Você está na página 1de 1

Comandos para manutenção em HDs no Linux

Setores defeituosos:

Em geral os métodos destrutivos são os mais eficientes, porém apagam todos os dados do HD. Os
métodos não-destrutivos são os menos eficientes, mas não apagam os dados.

Métodos destrutivos:
Formatando a superfície de um disco (bit 0x00)
Os hds modernos contam com uma área reservada, usada para substituir os setores defeituosos por
setores bons, mas quando esta área chega ao limite alguns hds passam a causar certo sofrimento aos
usuários. Aqui vai o comando para gravar o bit 0x00 em todos os setores do disco:
dd if=/dev/zero /dev/hda (quando o HD, esta em /dev/hda, substitua pela porta necessária)
IMPORTANTE: Este comando apaga todos os dados do HD de maneira irreversível

Milagre da Formatação "física” (bit 0xaa, 0x55, 0xff, 0x00)


Todo mundo sabe que a formatação física real é impossível nos hds modernos. Os programas que
prometem fazer formatação física consistem em gravar 4 tipos de bits em cada setor 0xaa, 0x55, 0xff, 0x00.
Eis como fazer isso no Linux (atenção, todos os dados serão perdidos!):
badblocks -wv /dev/hda (quando o HD, está em /dev/hda, substitua pela porta necessária) .
IMPORTANTE: Este comando apaga todos os dados do HD de maneira irreversível

Métodos não destrutivos:


Checando se os setores estão legíveis:
É possível checar se todos os setores estão legíveis e marcar os danificados. Este não é um teste ideal,
mas resolve a maioria dos casos:
badblocks -v /dev/disco

Checando se os setores estão em boas condições de gravação e leitura:


Além de saber se os setores estão legíveis com esse teste é possível saber se estão recebendo dados
adequadamente.
Segue abaixo o comando para fazê-lo (esse teste é mais demorado que o primeiro):
badblocks -nv /dev/disco

MBR e tabela de partições

Backup da MBR (fonte: http://www.dicas-l.com.br/dicas-l/20040116.php)


A MBR consiste nos 446 primeiros setores de um disco, usada especialmente para o carregador de boot. A
tabela de partições é seguida pelos próximos 66 setores. Assim temos o início de um disco consistido em
MBR+Tabela de partições, 446+66 = 512 setores. Com o comando dd é possível fazer backup destes
setores, e até mesmo salva-los em um backup.
Criando um backup:
dd if=/dev/hda of=mbr.backup bs=512 count=1
Restaurando MBR+Tabela de partições:
dd if=mbr-backup of=/dev/hda bs=512 count=1
Restaurando MBR sem alterar a tabela de partições:
dd if=mbr-backup of=/dev/hda bs=446 count=1

Limpando a MBR
Se você deseja limpar a MBR completamente poderá usar o comando:
dd if=/dev/zero of=/dev/hda bs=446 count=1