Você está na página 1de 2

A proteção pelos Dízimos

Texto: Jo 1:1 “…Na terra de UZ vivia um homem chamado Jó”.


Introdução:
Jó era um homem muito rico que residia na terra de UZ. Todos daquela região o conheciam. Todos
os comerciantes daquela região queriam fazer negócios com Jó. Na sua casa de meia em meia
hora chegava alguém oferecendo alguma coisa, ou querendo ouvir Jó falar sobre seu testemunho,
enfim Jó era o centro das atenções todos queriam estar perto de Jó. Sua fama era tão grande que
quando se falava de integridade e retidão Jó era citado. Outra característica de Jó era ser
temente a Deus. Nenhuma atitude de Jó era unilateral, sempre havia a consulta ao seu Deus. Jó
não negociava sem o aval de Deus, Jó não contratava ninguém sem antes orar ao Senhor, Jó era
um exemplo de pessoa dentro da sociedade. Porém havia uma pergunta que não queria calar
naquela sociedade. Como Jó havia ficado tão rico? Como uma pessoa poderia ser tão abençoada
nos seus negócios ao ponto de nunca ter prejuízo? “Sou um Dizimista e Ofertante da casa do meu
Deus”. Isso causava um impacto muito grande nas pessoas ímpias, pois não entendiam com um
homem poderia ser abençoado através dos dízimos e ofertas. Pois isso na verdade não era uma
entrada no caixa de Jó e sim uma saída de recursos. Mais isso fazia a diferença na riqueza de Jó.
O próprio Deus chega a dar testemunho de Jó, por sua boa conduta “...não há ninguém na terra
como ele, irrepreensível, integro, homem que teme a Deus e evita o mal”.

1) A Fidelidade nos Dizimos trás alegrias a seus filhos(V4)


Havia um ambiente de festa na vida dos filhos de Jó. Banquetes eram realizados
para comemorar tudo o que o Senhor havia lhes proporcionado. Seus servos também
faziam parte desses banquetes e paz reinava no seu lar.

2) Jó é reconhecido por Deus perante satanás com muito orgulho(V8)


“Reparou no meu servo Jó? Deus conhecendo todas as coisas, notou que satanás
andava sondando a vida de Jó e que já havia enviado vários de seus
servos(Demônios) para tentar persuadi-lo de fazer o mal, mas Jó era temente a
Deus.(Amado Dizimista o Senhor tem se orgulhado de você).

3) satanás consegue furar o bloqueio de Jó(V12)


“Pois bem, tudo o que ele possui está nas suas mãos; apenas não toque nele”. Deus
autoriza a satanás que toque em tudo que é dele, então são liberados os demônios:
cortador, migrador, devorador e o Destruidor. Jó perde os Bois, jumentas, os
empregados, ovelhas, camelos, filhos(10), casa(V12-19). Enfim, Jó perdeu tudo. Jó
colocou os dez caixões dos seus filhos na sala, sem entender muito bem o que
estava acontecendo olha para seus filhos em silêncio... Lágrimas correm dos seus
olhos... Ele recorda das brincadeiras que fazia com seus filhos, dos devocionais, das
canções de suas filhas, dos Bilhetes deixados em papel de pão dizendo “Pai eu me
orgulho do Senhor...” Em silêncio Jó chora... Não é fácil, Jó começa apensar nas
palavras que ele não havia pronunciado a seus filhos. Talvez nesse dia não havia
dado tempo de abraçar a todos, pois as atividades do dia-a-dia eram muitas. Sua
mulher vai até Jó com o casaco de frio que ela tinha feito para sua filha mais nova
e diz: “Jó perdemos os nossos filhos, por que? Que Deus é esse Jó que tira o filho de
uma mãe? Jó tu ainda acredita nele? Mas não negou o seu Senhor. Jó lembrou-se
quem ele era antes de conhecer esse Deus. Jó possivelmente seria um homem
ímpio, sem honra, sem amigos, sem patrimônio, sem emprego, sem casa, sem
filhos. “Saí nu do ventre de minha mãe e nu tornarei”

4) satanás toca na saúde de Jó(Cap.2:6).


