Você está na página 1de 6

LISTA EXERCÍCIOS VIGAS

Exercício 01: Traçar os diagramas de esforços. Utilizar EI = 35000 KN.m². Recalque vertical 2 cm no nó 3.

Utilizar EI = 35000 KN.m². Recalque vertical 2 cm no nó 3. Respostas: V1 = -73,38

Respostas: V1 = -73,38 tf

;

M1 = -13,21 tf.m

;

V2 = 190,33 tf

;

V3 = -104,96 tf

Exercício 02: Traçar os diagramas de esforços. Utilizar EI = 3000t.m²

Traçar os diagramas de esforços. Utilizar EI = 3000t.m² Resp.: VA = 6,57 tf ; MA

Resp.: VA = 6,57 tf

;

MA = 5,43 tf.m

;

VB = 9,03 tf

;

VC = 5,61 tf

;

VD = 2,77 tf ;

MD = -0,63 tf.m

Exercício 03: Traçar os diagramas de esforços. Utilizar EI = 40000 KN.m². Recalque vertical 1 cm no nó 3.

Utilizar EI = 40000 KN.m². Recalque vertical 1 cm no nó 3. Respostas: V1 = -25,89

Respostas: V1 = -25,89 KN

;

M1 = -40,89 KN.m

;

V2 = 146,85 KN

;

V3 = 3,54 KN

Exercício 04: Traçar os diagramas de esforços. Utilizar EI = 2800 t.m².

Traçar os diagramas de esforços. Utilizar EI = 2800 t.m². Resp.: VA = 4,23 tf ;

Resp.: VA = 4,23 tf ;

MA = 2,38 tf.m

;

VB = 10,44 tf

;

VC = 8,85 tf

;

VD = 1,47 tf

;

MD = -0,07 tf.m

Exercício 05: Traçar os diagramas de esforços internos. Utilizar EI = 30000 KN.m², K = 3000 KN./rad. Considerar um recalque vertical 2 cm no nó 3.

3000 KN./rad. Considerar um recalque vertical 2 cm no nó 3. Resp.: V1 = -188,0 KN

Resp.:

V1 = -188,0 KN

;

M1 = -202,33 KN.m

;

V3 = -2277, 29 KN

;

V4 = 1564,35 KN

V2 = 979,52 KN

;

M2 = 32,48 KN.m

;

M4 = -1308,2 KN.m

Exercício 06: Traçar os diagramas de esforços. EI = 35000 KN.m² ; K1 = 3000 KN.m/rad Considerar um recalque de 2 cm no nó 3.

;

K2 = 2500 KN.m/rad.

um recalque de 2 cm no nó 3. ; K2 = 2500 KN.m/rad. Respostas: V1 =

Respostas: V1 = -7,55 KN

;

M1 = 3,32 KN.m

;

V2 = 18,72 KN

;

V3 = -11,17 KN

Exercício 07: Traçar os diagramas de esforços. K1 = 1500; K2 = 1000; EI(Membro 1) = 35000; EI(Membro 2) = 25000; EI(Membro 3) = 40000. Considerar um recalque vertical para baixo de 2 cm no nó 1

Considerar um recalque vertical para baixo de 2 cm no nó 1 Resp.: V1 = -5,74

Resp.: V1 = -5,74 KN

;

M1 = -135,15 KN.m

;

V2 = 181,7 KN

;

M2 = -7,49 KN.m;

V3 = -1,58 KN

;

V4 = -4,37 KN.m

;

M4 = 41,26 KN.m

Exercício 08: Traçar os diagramas de esforços. Utilizar EI = 2000 t.m²

Traçar os diagramas de esforços. Utilizar EI = 2000 t.m² Respostas: HA = -2,44 tf ;

Respostas: HA = -2,44 tf

;

VA = 4,26 tf

;

MA = 0,94 tf.m

;

HC = -3,55 tf

;

VC = 3,73 tf

;

MC = -1,54 tf.m

Exercício 09: Traçar os diagramas. Utilizar EI(M1,M3) = 20000 KN.m²; EI(M2) = 30000 KN.m²; K = 5000 KN.m/rad.

