Você está na página 1de 26

HETERÓSIDOS

PIGMENTOS DE FLORES
• Definição
• São os pigmentos universais das plantas,
responsáveis pela coloração das flores, dos frutos
e por vezes das folhas
• São quase todos solúveis na água. Dividem-se em:
• 1-Flavonóides, incolores e amarelos
• 2-Antocianinas, vermelhos, azuis ou violetas
• 3-Catequinas ou Catecóis
• 4-Outros Flavonóides
HETERÓSIDOS
PIGMENTOS DE FLORES
• Todos estes compostos têm como núcleo comum o
Cromano ou Benzopirano

O
Cromano
HETERÓSIDOS
PIGMENTOS DE FLORES

• 1-Constituintes flavónicos
• Estes pigmentos têm como molécula
comum 2-fenil-cromano que pode ser
reagrupado numa série de classes
conforme o grau de oxidação do núcleo
pirânico central. R1
• As classes mais importantes são: OH
• A-2-fenil-benzopirilinium ou HO
+
O
R2
Flavílio
OH
2-fenil-benzopirilinium
OH
HETERÓSIDOS
PIGMENTOS DE FLORES
• B-2-fenilcromonas.
• Neste grupo englobam-se as R1
OH
Flavonas, Flavonóis, HO 8 1
7 O 2
Flavononas e Dihidroflavonóis
6 3
Flavonas
5 4
OH O
R1
OH R1
R1
1
HO 8 OH
7 O 2 OH
6
H HO O
3 HO O
5
OH
H
OH O H
OH
Dihidroflavonóis Flavononas Flavonóis
HETERÓSIDOS
PIGMENTOS DE FLORES
• C-2-fenil-cromanos
R1
• Neste grupo encontram-se, os
OH
Flavano-3-ol e os 3,4- 8 1
HO 7 O
Flavano-dióis 2

6
H
3
5
OH
H
OH
Flavano-3-ol
R1
OH
8 1
HO 7 O
Flavano-3,4-diol
2

6
H
3
5 OH
HETERÓSIDOS
PIGMENTOS DE FLORES
R1
• D-Chalconas e 3 OH
2 4
Dihidrochalconas HO 1
4'

2'
R1 OH O
3 OH
2
Chalconas
4
HO 1

4'
H
OH
OH
2'
H
Dihidrochalconas
OH O
HETERÓSIDOS
PIGMENTOS DE FLORES
• E-Auronas (2-benzilideno-coumaranonas)

Auronas
OH
HO
O

• Distribuição
• Os Flavonóides encontram-seOnas Briófitas maioritoriamente sob a forma
de O-e C-heterósidos de flavonas e como derivados de O-urónicos. Nas
Angiospérmicas a diversificação das estruturas flavonóides é máxima.
HETERÓSIDOS
PIGMENTOS DE FLORES
• LOCALIZAÇÃO
• Os heterósidos flavonóides hidrosolúveis acumulam-se nos
vacúolos e conforme as espécies na epiderme das folhas ou
entre a epiderme e o mesófilo. No caso das flores estão
localizados na epiderme das pétalas.
• HETERÓSIDOS FLAVONÓIDES
• As Flavonas e flavonóis estão distribuidas de um modo
geral mas existem certos tipos de heterósidos por grupos
de famílias
• Ex: As famílias das Lamiaceae, Rutaceae e Asteraceae
apresentam flavonóides 6-O-substituidos
HETERÓSIDOS
PIGMENTOS DE FLORES
• A parte osídica dos heterósidos flavónicos pode ser
mono, di e trissacaridos.
• Os monossacaridos são a D-glucose, D-galactose e
D-Alose, D-Apiose, L-Arabinose, L-Ramnose, D-
xilose e ácidos glucurónico e galacturónico.
• Os dissacaridos e os trissacaridos são complexos
podendo conter ligações 1-2, 1-6, 1-3, 1-4, alfa ou
beta.
• A ligação entre a genina e a ose forma-se
normalmente entre o OH em C7 das flavonas e o OH
em C3 dos flavonóis.
HETERÓSIDOS
PIGMENTOS DE FLORES
• Muitas oses podem estar esterificadas com ácidos
alifáticos (acético, malónico), aromáticos (gálhico,
benzóico) ou inorgâicos como ácido sulfúrico
formando sulfatos.
• ORIGEM BIOSINTÉTICA
• A síntese dos flavonóides faz-se por ciclização,
dependente da chalcona-sintase, de 3 moléculas de
malonil-CoA e uma moléula de 4-coumaroil-CoA,
originando a chalcona 4,2’,4’,6’-
tetrahidroxichalcona.
HETERÓSIDOS
PIGMENTOS DE FLORES
O OH OH
-O HO OH
3 +
CoAS O CoAS

