P. 1
paul teyssier - história da língua portuguesa

paul teyssier - história da língua portuguesa

5.0

|Views: 9.621|Likes:
Publicado porAntónio Alves

More info:

Published by: António Alves on Nov 22, 2009
Direitos Autorais:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

11/01/2015

pdf

text

original

Em matéria de morfologia e sintaxe, a evolução que se processa do
latim ao galego-português é semelhante à que leva às outras línguas
românicas, em particular ao castelhano. A declinação nominal simplifica-se
e acaba por desaparecer: sobrevivem apenas duas formas oriundas do
acusativo latino, uma para o singular e outra para o plural. As relações que
o latim exprimia pelas desinências casuais são agora expressas por
preposições ou pela colocação da palavra na frase. Os gêneros, com a supres
são do neutro, reduzem-se a dois. A morfologia verbal é consideravelmente
simplificada. O sistema dos tempos e dos modos altera-se e multiplicam-se
as formas perifrásticas. O futuro simples (ex.: amabo) é substituído, como
em toda a România ocidental, por uma perífrase construí da com habere
amare habeo —, donde se origina o futuro galego-português amarei. Um
artigo definido forma-se com base no demonstrativo ille. As quatro formas
saídas do acusativo, diferenciadas em número e em gênero — illum, illam,
illos, illas
—, dão inicialmente lo, la, los, las, em virtude da aférese sofrida
pelo seu emprego pro clítico. Como estes artigos vinham freqüentemente
precedidos de palavras terminadas por vogal — ex.: vejo lo cavalo, vende la
casa
—, o l desapareceu à semelhança de todos os l da língua que se
achavam em posição intervocálica, com o que se chegou às formas o, a, os,
as
. E, por fim, para compensar o empobrecimento da morfologia nominal, a
ordem das palavras torna-se mais rígida.

You're Reading a Free Preview

Descarregar
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->