Você está na página 1de 2

Anexos Embrionrios Os anexos embrionrios so estruturas derivadas do zigoto.

So eles: mnio, saco vitelnico, crion (parte fetal da placenta) e o alantide.

mnio O mnio uma estrutura que aparece ao final da primeira semana de gestao, e caracterizada como uma bolsa localizada acima do disco embrionrio, cujo assoalho a ectoderme embrionria. Externamente, revestido pela mesoderme extra-embrionria, e esta, forma um pednculo que conecta a bolsa amnitica ao crion, que passar a ser o cordo umbilical futuramente. Devido aos movimentos de flexo e dobras do disco embrionrio, a bolsa amnitica puxada, passando a envolver todo o embrio. O desenvolvimento embrionrio far com que o minio ocupe toda a cavidade celmica extraembionria, fundindo-se com o crion. No interior da cavidade amnitica, encontra-se o lquido amnitico, que se acredita ter origem materna. Este possui a funo de lubrificao do embrio, impedindo sua aderncia de tecidos fetais entre si e com a parede do saco corinico; funciona como amortecedor de choques, serve para armazenar as excretas do feto e lubrifica as vias fetais no momento do nascimento. Saco Vitelnico O teto do saco vitelnico origina-se da endoderme e forma o revestimento epitelial do tubo digestivo primitivo. Nos mamferos, este anexo possui pouca importncia, pois a manuteno do embrio feita pela placenta. No entanto, nos peixes, aves e rpteis a nutrio do embrio depende das reservas acumuladas nesta estrutura.

Alantide formado a partir de uma evaginao do teto do saco vitelnico, que se situa ventralmente aps o dobramento caudal do embrio. Nos rpteis e aves, esse anexo muito desenvolvido, exercendo a funo respiratria e de armazenamento de materiais excretados. Nos mamferos, nos quais se desenvolve a placenta, essas funes so tambm exercidas por ela. A parte intra-embrionria deste anexo contribui para a formao do raco e da bexiga; ligamento fibroso que serve de ligao entre o teto da bexiga e a regio umbilical. Inicialmente, o embrio est conectado placenta em formao pelo pednculo embrionrio. Este ir unir-se ao pednculo do saco vitelnico para formarem o cordo umbilical, sendo que esses pednculos degenerem posteriormente. Placenta (Crion) A placenta um rgo constitudo tanto de tecidos materno quanto fetais (crion) que possuem a funo de transportar nutrientes e oxignio da circulao da me para o feto. Sendo assim, este anexo proporciona ao indivduo em desenvolvimento a garantia de suas necessidades bsicas, como: nutrio, respirao e eliminao de suas excretas.

Você também pode gostar