de uma armadilha policial.que continuaram praticando o apoio mútuo apesar da ascensão do coercitivo Estado Burocrático. Também entre os seres humanos encontrou que o apoio mútuo tem sido antes regra que exceção. Kropotkin acreditava que o curso da história moderna se encaminha às sociedades descentralizadas. foi viver na Inglaterra. trabalhariam de 4 a 5 horas por dia. A sua finalidade. Liberado em 1886.já havia se iniciado durante seu serviço na Sibéria. a pedido do governo russo. de 1862 á 1867. Mas.a teoria de que todas as formas de governo deveriam ser abolidas . até que a Revolução de 1917 permitiu-lhe retornar ao seu país natal. segundo a qual a propriedade privada e os ingressos desiguais desaparecerão para dar lugar à livre distribuição das mercadorias e dos serviços. como sempre deixou claro. tendo ou não contribuído no trabalho. demonstrou que a sociabilidade é uma característica dominante em todos os níveis do reino animal. Mudou-se para a França. ele recusou o cargo de secretário na Sociedade Geográfica Russa e. depois do assassinato do Czar Alexandre II pelos revolucionários. Memórias de um Revolucionário (1899). afastou-se do êxito material para dedicarse à vida de um revolucionário. onde seu nome foi rapidamente venerado nos círculos intelectuais. renunciando à sua herança aristocrática. que é amplamente considerado como a sua obra-prima. em 1881. foi preso em 1874. escrevendo livros e artigos. nos povos medievais e numa variedade de associações modernas . nas quais os homens desenvolveriam as suas faculdades criativas sem a interferência de governantes. é o principal fator da evolução das espécies. Para preparar os homens para uma vida mais feliz. além de seus deveres militares. Mesmo que tenha obtido renome em diferentes especialidades. . uniu-se a um grupo revolucionário que disseminava propaganda entre os trabalhadores e camponeses de São Petersburgo e de Moscou. era pôr uma base cientifica no anarquismo. como oficial do exército na Sibéria. e a divisão do trabalho motivaria uma divisão de agradáveis tarefas. Kropotkin deu um grande passo para a evolução do pensamento econômico anarquista. Nas Prisões da Rússia e da França (1887). sociedades científicas e a Cruz Vermelha . desde a década de 1870 até a sua morte em 1921. Campos. argumentou que. em 1871. apolíticas. Em Apoio Mútuo. em 1872. A Conquista do Pão (1892). apesar do conceito darwinista sobre a sobrevivência dos mais fortes e mais hábeis. o suficiente para uma vida confortável. fugindo para a Europa Ocidental. com as suas voluntárias associações de apoio mútuo. Também contribuiu para o conhecimento sobre a Era Glacial na Ásia e na Europa. Falando em encontros. Kropotkin nasceu em Moscou no dia 9 de Dezembro de 1842. acusado de forjados atos de subversão. fez mais do que não importa que outra figura para fomentar a causa libertária na Europa e no mundo inteiro. mas foi detido e preso durante três anos. A Literatura Russa (1905) e A Grande Revolução 1789-1793 (1909)1 . filho do príncipe Aleksey Petrovich Kropotkin e foi educado no exclusivo Corpo dos Pajens em São Petersburgo (Leningrado). Kropotkin escreveu uma série de influentes livros . Os anos seguintes foram passados quase sempre na Suíça até ser expulso. como o resultado de uma espécie de existência integrada e orgânica. trabalhando na indústria e na agricultura. Apoio Mútuo (1902). numa visita aos relojoeiros suíços das Montanhas Jurassianas. Fábricas e Oficinas (1899). Durante seu longo exílio. Introduzindo abundantes exemplos. tirando do supermercado comum o que estimasse como necessário. e abriram caminho para uma distinta carreira científica. Kropotkin previa uma sociedade na qual os homens fariam o trabalho manual e o intelectual ao mesmo tempo. onde permaneceu pelos 30 anos seguintes. mas realizou uma fuga sensacional dois anos mais tarde. Rastreou a evolução da cooperação voluntária nas tribos primitivas. mais do que o conflito. que havia prevalecido na cidade medieval. Substituiu o princípio dos salários pelo das necessidades. elaborou a teoria das linhas estruturais nas cordilheiras e revisou a cartografia da Ásia Oriental. fundando jornais. Durante um ano serviu como ajudante do Czar Alexandre II e. e.nos quais promoveu sua filosofia libertária. a cooperação. a principal figura e o mais proeminente teórico do movimento anarquista. ganharam a sua admiração e confirmaram as suas crenças libertárias. Piotr Kropotkin foi. Sua conversão ao anarquismo . que vão desde a geografia e a zoologia até a sociologia e a história. cooperadoras. De volta à Rússia. sacerdotes ou soldados. dedicou sua vida à causa da justiça social.Piotr Kropotkin* Revolucionário e geógrafo russo. Cada pessoa julgaria os seus próprios requerimentos.os mais importantes foram Palavras de um Revoltado (1885). As descobertas de Kropotkin foram reconhecidas imediatamente. Baseando-se nas suas observações. estudou a vida do reino animal e tomou parte em explorações geográficas. na aldeia camponesa.sindicatos. Em sua teoria do comunismo libertário.

