Você está na página 1de 6

Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra Didáctica do Alemão I Novembro de 2009

de Coimbra Didáctica do Alemão I Novembro de 2009 Análise do manual “Lagune 1” Maria Miguel

Análise do manual “Lagune 1”

de Coimbra Didáctica do Alemão I Novembro de 2009 Análise do manual “Lagune 1” Maria Miguel

Maria Miguel Vidreiro da Rocha

A. Grupo-alvo

O “Lagune 1” é um manual de primeira aprendizagem da língua alemã e destina-se a adultos e a jovens a partir dos 16 anos de idade, que não possuam prévios conhecimentos da língua alemã.

B. Lugar de ensino

No manual do professor do “Lagune 1” refere-se que este mesmo está preparado para ser utilizado em todo o mundo, não fazendo, no entanto, referência a nenhum lugar concreto e/ou específico.

C. Intenção da aprendizagem

O “Lagune 1” oferece a aquisição das competências mais básicas, pelo que a intenção principal da

aprendizagem proposta é iniciar a aprendizagem da língua alemã. Como será analisado em maior detalhe no ponto G, ao longo do manual abordam-se temas de utilidade variada que pode preparar para uma possível estadia ou visita a um país de língua alemã. Estes manuais, por serem de nível elementar, não têm uma intenção demarcada, como seria, por exemplo, um manual dirigido a uma determinada área: economia, direito, medicina e até mesmo turismo.

D. Objectivos da aprendizagem

medicina e até mesmo turismo. D. Objectivos da aprendizagem O manual “Lagune 1” pertence a um

O manual “Lagune 1” pertence a um grupo de um total de três manuais Lagune 1, 2 e 3 que preparam o aprendente para o Zertifikat Deutsh. Cada manual está respectivamente estruturado de acordo com os níveis do Quadro Europeu Comum de Referência para as Línguas. Assim sendo, o “Lagune 1” corresponde ao nível A1 do mesmo quadro. No prefácio do “Kursbuch”, numa breve apresentação daquilo que os manuais oferecem, os aprendentes encontram a informação de que no final do mesmo encontram um teste do seu nível (A1) com o qual se podem preparar melhor para o executar. No índice encontra-se ainda a gramática, os temas e as competências comunicativas que são abordados em cada unidade. Os objectivos da aprendizagem estão, desta forma, clarificados para os aprendentes. Destinado a um grupo-alvo que nunca antes teve contacto com a língua alemã, provavelmente será necessário o esclarecimento por parte do professor, pelo menos para os primeiros momentos. De acordo com os autores, no sítio da Internet, é dito que o objectivo é uma aula de sucesso, divertida para ambos professores e aprendentes, que dispense grandes esforços preparatórios.

E. Componentes da aprendizagem

Os componentes da aprendizagem consistem no “Kursbuch” com CD-Audio, “Arbeitsbuch”, CD-

Audio, “Lehrerhandbuch“ e um sítio na Internet: www.hueber.de/lagune.

“Kursbuch”e CD-Audio O manual tem um total de 30 lições, todas elas com uso recorrente do CD-Audio. Na contra- capa, de ambos os lados, está uma imagem do mapa da Alemanha, Suíça e Áustria, sendo o mapa da Alemanha a primeira imagem com que o aprendente se depara ao abrir o manual. Na página lateral ao referido mapa, o prefácio oferece a professor e aprendente uma apresentação, em tom de convite, do manual. Como supracitado, este tem ainda índice com a gramática e as intenções comunicativas abordadas em cada lição. No final do manual existe uma parte de gramática – “Gramatik Übersicht” (p. 166) – onde estão sistematizados todas as unidades gramaticais trabalhadas ao longo das 30 lições. Posteriormente o manual contém uma “Alphabetische Worteliste” (p. 179) onde o aprendente encontra todas as palavras contidas ao longo das lições, seguidas da página onde se encontram para facilitar o reconhecimento do seu significado, assim como do género e da forma do plural, se esta existir. Nos verbos acrescentam a sua forma na 3ª pessoa do singular e no Perfekt, incluindo o verbo auxiliar. Os verbos separáveis estão assinalados com um pequeno ponto. Nesta lista, as palavras a negrito são as que estão presentes no teste de nível final: Start Deutsch A1. Para terminar, o manual contem um resumo das faixas do CD-Audio (p.192), com referência ao número de faixa, de lição, de exercício e um breve título respectivamente, num total de 70 minutos.

