Você está na página 1de 1

Na situao cirrgica, a dor aguda devido a leso dos tecidos pela inciso cirrgica.

Entretanto, o paciente pode referir, avaliar e reagir ao fenmeno de diferentes formas


intensidades, com atitudes e reaes diferenciadas.
Tem-se o fato de que a dor, aps a cirurgia, um fenmeno esperado, aprendido no meio
cultural, e que portanto, pode ser considerado como normal, mesmo quando o paciente a
sente pela primeira vez, ou seja, que no tenha tido uma experincia cirrgica anterior.
Como a dor esperada, alguns pacientes tentam suport-la. Os pacientes procuram diversas
estratgias para tentar alivi-la ou supri-la, buscando-as no seu referencial cultural. Porm, no
ponto em que ela considerada insuportvel ponto esse influenciado por experincias
anteriores, expectativas aprendidas na sociedade quanto a dor , a dor privada torna-se
pblica e expressa atravs da verbalizao e de comportamentos no verbais. Quando no
conseguem resolv-la por si mesmos, eles procuram pela ajuda do enfermeiro, que o
profissional mais prximo a ele.

O enfermeiro tem que avaliar os diferentes fatores envolvidos na dor, obtendo dados
objetivos e subjetivos, para que possa selecionar estratgias efetivas para suprir a sensao da
dor do paciente.