P. 1
EQUALIZADOR

EQUALIZADOR

4.76

|Views: 47.849|Likes:
Publicado porsipunk

More info:

Published by: sipunk on Mar 23, 2008
Direitos Autorais:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as DOC, PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

08/02/2013

pdf

text

original

Estúdio de Gravação - Mixagem e Masterização O equalizador é um aparelho que permite o ajuste individual de determinadas freqüências no espectro sonoro.

Este periférico divide o som em uma série de faixas de freqüência e permite o ajuste individual do volume de cada uma delas através de pequenos faders (ou botões) específicos. O som registrado em um determinado local pode muitas vezes conter misturados ao mesmo outros sons indesejados, como som ambiente e ruídos específicos de fundo. O equalizador permite atenuar estas freqüências indesejadas e ao mesmo tempo aumentar ou reforçar outras freqüências do som principal. Mas, a função principal do equalizador em um sistema de P.A. e Monitor é o alinhamento do sistema (atenuando ou reforçando as freqüências). Enquanto a compressão que veremos mais adiante, tem sua área de atuação na faixa dinâmica do som, a equalização (EQ) atua no controle da faixa de freqüência do som. Abaixo temos uma tabela que divide a faixa de freqüências em quatro bandas. Grave (de 20 a 125 Hz), Médio Grave (de 125 a 1250 Hz), Médio Agudo (1250 a 6300 Hz) e Agudo (de 6300 a 20.000 Hz). Observe que estas bandas podem ter uma pequena variação para mais ou para menos.

A escala na parte superior do equalizador mostra as freqüências variando de 20 Hz a 20 kHz. Geralmente quando falamos de médio agudo (high-mids) estamos referindo a faixa de freqüências que vai de 1,25 kHz a 6,3 kHz a grosso modo. No desenho abaixo temos um equalização (EQ) Curva de Pico baseada em uma freqüência central.

E-mail.: artsomstudio@hotmail.com

Estúdio de Gravação - Mixagem e Masterização

Como podemos observar a freqüência central é em torno de 750 Hz e o aumento de ganho (boost) gira em torno de 18 dB. O Fator Q (fator de mérito) é a largura das freqüências afetadas pelo reforço ou atenuação e é medido em oitavas. Um alto Q é estreito e um baixo Q é largo. No desenho abaixo temos a representação de uma Curva Shelf onde as freqüências acima ou abaixo da freqüência central são reforçadas ou atenuadas.

Há dois tipos predominantes de equalizadores, o Paramétrico e o Gráfico. Vamos ver cada um deles. O Equal izador Gráfico Abaixo temos um exemplo de um equalizador gráfico de 10 bandas típico.

E-mail.: artsomstudio@hotmail.com

Estúdio de Gravação - Mixagem e Masterização

Podemos notar que há controles deslizantes (slider controls) para cada faixa freqüência e a escala na parte inferior mostra quais freqüências são estas começando em 31 Hz e aumentado por oitavas até 16 kHz em 10 bandas. Um equalizador gráfico típico não possui qualquer controle variável sobre o Fator Q, e seu valor geralmente já vem pré-ajustado de fábrica. Em equalizadores digitais, a escala na parte superior indica quantos dB estão sendo alterados em cada uma das faixas enquanto a escala inferior indica as freqüências. Note que há valores positivos (boost) onde é adicionado ganho em determinadas freqüências, negativos (cut) onde é atenuado o ganho de determinadas freqüências e 0,0 (zero) onde não há alteração alguma. Veja o gráfico abaixo:

O Equalizador Paramétrico Para que um equalizador possa ser chamado de paramétrico é necessário que ele tenha um Fator Q variável e uma freqüência central também variável. Abaixo vemos o exemplo de um equalizador paramétrico.

E-mail.: artsomstudio@hotmail.com

Estúdio de Gravação - Mixagem e Masterização

GRA FICO A

GRÁFICO B O gráfico A representa um típico equalizador de um console análogo avançado enquanto que o gráfico B representa um equalizador digital de computador, ou seja, um software. O gráfico A possui dois controles com Q variável para controlar as freqüências médias. A versão para computador (gráfico B) possui 4 bandas, sendo que cada uma delas possui controle sobre sua própria freqüência central, ganho e largura do Fator Q. No gráfico A a curva resultante (EQ Curve) também é mostrada. A banda das freqüências médias é dividida em 2 bandas fazendo varredura no médio grave E-mail.: artsomstudio@hotmail.com

Estúdio de Gravação - Mixagem e Masterização que vai de 60Hz a 1,4kHz e no médio agudo que vai de 600Hz até 14kHz (estes valores variam de console para console , não se trata de valores absolutos. Já na unidade digital o valor varia de 20Hz a 20kHz em qualquer banda. Existem outros tipos de equalizadores como o semi-paramétrico e shelving. O equalizador semi-paramétrico possui quase todos os parâmetros do paramétrico, diferenciando apenas em não possuir o fator Q. Neste caso, a banda passante também é fixa. No equalizador Shelving a largura de banda já é pré-determinada, podendose somente reforçar ou atenuar esta determinada faixa do espectro. Neste tipo de equalizador corre-se o risco de alterarmos também as freqüências laterais podendo prejudicar no resultado final.

E-mail.: artsomstudio@hotmail.com

You're Reading a Free Preview

Descarregar
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->