“Arbeitsbuch” No prefácio do “Arbeitsbuch” contém uma introdução apelativa para a prática adicional e aprofundamento dos conhecimentos adquiridos. Paralelamente apresentam-se os símbolos utilizados ao longo deste livro, de forma a permitir uma clarificação do seu significado. Assim, desde a terceira página, o aprendente sabe de que lição se trata e qual o exercício ou texto correspondente do “Kursbuch”. Sabe ainda quais os exercícios em que pode usar o dicionário e quais os que escreve sobre si próprio. No final de cada lição tem o resumo da gramática abordada e do vocabulário (“Lernwortschatz”). A cada 5 lições, ou seja, no final de cada tema, o “Arbeitsbuch” contém ainda uma secção denominada “Anker”, que consiste em pequenos tópicos onde o aprendente avalia o que aprendeu. Em último lugar, este manual termina com as soluções de todos os exercícios.

“Lehrerhandbuch” Para o professor está preparado um manual com a explanação da concepção e construção da proposta de ensino oferecida, assim como notas práticas para a aula e para as unidades de ensino (lições), como por exemplo, sugestões didácticas para estas lições por passos individuais e, também, alguns conselhos antes de se iniciar o uso do manual (“Kursbuch” e “Arbeitsbuch”). Alguns exemplos destes auxílios são: “Binnendifferenzierung” (p. 21) ou Genuslernen (p.20), assim como a presença do objectivo de cada lição. A imagem também é algo recorrente no manual do professor, nomeadamente sobre o que escrever ou desenhar no quadro.

Depois de todas as lições, o “Lehrerhandbuch” contém modelos para fotocópias, testes para cada tema, soluções dos exercícios do manual do aluno e dos testes, e modelo de pontuação para os testes.

www.hueber.de/lagune O site da internet está dividido em três partes: “Info” (apresentação geral), “Lehren” (direccionada para os professores, com complementos) e “Lernen” (dirigido aos aprendentes, sob a forma de exercícios). “Info” inclui: o conceito, o objectivo, o manual de trabalho (“Arbeitsbuch”), manual do professor (“Lehrerhandbuch”), CD-ROM, Glossário XXL, Posters da Gramática, páginas para download, autores e aconselhamento, cursos piloto e sítios onde comprar. Para os professores, na secção “Lehren”, existe uma parte de testes e uma parte de prática. Na primeira abrange: testes de nível, com testes online e downloads, e testes sobre os temas. Por sua vez, a parte prática oferece glossário, dicas para as páginas duplas de fotografias e jogos para as aulas. Para finalizar, o aprendente tem à sua disposição um exercício para cada lição. Estes exercícios são extremamente divertidos, podendo ser também jogos. Constitui uma boa maneira de fortalecer as competências de forma lúdica, tal como foi apresentado pelos autores.

F. Progressão e estrutura dos capítulos

Estes são os primeiros contactos que os aprendentes vão ter para com a língua alemã. Tal como com qualquer outra língua, as bases que resultam deste contacto inicial é fulcral para facilitar ou não uma aprendizagem e domínio sólido da língua estrangeira. Neste sentido, os autores oferecem uma progressão suave, de pequenos passos. Tanto quanto um nível principiante pode comportar, é

uma progressão tanto receptiva como produtiva, avançando devagarinho. Por exemplo, num primeiro momento apresentam os números de 1 a 10 (“Kursbuch”, p. 9, ex.4) e, um pouco mais adiante, os números até 100 (“Kursbuch”, p. 22, ex.7). Existe uma boa combinação entre gramática, intenções comunicativas e temas. É um conjunto de manuais muito prático para aprender a língua e tornar-se capaz de comunicar, dado que todos os campos comunicativos (ler, escrever, falar e ouvir) são explorados e abordados. No que diz respeito à estrutura dos capítulos, os manuais estão divididos em seis grandes temas:

