P. 1
Por Que Devo Obedecer a Deus

Por Que Devo Obedecer a Deus

|Views: 2.094|Likes:

More info:

Published by: Cássio Luiz Castilho Gomides on Nov 13, 2009
Direitos Autorais:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as DOC, PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

04/20/2013

pdf

text

original

Por que Devo Obedecer a Deus?

Vocês devem saber que sou um neófito e, desde o dia que recebi e aceitei Jesus como o verdadeiro e único consumador da minha fé, escuto da boca de todos que devo obedecer a Deus, sobre todas as coisas. Mas, tenho certeza que não só eu como todos vocês também devem ter aqueles momentos que somos levados por nossa mente, nossa própria vontade, sem antes ter pedido a orientação divina sobre um determinado caminho a ser trilhado, fazer a nossa própria vontade. Aí vem a pergunta: Será que realmente tenho que obedecer a Deus ou fazer as minhas vontades? Obedecer a Deus, humanamente falando, é muito difícil, quase impossível. Isto, porque somos resistentes a submeter-nos ao Senhor Jesus e à Sua Palavra. Deus nos dá determinada ordem expressa nas Escrituras e nós, julgando ter uma opção melhor a seguir, desobedecemos a Deus. Isto, porque o pecado nos faz ver somente desvantagens em obedecer e andar nos caminhos de Deus. Pensamos ter caminhos melhores (Pv. 14:12). A Bíblia nos dá inúmeros exemplos de homens que seguiram fielmente as ordens divinas, demonstrando obediência ao Senhor. Porém, há um deles que me chama mais atenção: Noé. Noé, embora pecador como nós, nos traz um precioso exemplo de obediência extrema, fortalecendo nossa esperança a obedecermos a Deus como sendo a melhor escolha que possamos fazer. Deus não escolheu Noé por acaso: viu nele um homem que O temia e era justo, íntegro e andava com Ele (Gênesis 6:9). Porém, apesar de todas estas qualidades, Deus deu a Noé uma missão impossível aos olhos humanos: construir uma arca. Mas não era só construir uma arca. Era construir um barco de grande porte sem qualquer maquinário de marceneiro, sem tecnologia, sem um engenheiro naval para lhe ajudar nas contas, cálculos, projetos e execução da obra, sem matéria-prima ou local para conseguir pregos, colas, madeiras, piche e betume... Só quem já trabalhou em um estaleiro ou arsenal sabe a complexidade de se construir um navio. A ordem era ainda mais absurda uma vez que, até aquela data, não havia caído uma gota de chuva na face da terra. Para que construir uma arca sendo que nunca havia chovido? Havia uma lógica humana a ordem de Deus? Para Noé e para nós, não tinha lógica nenhuma. Todavia, Noé obedeceu, mesmo sendo contra a sua lógica. E sua obediência não durou apenas alguns dias ou algumas horas: durou em torno de 120 anos (Gênesis 6:3), de fé, obediência e perseverança.

Juntando-se tudo isto, ainda existia a zombaria dos homens que só queriam curtir a vida (Mateus 24:34-39 e Lucas 17:26-27), enquanto Noé continuava em sua empreitada, dia após dia obedecendo a Deus, sem ver uma gota de chuva, somente as gotas de seu suor, fruto da sua maravilhosa obediência. O que podemos aprender com Noé? Em primeiro lugar, a importância de andarmos com Deus. Será que Deus olha para nós e enxerga um Noé? Será que somos cristãos íntegros e justos com nossos irmãos? Em seguida, a importância de obedecermos a Deus, independentemente da tarefa a ser realizada, por mais estranha, absurda e sem lógica que nos possa parecer à ordem divina. Devemos obedecer com fé, sabendo que Deus sabe de todas as coisas e que Ele é bom. O terceiro aprendizado é aquele que concerne à obrigação de iniciarmos a nossa obediência agora, não estabelecendo limites de começo ou fim. Não temos a capacidade de estipular ou fixar prazo para Deus. A obediência não é uma equação matemática. Muitas vezes falamos para nós mesmos: “Vou obedecer ao Senhor, mas se daqui a x dias não tiver o que eu peço, vou desistir ou vou parar de obedecer”. Nossa obediência deve ser total, até o fim do propósito de Deus. Lembrem-se: nossa vida é cheia de propósitos divinos. Por último, a quarta preciosa lição a ser aprendida e muito importante para nós é que devemos obedecer a Deus, não nos importando com as circunstâncias ao nosso redor. Noé sofreu perseguições, foi zombado, chamado de louco. Talvez você como cristão também seja zombado, perseguido, humilhado, contudo, a obediência de Noé foi integral, mantendo-se no caminho determinado. Assim deve ser nossa obediência, apesar das circunstâncias muitas vezes desfavoráveis ao nosso redor, apesar das críticas e zombarias por estarmos servindo a Deus e buscando a santidade num mundo que só pensa nos prazeres carnais. Nesta minha curta caminhada, já percebi que o alfabeto de Deus se resume a apenas cinco letras: O B D C R. Pense nisso!

You're Reading a Free Preview

Descarregar
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->