= 20000 KN.m²; EI(M2) = 30000 KN.m²; K = 5000 KN.m/rad. Resp.: H1 = 4,79 KN

Resp.: H1 = 4,79 KN

;

V1 = 31,0 KN

;

M1 = -9,59 KN.m

;

H2 = -4,79 KN

H3 = 2,42 KN

;

H4 = -2,42 KN

;

V4 = 14,0 KN

;

M4 = 1,45 KN.m

Exercício 10: Encontrar as reações de momento nos apoios do pórtico plano abaixo. Utilizar EI(M1, M2, M3, M4) = 30000 KN.m² ; EI(M5) = 60000 KN.m²

EI(M1, M2, M3, M4) = 30000 KN.m² ; EI(M5) = 60000 KN.m² Respostas: M1 = -7,2

Respostas: M1 = -7,2 KN.m

;

M2 = 7,2 KN.m

;

M3 = 0,0

;

M4 = 0,0

;

M5 = -7,2 KN.m

;

M6 = 7,2 KN.m

Exercício 11: Determinar as reações de momento do problema. Utilizar EI = 30000 KN.m²; K1 = 3000 ; K2 = 2500.

problema. Utilizar EI = 30000 KN.m²; K1 = 3000 ; K2 = 2500. Resp.: M1 =

Resp.: M1 = 2,20 KN.m

;

M2 = 4,03 KN.m

;

M3 = 0,0 KN.m

;

M4 = 0,056 KN.m

Exercício 12: Determinar as reações de apoio de momento para o pórtico plano abaixo. Utilizar EI = 1.

de momento para o pórtico plano abaixo. Utilizar EI = 1. Respostas: M1 = -6,38 KN.m

Respostas: M1 = -6,38 KN.m

;

M2 = 0,0 KN.m

;

M3 = 0,0 KN.m

;

M4 = 9,85 KN.m

Exercício 13: Encontrar as reações de apoio. Utilizar EA = 6000 tf.

13: Encontrar as reações de apoio. Utilizar EA = 6000 tf. Respostas: H1 = -1,95 tf

Respostas: H1 = -1,95 tf

;

V1 = 0,73 tf

;

H2 = 1,73 tf

;

V2 = 0,0 tf

;

H3 = 5,23 tf

;

V3 = 3,27 tf

Exercício 14: Encontrar as reações de apoio. Considerar EA = 1.

14: Encontrar as reações de apoio. Considerar EA = 1. Respostas: H1 = -9,22 tf ;

Respostas: H1 = -9,22 tf

;

V1 = 0,0 tf

;

H2 = -2,77 tf

;

Exercício 15: Determinar as reações de apoio. Utilizar EA = 1.

V2 = -1,38 tf

;

H3 = 0,0 tf

;

V3 = 21,38 tf

Utilizar EA = 1. V2 = -1,38 tf ; H3 = 0,0 tf ; V3 =

Respostas: H1 = -0,5 tf

;

V1 = 0,5 tf

;

H3 = 0,5 tf

;

V3 = 0,5 tf

Exercício 16: Determinar as reações de apoio. Utilizar EA = 1.

16: Determinar as reações de apoio. Utilizar EA = 1. Respostas: H1 = 11,25 tf ;

Respostas: H1 = 11,25 tf

;

V1 = 7,5 tf

;

H2 = -1,25 tf

;

V2 = -2,5 tf

Exercício 17: Encontrar as reações de apoio. Utilizar EA = 10000 KN.

Encontrar as reações de apoio. Utilizar EA = 10000 KN. Respostas: H1 = -6,0 tf ;

Respostas: H1 = -6,0 tf

;

V1 = 0,0 tf

;

H2 = 0,0 tf

;

V2 = 15,0 tf

;

H4 = -6,0 tf

;

V4 = 0,0 tf

Exercício 18: Encontrar as reações de apoio. Utilizar EA = 2050000 KN.

Encontrar as reações de apoio. Utilizar EA = 2050000 KN. Respostas: H1 = -3,408 tf H3

Respostas: H1 = -3,408 tf

H3 = -5,0 tf

;

;

V1 = -5,74 tf

V3 = 4,26 tf

;

;

H2 = 0,285 tf

;

V2 = 11,47 tf

H5 = -4,87 tf

;

V5 = 7,0 tf