Você está na página 1de 3

Os Wan Kuei afirmam que Zao-lat, um bárbaro do Ocidente, veio ao Reino Médio para

roubar os ensinamentos de Xue, seu o maior professor. Um trapaceiro, ele estudou com
o Grande Arhat durante um tempo antes de ser expulso (como era apropriado). Os Wu
Zao contam uma historia diferente. Zao-lat veio ao Oriente porque ele previu o desvio
da Grande Roda e a chegada da Era do Sofrimento e Trevas. A prole dos Reis Yama
poderiam controlar a terra e o céu para isso ele viajou às terras distantes para descobrir
seus segredos. Ele esperava compartilhar conhecimento com os Dez Mil Demônios mas
foi recebido unicamente com desconfiança e ódio, que eventualmente o conduziu de
volta ao Ocidente.
Mas ele deixou um legado. Diferente dos Wan Kuei, Zao-lat podia gerar crias, e ele
fez assim no Reino Médio. Ele escolheu dois habitantes para levar seu sangue: Zao-zei,
uma ladra e exploradora que podia obter os segredos dos infernos, e Zao-xue, um
estudioso e monge que podia decifrá-los. Os dois se tornaram companheiros do ancião,
ajudando-o a descobri os covis ocultos de akuma e outros servos das trevas, roubar seus
segredos e decifrar os seus planos. Assim eles fizeram por muitos anos até a noite
quando Zao-zei voltou de uma expedição a um sombrio templo no distante Nihon. Ela
encontrou o refúgio de Zao-lat destruído e ocupado pelos Dez Mil Demônios. Rápida e
furtiva, ela dirigiu-se ao seu interior e libertou seu irmão Zao-xue, que estava sendo
interrogado. Depois que eles escaparam, ele disse como o Wan Kuei tinha traído Zao-lat
e atacado o ancião, forçando-o ao pôr do sol.
Desde aquela noite a muito tempo atrás, a família de Zao-lat — os Wu Zao — tem
permanecido como uma sutil, mas constante presença no Reino Médio. Zao-zei e Zao-
xue acreditam que o deslize para um apocalipse final começou com a expulsão de seu
senhor e dedicam-se a encontrar um caminho para reverter ou sobreviver ao processo,
gerando um pequeno número de crias para ajudá-los. Esses jovens Wu Zao seguem o
modelo de um dos dois anciões, ficando entre os ladrões de templo ou estudiosos e
cooperando para descobrir o conhecimento arcano necessário para lidar com o distúrbio
vindouro. Este apocalipse, que os Wan Kuei chamam de Era das Trevas, está a séculos
de distância, mas está vindo.
Os estudiosos abrigam-se em bibliotecas empoeiradas e monastérios enquanto os
ladrões espreitam templos antigos. Geralmente, um ladrão e um estudioso cooperam em
imitação de seus anciões: Os estudiosos mantém um templo oculto e casa segura para
pesquisa, enquanto o ladrão sai para adquirir novos itens para sua coleção. Há
possivelmente uns poucos pares desses vampíricos espalhados através do Reino Médio,
embora eles às vezes competem por aquisições desejáveis. Os estudiosos mantêm algum
contato entre templos, mas as rivalidades não são raras. O par ladrão-estudioso também
mantém tipicamente um grupo de ajudantes, carniçais e outros aliados; essas cabalas às
vezes incluem vampiros ou outras criaturas, embora maioria são mortais ou crias.
As Cinco Cortes Agustas dos Wan Kuei oficialmente chamam Zao-lat de um ladrão
bárbaro corrupto e aqueles que clamam sua descendência são dificilmente bem-vindos
em seus salões. Ficando longe das mais tradicionais cortes — como a do Imperador
Amarelo — e disfarçando-se como Wan Kuei, a maioria do Wu Zao pode evitar o ódio
brutal dos Cataianos. Contudo muitos dos Demônios estão dispostos a negligenciar a
presença do Wu Zao em troca para serviços ou informação. A Corte da Tartaruga
Negra, com sua população escassa e regras menos tradicionais, é a mais acolhedora à
linhagem; como o resultado, muitos dos estudiosos têm mudado seus templos à área do
moderno Império Jin.
Os Wu Zao não contam com seus anfitriões Wan Kuei, mas muitos também
descobriram evidências de uma grande trevas que cresce nas estepes, que atrai sua
atenção. Eles acreditam que crescente corrente de nômades Mongois é o sinal desta
grande escuridão e assim eles cooperam nos esforços da Tartaruga Negra para caçar os
vampiros Mongois Anda. Só mais tarde que eles descobrirão que as trevas são algo mais