“Menschen und Reisen”, “Personen und Aktivitäten”, “Wohnen und leben”, “Wollen und sollen”, “Bewegung und Orientierung” e “Alltag und Traüme“. Cada um destes temas é explorado em 5 lições, cada uma com uma competência inerente, embora não exclua as demais. Estas lições são chamadas de “Fokus” e mantêm sempre a mesma ordem nos diversos temas. Assim, temos “Fokus Strukturen”, “Fokus Lesen”, “Fokus Hören”, “Fokus Sprechen” e “Fokus Schreiben“. Por sua vez, cada uma destas lições estende-se por quatro páginas. O uso de imagens é parte fundamental da abordagem oferecida por este manual. Cada tema abre com uma montagem fotográfica alusiva ao mesmo e termina com uma página dupla de fotos relativas à cultura nacional, com a descriminação das competências adquiridas (Anker). O último

elemento de cada tema é um diálogo bem-humorado que toca os conceitos trabalhados (Augenzwinkern). Aspectos como a gramática, vocabulário, fonética são desenvolvidos em concordância com o tema em que estão inseridos e estão direccionados para a fluência e a precisão (lição 14, por exemplo). Em todas as lições o recurso ao uso do CD-Audio é constante, como já foi mencionado, permitindo que os aprendentes sejam frequentemente envolvidos por um input auditivo e, neste caso, nativo.

A gramática e vocabulário estão presentes, como referido nos componentes da aprendizagem.

G. Temas e conteúdos

Como referido no ponto superior, os temas são atractivos e correspondem à realidade do grupo. O

uso frequente de imagens torna os manuais apelativos e, na minha opinião e experiência enquanto aluna, as cores vivas favorecem o Arbeitsbuch, uma vez que os manuais de actividades costumam ter cores mais apagadas e/ou cinzentas, associando as tarefas a trabalhos menos desejados. Os aspectos culturais e a interculturalidade são largamente abordados. Não apenas pelas imagens representativas de traços característicos da cultura, mas pelas indicações que são dadas ao professor para que este possa prover os seus aprendentes de informação extremamente relevante sobre a cultura, hábitos e procedimentos (Lehrerhandbuch, p. 37, 44, 45, 46).

A opinião pessoal dos aprendentes e a sua perspectiva perante uma nova cultura não está explícita

nos exercícios dos livros. Não obstante, é dada esta clara indicação ao professor, de suscitar e fomentar o diálogo sobre as diferentes culturas, especialmente na dupla página de fotos no final de

cada tema (Lehrerhandbuch, p. 6).

H. Textos

Os tipos de textos correspondem à realidade diária dos aprendentes, àquilo que poderá vir a constituir as suas necessidades se numa estadia no estrangeiro, assim como aos seus

conhecimentos da língua alemã. Os textos variam entre cartas/e-mails (Kursbuch, p. 15, 75, 121, 145), postais (Kursbuch, p. 27), publicidade (Kursbuch, p.40), artigos (Kursbuch, p.39, 63 111, 135), cartas de candidatura (Kursbuch, p.51), poema (Kursbuch, p.87), recados (Kursbuch, p.98), menu (Kursbuch, p.141). Além destes, e como referido anteriormente, após cada tema existe um texto humorístico (Augenzwinkern).

A presença de música está sobretudo na lição 8, pois não se utilizam canções como actividade, isto

é, para os aprendentes cantarem, por exemplo.

I. Aprendizagem da língua

No Arbeitsbuchos aprendentes encontram uma excelente oportunidade para realizar os exercícios e os testes e corrigi-los sozinhos. De certa forma, isto já os irá auxiliar na avaliação do

que conseguiram aprender. Existe ainda, em paralelo com o Kursbuche como já indicado, uma parte final do tema denominada de Anker, onde cada aspecto leccionado é abordado e analisado. Isto constitui a forma mais clara que o aprendente possui para controlar a sua aprendizagem. Não são fornecidas quaisquer ajudas pelo menos directamente ao aluno sobre como aprender ou estudar, sejam sugestões ou estratégias. Este tipo de informação é entregue ao professor, como

no caso do já citado Genus lernen(Lehrerhandbuch, p.20). Acresce ainda um apelo ao professor para entrar em diálogo com os aprendentes sobre o que estes conseguiram assimilar e o que precisam rever.

J. Língua Materna

Espaço físico nos manuais para o uso da língua materna não existe. Este é outro aspecto ao qual apenas o professor, através do seu manual, é convidado a fazer, particularmente no inicio do curso,

no diálogo intercultural, na análise da dupla página de fotografias e na comparação gramatical (Lehrerhandbuch, p.12) sempre e quando se tratar de uma turma homogénea, ou seja, com a mesma língua materna. No sítio da Internet está à disposição alguns glossários, mas nenhum em português.