“Pois bem, ele está nas suas mãos; apenas poupe a sua vida”.
Deus autoriza satanás a tocar no homem mais fiel a ele que já existiu no velho
testamento. Lá de cima Deus contempla Jó sendo peneirado por satanás. Feridas
Terríveis, da sola dos pés ao alto da cabeça(3:24 Falta de apetite), (7:5 Vermes
saiam de seu corpo),(9:18 Falha na Respiração), (12:24 Perde sua aparência
normal), (16:16 Tem problemas em suas vistas), (30:30 Sua temperatura era alta,
devido as inflamações). Jó agora foi tocado no mais profundo possível, antes ele
era pobre mais não era doente... Satanás pressupõe a vitória dessa vez ele foi
muito profundo. Mesmo sendo dizimista Jó era humano e sentia as dores das
enfermidades e das perdas familiares. Sua mulher já atingida pela perda dos filhos
diz: “Você ainda mantém a sua integridade? Ou em outras palavras: Tu ainda se
mantém crente? Cadê o teu Deus que sempre te socorria?(Jó fecha os seus olhos)
Sempre te livrava, sempre te amparava e sempre te protegia? Cadê Ele Jó que não
viu a morte dos nossos filhos? Jó!Amaldiçoa esse teu Deus logo e morre...

5) Jó começa a lembrar das suas promessas(Ml 3:10-11)


Jó após ouvir tudo o que sua mulher falou, começa a lembrar-se de uma promessa
que o próprio Deus havia lhe feito dizendo: Jó
“Trazei todos os dízimos à casa do tesouro, para haja matimento na minha casa, e
depois fazei prova de mim, diz o Senhor dos Exércitos, se Eu não vos abrir a janela
do céu, e não derramar sobre vós uma benção tal, que dela vos advenha a maior
bastança. Repreenderei o devorador, para que não vos consuma o fruto da terra; a
vossa vide no campo não sera estéril,diz o Senhor dos Exércitos”. Jó então enchuga
as lágrimas e começa a alegrar-se e a orar incessantemente dizendo: “Eu sei que o
meu Redentor vive, e que no fim se levantará sobre a terra.” Isso é só uma fase
vai passar, isso é só um momento vai passar, isso é uma provação vai passar, isso é
só um choro de uma noite, MAS A MINHA VITÓRIA VIRÁ PELA MANHÃ!

6) Com paciência, perseverança e oração Jó é restituído pelo Próprio Deus tudo


o que tinha em dobro(Cap.42:10-17).
“Depois que Jó orou por seus amigos, o Senhor o tornou novamente próspero e lhe
deu em dobro tudo o que tinha antes.”(42:10). Os amigos de Jó que vieram consola-
lo o encontraram orando e dizendo: “Bendito seja Ele! Bendito seja Ele! Bendito
seja Ele!, um homem tomado por feridas, vermes, raspando-se com um caso de
telha, saltava, alegrava-se e ainda orava pelos seus amigos. Como isso poderia
acontecer? Eles não sabiam que a confiança de Jó não estava em homens mas no
próprio Criador(O Senhor dos Exércitos). “Vieram a ele todos os seus irmãos e todas
as suas irmãs e todos os que antes o conheceram, e comeram com ele em sua
casa...”(42:11). “Assim abençoou o Senhor último estado de Jó mais do que o
primeiro. Jó veio a ter quatorze mil ovelhas (O dobro), seis mil camelos (dobro),
mil juntas de bois (dobro) e mil jumentas (dobro)(42:12). Também teve sete filhos e
três filhas (a mesma quantidade anterior, porém agora com fruto. Todos os seus
filhos e filhas lhe deram netos, bisnetos e trinetos)”(42:13). “Depois disto viveu Jó
cento e quarenta anos; viu a seus filhos,e aos filhos de seus filhos, até a quarta
geração”(42:16).

Missionário: Marden Corrêa

Você também pode gostar