* Livros de Kropotkin publicados no Brasil. os acontecimentos pareceram mais estimulantes ao deflagrar da Revolução Russa. têm demonstrado como uma revolução não deve ser feita. Dedicou seus últimos anos principalmente à história da ética. violou a tradição antimilitarista e motivou brigas polêmicas que quase destruíram o movimento pelo qual ele tinha trabalhado por quase meio século. Kropotkin também propunha uma inteira modificação do sistema penal. foi a última ocasião na qual a bandeira negra dos anarquistas tremulou nas ruas de Moscou. mas também por muitos para quem a alcunha de anarquista significa não muito mais que o punhal e a bomba. pois em 1917 assistiu à espontânea aparição de municípios livres e de soviets -conselhos de soldados e de trabalhadores pensando que poderiam ser a base para uma sociedade sem Estado. O escritor francês Romain Rolland disse que Kropotkin viveu o que Tolstoi apenas predicou. 2000. Quando chegou a Petrogrado em junho de 1917. 1983. 2000. Brasil 2003. O Estado e seu Papel Histórico São Paulo: Imaginário. Baseando-se na sua própria experiência de vida na prisão. quando os bolcheviques tomaram o poder.org www. as crianças deveriam receber uma educação ativa e ao ar livre e aprender trabalhando e observando em campo. Postal: 665 . Buenos Aires. acompanhado por 100 mil admiradores. condenava o uso da violência na luta pela liberdade e igualdade. foi admirado não apenas por seus próprios companheiros. Os bolcheviques. Devido a isso. Para conseguir uma sociedade integrada. disse a um amigo.br . Index Librorum Prohibitorum. que agora tinha 75 anos. Não obstante. São Paulo. clamava por uma educação integral que desenvolvesse. a conduta anti-social não seria encarada mediante leis ou prisões. Esta ênfase deveria recair sobre as humanidades e sobre os princípios básicos das matemáticas e das ciências. Sua Filosofia e Ideal São Paulo: Imaginário. mas. da falsidade e da ânsia de poder que destruiu a imagem de tantos outros revolucionários. 1953. habilidades intelectuais e manuais.São Paulo / SP 01059-970 . o qual recusou bruscamente. Paul Avrich Retirado da revista Reconstruir.ccssp. depois de 40 anos de exílio. 1964. foi um dos mais vigorosos difusores da propaganda pelo fato -atos de insurreição para reforçar a propaganda oral e escrita e despertar assim os instintos de rebelião do movimento anarquista na Inglaterra e na Rússia . mesmo motivada pelo temor de que o autoritarismo germânico pudesse ser fatal para o progresso social. Seu enterro. fundado sobre o apoio mútuo. e Oscar Wilde identificouo como um dos dois homens realmente felizes que ele havia conhecido. Morreu no povoado de Dmitrov perto de Moscou no dia 8 de Fevereiro de 1921. Rio de Janeiro: Mundo Livre. A Anarquia. mas sim pela compreensão humana e pela pressão moral da comunidade. quer dizer. o sujeitavam a castigos embrutecedores e o endureciam nos seus instintos criminais. que nunca terminaria. Dizia que as prisões eram escolas do crime que. ao invés de reformar o delinquente.e exerceu uma forte influência nos movimentos da França. Sua ação. Porto Alegre: L&PM.anarcopunk. O Humanismo Libertário e a Ciência Moderna. “Isto enterra a Revolução”. nunca foram tão resplandecentes as suas esperanças para um futuro libertário. ao invés de serem ensinadas apenas através dos livros. seu entusiasmo transformou-se em grande decepção.Kropotkin fixou suas esperanças na educação dos jovens. foi recebido calorosamente e lhe foi oferecido o cargo de Ministro da Educação no governo provisório. Kropotkin. Textos Escolhidos. por métodos autoritários ao invés de métodos libertários. (NE) 1 ENTRE EM CONTATO! endereço postal: Cx. Devido à sua sensata benevolência. da Bélgica e da Suíça. uma recomendação que tem sido amplamente apontada pelos educadores modernos. apressou-se em retornar ao seu país de origem. a partir da década de 50: A Conquista do Pão. No mundo futuro dos anarquistas. No entanto. Não demonstrou nada do egoísmo.org e-mail: imprensa_marginal@yahoo. e durante os seus primeiros anos como militante anarquista. Em Kropotkin combinavam-se as qualidades de um cientista e de um moralista com as de um organizador revolucionário e propagandista. Mas se distanciou de muitos de seus companheiros ao apoiar as forças aliadas durante a Primeira Guerra Mundial. Novembro-Dezembro de 1975. A vida de Kropotkin exemplificou uma alta modalidade ética e a combinação de trabalho manual e intelectual que predicou através de seus escritos. dizia ele. Rio de Janeiro: Organizações Simões. De qualquer maneira.com.Brasil websites: www. ao mesmo tempo. Argentina por Ed.