profundo ainda.
Alcunha: Órfãos
Aparecia: Os Wu Zao seleciona suas crias baseado nas habilidades individuais, não
na cultura. No Império Jin, a maioria dos Órfãos são retirados de Chineses ou Jurchen,
mas há Wu Zao de muitos outros tipos culturais. Depois de aprender o segundo nível da
Disciplina Valeren, eles desenvolvem um terceiro olho no meio de sua testa. Este olho
não é impossível de esconder, mas é inconfundível quando está aberto e descoberto.
Refúgios & Presas: Os estudiosos Wu Zao mantêm elaborados, mas bens
escondidos, refúgios onde eles acumulam os produtos de sua pesquisa assim como itens
obtidos de companheiros de clã e outros. Ladrões às vezes têm seus próprios refúgios
mas mais freqüentemente compartilham espaço com seus irmãos estudiosos. Ambas as
linhas alimentam cuidadosamente das populações mortais perto desses refúgios -
normalmente localizados perto de cidades. Eles freqüentemente mantêm rebanhos
mortais para melhor esconder sua alimentação dos Dez Mil Demônios.
Antecedentes: Wu Zao prefere abraçar aqueles que compartilham de sua
curiosidade com relação a artefatos perdidos e ocultos: historiadores, caçadores de
tesouros e estudiosos. Eles não têm nenhum preconceito em particular com homens ou
mulheres, e ambos os sexos são representados uniformemente dentro da linhagem.
Criação de Personagem: O jogador dever escolher uma casta para o personagem;
embora esta é geralmente a mesma do senhor do Wu Zao, mudar de castas é possível.
Os Wu Zao tendem a ter Naturezas tais como Samaritano, Celebrante, Fanático ou às
vezes Solitario, mas Naturezas unicamente destrutivas e acerebradas como Bárbaro
estão realmente fora de questão para eles. Estudiosos tendem a ter Atributos Mentais
como primários e concentram-se em Conhecimentos em vez de Perícias ou Talentos.
Ladrões são mais físicos e têm altas Perícias. Qualquer casta normalmente tem
Rebanhos e Lacaios para refletir sua companhia. Como seus irmãos Ocidentais, a
maioria do Wu Zao são de 10ª Geração ou mais baixa e assim eles tem o Antecedente
Geração. Narradores com acesso ao Kindred of the East os Wu Zao pode ter o
Antecedente de Artefato Mágico daquele livro.
Disciplinas da Linhagem: Auspícios, Fortitude, Valeren (estudiosos usam
habilidades dos curandeiros; ladrões usam habilidades dos guerreiros)
Fraqueza: O antigo princípio de Zao-lat de descobrir e juntar conhecimento secreto
corre no sangue dos Wu Zao. Todo jogador deve escolher uma área de conhecimento
arcano com que seu personagem é obcecado; este é o foco de sua não-vida. Um teste de
Força e Vontade (dificuldade 6) é obrigatório para resistir a perseguir esta área de
pesquisa quando aparecer uma oportunidade — apesar dos riscos. Áreas possíveis de
pesquisa inclui os ensinamentos dos Dez Mil Demônios, as terras dos mortos, os
segredos de uma cultura mortal específica ou um grupo de textos.
Organização: Os Wu Zao não são organizado como um grupo único, mas maioria
mantêm algum contato com ao menos um outro membro do clã. O sistema de duas casta
e resultando pares de vampiros é a única organização global eles possuem. Wu Zao
individuais também reunem seguidores e servos a seu redor, alguns deles tornam-se
crias.
Destino: Alguns Wu Zao receberam as notícias da morte de Zao-lat como um
presságio de tempos difíceis pela frente e preparam-se. Eles mudaram alguns de seus
refúgios para longe da Corte da Tartaruga Negra e assim escaparam a série de expurgos
vampíricos que acompanharam o fim da Era Mongol. Uns poucos sobrevivem nas
noites modernas.
Citação: Um punhal possuído pela Imperatriz da Fênix Escarlate? Então qual é o
caminho o mais rápido ao Império Khmer?

Estereótipos
Anda — Perigosos. Eles cavalgam com os arautos da próxima trevas.
Outros Cainitas — Rudes em sua maioria e com visões distorçidas do mundo.
Porém alguns possuem conhecimento digno de ser extraído.
Wan Kuei da Tartaruga Negra — Fortes e individualistas, eles toleram nossa
presença e assim nós os suportamos. Porém nunca esqueça que eles são demônios.
Outros Wan Kuei — Arrogantes e violentos, é melhor evitá-los, exceto pelos itens
valiosos e visões que eles possuem.