Você está na página 1de 1

O processo de (des) construo social do aeromvel em Porto Alegre/RS

Valesca Daiana Both Ames


1


O presente trabalho toma como referncia terica os estudos que versam
sobre o carter scio-construtivo da tecnologia (Social Construction of
Technology: SCOT). Tal perspectiva busca compreender o modo atravs do
qual a cincia e a tecnologia so construdas socialmente, por meio de um
processo dinmico dado pela interao de elementos tcnicos, sociais,
polticos e econmicos. Neste sentido, a abordagem scio-construtivista nega a
separao tradicional entre tcnica e sociedade, onde a tecnologia aparecia
como possuidora de um desenvolvimento linear, no influenciado por fatores
sociais e explicvel por seu prprio processo de desenvolvimento. Ao contrrio
disso, a abordagem scio-construtivista busca demonstrar a flexibilidade
interpretativa das decises tcnicas e cientficas, identificando os mecanismos
de fechamentos dessas controvrsias e relacionando-os a um contexto social
mais amplo (PINCH; BIJKER, 1987). Esta abordagem pode servir tambm
como referencial terico na tentativa de compreenso dos motivos que levaram
ao abandono do projeto de construo de um determinado artefato tecnolgico,
o que aqui chamamos processo de (des) construo social da tecnologia.
Frente a essa considerao, o objetivo do trabalho constitui-se em realizar uma
reflexo sobre as potencialidades desta abordagem no caso especfico do
processo de (des) construo social do veculo do sistema aeromvel em Porto
Alegre/RS.
Palavras-chave: sociologia scio-construtivista, aeromvel, desenvolvimento
tecnolgico, (des) construo social.

1
Graduada em Cincias Sociais pela Universidade Federal de Santa Maria, mestranda em Sociologia pela
Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Contato: valesca.ames@gmail.com. Endereo: Jardim do
Salso, n 140, apto. 301, Porto Alegre/RS. CPF: 02499353090. Telefone: (51)82974261.