Você está na página 1de 12

1.

Razões trigonométricas

Sen a = cateto oposto hi

Cateto oposto
po
hipotenusa te
n us
a
Cos a = cateto adjacente
hipotenusa a
Cateto adjacente
tan a = cateto oposto
cateto adjacente
Exemplo 1: Determinar as razões trigonométricas

9 cm
Sen a = 9 =0,6 15cm
15
a
cos a = 12 =0,8 12 cm
15 a = 36,87

tan a = 9 =0,75
12
2. Determinação da amplitude de um ângulo
Exemplo 1:
6
cm
sen a = cateto oposto = 3 = 0,5

3 cm
hipotenusa 6

a = sen-1 (0,5) = 30º


2. Determinação da amplitude de um ângulo
Exemplo 2:

tan a = cateto oposto = 12 = 2,4

12 cm
cateto adjacente 5

a = tan-1 (2,4) = 67,38º 5 cm


2. Determinação da amplitude de um ângulo
Exemplo 3:

cos a = cateto adjacente = 6 = 0,6


hipotenusa 10
10 cm

a = cos-1 (2,4) = 53,13º 6 cm


3. Determinação de distâncias inacessíveis
A Descolagem do Avião
Determinar a distância (d) percorrida
na horizontal, e a altura (a) atingida
pelo avião 5 segundos após a
descolagem.

Resolução:

Analisando o esquema acima (triângulo rectângulo) indica:


O que é dado: O que queres saber:

ângulo = 20o 1. A distancia percorrida na


horizontal (d)
hipotenusa= 400 m
2. A altura atingida (a)

Matemática 9º ano
1. A distancia percorrida da horizontal (d)
Cálculo do cateto adjacente (d)

Co-seno

o
comprimento do cateto adjacente ao ângulo 20
cos 20o =
comprimento da hipotenusa
d
0,94 = ⇔
400
⇔ d = 0,94 × 400 ⇔

⇔ d = 376m
2. A altura atingida (a)
Cálculo do cateto oposto (a)

Qual a razão trigonométrica que relaciona o


cateto oposto com a hipotenusa?
seno

o
comprimento do cateto oposto ao ângulo 20
sen20o =
comprimento da hipotenusa
a
0,34 = ⇔
400
⇔ a = 0,34 × 400 ⇔

⇔ a = 136m
Resolve o seguinte triângulo rectângulo
A 4 cm B Determinar os ângulos desconhecidos:

ˆ = 90º
ABC
4
7 cm senx = ⇔ senx = 0,571 X = 35º
7
x ˆ =180º -35º -90º = 55º
CAB
C

Determinar o lado desconhecido:


AB = 4cm BC
cos 35º = ⇔ BC = cos 35º × 7 ⇔
AC = 7cm 7
⇔ BC ; 0,819 × 7 ⇔ BC ; 5, 733cm
5. Relação entre as razões trigonométricas do
C mesmo ângulo
Dado o triângulo [ABC], sabemos por definição
c que:
b b
b a
senα = cosα = tgα =
α c c a
B a A

Vamos calcular o seguinte quociente:

senα b c b =
= = × =
cos α c a a
Conclusão:

senα
= tgα
cos α
RELAÇÃO ENTRE O SENO E O CO-SENO DO MESMO
ÂNGULO
C
Vamos calcular
( senα ) 2 + ( cos α ) 2 Escrita c
simplificada b
= sen α + cos α
2 2

2 2
æö æö α

ç ÷
÷ + ç
ç ÷
÷ B a A
ç ÷
÷
è ø ç ÷
÷
è ø
b a
senα = cosα =
b2 a2 c c
= 2+ 2 Portanto:
c c
b2 + a2 Pelo Teorema de sen 2α + cos 2 α = 1
= Pitágoras:
c2
c2 b2 + a2 = c2
= 2 Fórmula fundamental da
trigonometria
c
=1
Exercício
Seja sen α = 0,6 e α um ângulo agudo, determina tg α .

Resolução:
Determinação do co-seno
Determinação da tangente

sen 2α + cos 2 α = 1
Sabemos que:
0,6 2 + cos 2 α = 1
senα = 0,6 cos α = 0,8
cos 2 α = 1 − 0,6 2
Então:
cos 2 α = 0,64 senα 0,6
tgα = = = 0,75
cos α = ± 0,64 cos α 0,8
cos α = ±0,8
Resposta: tg α =0,75
Como cos α é positivo, vem
cos α = 0,8