Você está na página 1de 2

ADUFE

ERA UMA VEZ...



Se puderes, um dia d um passeio at ao ALENTEJO. Se j l ests deves-te setir
or!ul"oso, pela ri#ue$a, etre muitas %oisas, dos %atares e deste &elo istrumeto.
O ADUFE apare%e em tr's $oas do osso pa(s) Aletejo, *eira *ai+a e Trs-os-
,otes, ode %o"e%ido por -ANDE./O. A t%i%a de 0a&ri%o di0erete. -or
e+emplo, o Aletejo utili$am a &e+i!a de por%o %urtida para 0a$erem a pele em
Trs-os-,otes utili$am pele de %a&ra a #ue %"amam de 1samarra1. Uma
%uriosidade iteressate) ati!amete os ADUFES, s2 eram to%ados por mul"eres.

,ATE/.AL DE 3ONST/U45O

Duas tampas de %ai+as de %art6o
#uadra-!ulares ou et6o uma simples
%ai+a de %art6o #uadra!ular. Ode as
arrajas7 Sapatarias, %asas de malas ou
o teu s2t6o.
FE//A,ENTAS E A3ESS8/.OS
Tesoura e %ola de %ota%to
E9E3U45O
Na sua %ostru:6o ori!ial o ADUFE 6o mais do #ue #uatro t&uas pre!adas a
topo 0orradas por uma pele %osida ou pre!ada. -ara tapar os potos ou os pre!os
%ostuma ter uma 0ai+a de te%ido %om &erlo#ues os %atos. Outros s6o 0eitos duma
maeira mais rudimetar. O teu Adu0e 0eito de uma maeira mais simples.
3olas, &em %olado as duas tampas de %art6o, %olo%as ; volta uma tira de pao
tam&m &em %olada e apertada para l"e aumetar a resist'%ia. Depois de
%o%lu(do, to%a de arrajares a tua es%ola um !rupo de %atares, para
a&ril"atares as 0estas do Natal, 3araval, et%.
DE3O/A45O

S6o os ADUFES aletejaos, a#ueles #ue mostram um maior %uidado a
de%ora:6o. No etato, se permites um su!est6o, i0orma-te juto dos teus
0amiliares mais vel"os, #uais as tradi:<es a de%ora:6o deste istrumeto, #ue
e+istiam a tua $oa "a&ita%ioal. De %erte$a #ue vais ouvir "ist2rias
iteressates, #ue te v6o ajudar a es%ol"a dos adoros.
3O,O TO3A/

O ADUFE to%a-se ao alto, %om um &i%o voltado para %ima, ; altura da tua %a&e:a.
A m6o es#uerda d o adameto da %atoria e a es#uerda tam&orila, dado um
%olorido espe%ial ; m=si%a.