O OH O
Malonil-CoA 4-Coumaroil-CoA 4,2',4',6'-
tetrahidroxichalcona

• Em condições normais dá-se a isomerização


espontânea da chalcona numa flavona racémica, por
meio da enzima chalcona-isomerase.
HETERÓSIDOS
PIGMENTOS DE FLORES
• Os compostos Flavónicos apresentam duas bandas
de absorção no UV-V uma entre 220 e 250 nm e
outra a 300 nm.
• O número e disposição dos hidroxilo altera a
posição destes máximos, o que permite distinguir
os diferentes grupos uns dos outros.
• Apresentam reacções típicas relacionadas com:
• A) O grupo cromona
• B) Os hidroxilos fenólicos
HETERÓSIDOS
PIGMENTOS DE FLORES
• ANTOCIANINAS
• As Antocianinas têm como
núcleo comum o catião 2-
fenil-benzopirilinium ou
OH
flavílio.
OH
• As antocianinas encontram-
se solubilizadas nos O Cl-
vacúolos como iões de OH
+
piroxónio de ácidos
orgânicos, málico, cítrico, OH
tartárico, tânico e outros ou
como sais de um anião. Cloridrato de Delfinidina
HETERÓSIDOS
PIGMENTOS DE FLORES
• Os compostos antociânicos naturais possuem pelo
menos quatro grupos hidroxilo localizados em
3,5,7 e 4´. Normalmente o hidroxilo em 4
´encontra-se sempre livre.
• Formam ligações glucosídicas em C3 nos
monoheterósidos e em C3 e C5 nos diheterósidos.
Estas ligações são do tipo β mas não são
hidrolisáveis pelas β -ases mas sim por
antocianidases específicas.
HETERÓSIDOS
PIGMENTOS DE FLORES
• Existem centenas de antocianinas,
responsáveis pelas colorações vermelha,
violeta e azul. Como exemplos temos o
ceracianósido que contém ramnose e
transmite a coloração azul negra das cerejas
pretas, o fragarósido que contém galactose e
origina a coloração vermelho dos
morangos.
HETERÓSIDOS
PIGMENTOS DE FLORES

OH OH
OH
HO O
HO O
+ +
H OH
O OH O
OH OH O H
H H H H
O HO H O H
H H
HO HO
OH OH
O
H OH
Fragarósido OH HOH2C
Ceracianósido
HETERÓSIDOS
PIGMENTOS DE FLORES
• Existem ainda substâncias que são designadas
como Leuco-antocianinas que são consideradas
como precusoras das Antocianinas
• PROPRIEDADES DAS ANTOCIANINAS
• São substâncias anfotéricas que em meio ácido
formam sais de oxónio corados de vermelho.
• Em meio alcalino coram de violeta ou azul
HETERÓSIDOS
PIGMENTOS DE FLORES
• Em meio ácido, pH<3 Em meio alcalino, pH=7-8

OH
OH
OH
O
HO O
+ HO O
OR
Cor vermelha OR
OR Cor violeta
OR
HETERÓSIDOS
PIGMENTOS DE FLORES
• A coloração depende do pH como se pode verificar
pela coloração a pH=11

OH
O- Cor azul

O O
HETERÓSIDOS
PIGMENTOS DE FLORES
• Os espectros de UV-V das
antocininas apresentam uma
banda de absorção a 270 nm e
bandas entre 504 nm e 520 nm. OH
• CATECÓIS OH
• Nas plantas existem substâncias
derivadas das antocianinas por HO O
redução que são designadas por H
catecóis. (+) OR
H Catecol
H
• São substâncias opticamente OR H
activas, e nas plantas encontram-
se também os racémicos.
HETERÓSIDOS
PIGMENTOS DE FLORES
• Os catecóis são substâncias
cristalinas, incolores, que não
têm as propriedades
coagulantes dos taninos mas OH
cujas estruturas são
O
precursoras dests últimos.
• As propriedades da chamda HO O
Vitamina P é atribuida aos H
catecóis especialmente ao L-
H
L-(+) Epicatecol OH
(+) -epicatecol H
OH H
HETERÓSIDOS
PIGMENTOS DE FLORES
• OUTROS FLAVONÓIDES
• I-3-Fenil-cromanos
• Certas leguminosas tropicais contêm
rotenona e princípios activos
semelhantes com propriedades
tóxicas para os peixes e insectos,
sendo não tóxicos para os mamíferos O
quando administrados por via oral.
• O núcleo fundamental é o do 3-fenil-
cromano 3-Fenil-cromano
HETERÓSIDOS
PIGMENTOS DE FLORES
• A rotenona tem uma
importância particular CH3
devido às suas C=CH 2
propriedades insecticidas
e ictiocidas O O
O

O OCH3

OCH 3
Rotenona
HETERÓSIDOS
PIGMENTOS DE FLORES
• II-XANTONAS
• Os pigmentos
xantónicos estão
relacionados com as
O
flavonas, sendo a sua
estrutura fundamental
a xantona ou
difenopirona
Xantona
O
HETERÓSIDOS
PIGMENTOS DE FLORES
• A xantona mais conhecida é o ácido genciânico
isolado a partir da Genciana (Genciana lutea L.) .
• É uma substância, amarela, cristalina, insípida que é
usada como corante natural.
O OH

HO OCH 3
O OH
Ácido genciânico
HETERÓSIDOS
PIGMENTOS DE FLORES
• Bibliografia
• http://rotenone.com/html/pt/rotenone.htm
• http://www.plantamed.com.br/plantaservas/espec