Você está na página 1de 7

25 ABRIL

1974 2014

Revoluo dos cravos

REVOLUO DOS CRAVOS

Na dcada de 70 o descontentamento da sociedade portuguesa face ao regimento cresceu, impulsionado pelas dificuldades econmicas resultantes de 13 anos de guerra do ultramar e pela crise do petrleo de 1973.

REVOLUO DOS CRAVOS


Em Fevereiro de 1974 o general Antnio de Spnola, ex-governador da Guin-Bissau, publicou o livro Portugal e o Futuro. Pela primeira vez uma alta patente militar advogava publicamente a necessidade de uma soluo poltica para as revoltas separatistas nas colnias. No dia 14 de maro os generais Spnola e Costa Gomes foram demitidos dos cargos de ViceChefe e Chefe de Estado-Maior General das Foras Armadas.

REVOLUO DOS CRAVOS


A recusa de Marcelo Caetano em aceitar uma soluo poltica para a guerra revoltou as foras armadas, que concluram que no fim do conflito passava pelo derrube da ditadura.

Oficiais intermdios do exrcito, principalmente capites com o apoio dos seus superiores, organizaram-se em agosto de 1973 em Bissau num movimento clandestino. Nasceu o Movimento das Foras Armadas (MFA) com o lema Democratizar, Descolonizar e Desenvolver.

REVOLUO DOS CRAVOS


No dia 25 de abril de 1974 em Lisboa o MFA conseguiu um bem sucedido golpe de estado que, por no ser violento, se designou historicamente, evoluo dos Cravos.

A populao aderiu e o poder foi inicialmente assumido por uma Junta de Salvao Nacional de Militares, mais tarde substituda pelo Conselho da Revoluo (1975-1982). Antnio de Spnola foi designado Presidente da Repblica, tendo entrado em funcionamento o primeiro de uma srie de governos provisrios.

REVOLUO DOS CRAVOS


A censura acabou, os prisioneiros polticos foram libertados e as maiores instituies do Estado Novo foram extintas. Foi iniciado o processo para conceder a independncia das colnias ultramarinas. Inicialmente deu-se uma diviso entre militares conservadores em torno de Spnola, e de inclinao socialista, incluindo destacados membros do MFA em torno do primeiro-ministro Vasco Gonalves.

Bibliografia: wikipedia.pt Trabalho de: Nuno Desenhos digitais: alunos de curso AVPM