Você está na página 1de 12

Casas Alentejanas

A re g iã o d o A le n te jo , é   u m a
zo n a co m p la n ície s e p o u ca s
so m b ra s , o n d e o so l p re d o m in a .

1
2
Características
As casas típicas
Alentejanas são
caiadas de branco
para reflectir os raios
solares.
Têm barras azuis ou
amarelas, para que os
insectos não entrem
tão facilmente em
casa, pois eles são
atraídos pela cor
branca desviando-se
assim da porta e das 3
Construção

As antigas casas típicas


Alentejanas eram
construídas com
materiais existentes na
região: argila
(barro),cal, areia e
pedra da região.

4
Divisões da casa
De um modo geral, a casa típica
Alentejana era dividida em:
cozinha(que também funcionava
como uma sala) e quartos.

5
As divisórias da casa eram mal
iluminadas porque as pessoas não
tinham dinheiro para fazer janelas
maiores. Algumas optavam por
colocar uma ou duas telhas de vidro
para a luz entrar.

6
Quartos
Os quartos eram
pouco utilizados,
pois só serviam para
dormir. Além de
serem mal
iluminados também
eram frios.
Toda a casa era fria,
porque o chão era de
xisto ou de tijoleira e
as paredes eram
muito grossas
impedindo assim que
o calor entrasse.
7
Cozinha
Na cozinha tinham uma
lareira grande e larga,
onde se aqueciam e
cozinhavam. A cozinha
também servia como
sala onde as pessoas
ficavam, por ser o local
mais quente da
casa(durante o inverno).

8
Havia casos em que as
pessoas, para guardar o
gado tinham uma cave,
porque viviam em colinas.

9
Em algumas casas, as
pessoas tinham fornos,
para fazer pão, bolos,
ou outros

10
 De manhã bem cedinho,
 Está tudo levantadinho!

 O Manuel leva as ovelhas a pastar,


 E a Maria fica a cozinhar.

 O almoço é migas de pão,


 E por vezes toucinho ou chourição.

 De vez em quando, o Manuel e o vizinho as telhas vão


limpar,
 Vamos lá ver se não as vão rachar!

 Para a comida fazer,


 A lareira vão ter que acender.

 O jantar é cozido à Portuguesa,


 E sempre com vinho na mesa!

 Ainda é cedinho, vou para a caminha,


 Mas primeiro vestir o pijaminha!

11
Certificação energética
O sector dos edifícios é
responsável pelo consumo de
aproximadamente 40% da
energia final na Europa. No
entanto, mais de 50% deste
consumo pode ser reduzido
através de medidas eficiência
energética, o que pode
representar uma redução anual
de 400 milhões de toneladas de
CO2 – quase a totalidade do
compromisso da UE no âmbito do
Protocolo de Quioto.
12

Interesses relacionados