Você está na página 1de 2

Consulado Japonês em Manaus homenageia José Nasser

O cônsul geral do Japão em Manaus, Jiro Shibasaki, representando


o ministro dos Negócios Estrangeiros do Japão, Katsuya Okada,
entregou na quarta-feira à noite a condecoração “Ordem do Sol
Nascente, com raios dourados com uma rosa” ao vice-presidente da
Confederação Nacional de Indústria (CNI), engenheiro José Nasser,
como reconhecimento a sua contribuição às empresas japonesas
do Polo Industrial de Manaus, no período em que dirigiu a
Federação das Indústrias do Estado do Amazonas (FIEAM).

A solenidade, realizada sede da Câmara de Comércio e Indústria


Nipo-Brasileira do Amazonas, reuniu empresários e representantes
de fábricas japonesas, líderes das entidades de classe e da política
do Estado.

“Nasser contribuiu significativamente para o desenvolvimento das


empresas japonesas no Polo Industrial de Manaus e do
fortalecimento da nossa Câmara no Amazonas. O condecorado
sempre esteve com seu olhar atento, oferecendo adequados
conselhos e assistência à comunidade empresarial japonesa”, disse
o cônsul Shibasaki.

José Nasser destacou que recebeu com satisfação e surpresa a


honraria concedida pelo Japão, “país que possui um exemplar
legado de trabalho, obstinação e um povo de história e sabedoria
milenar”. O engenheiro dividiu a homenagem com os diretores que
compartilharam a gestão da FIEAM, de 1995 até 2007.

Segundo Nasser o estreitamento das relações do Brasil com o


Japão deve ser o objetivo de todos, especialmente daqueles que
atuam no setor produtivo.

“É nosso papel defender ao máximo a indústria instalada no


Amazonas, principalmente as que agregam valor tanto na
transformação da matéria-prima, quanto na formação dos recursos
humanos, a exemplo das indústrias japonesas que se instalaram no
Polo Industrial de Manaus”.

De acordo com o presidente em exercício da Câmara Nipo-


Brasileira do Amazonas, Iuquio Ashibe, a economia e emprego e
renda gerados pela iniciativa japonesa no parque industrial de
Manaus representam 50% do capital estrangeiro investidos no
Estado, gerando 25% dos 100 mil empregos diretos e 25% do total
do faturamento do PIM.

Segundo Ashibe, o crescimento do segmento industrial nipônico no


Amazonas teve apoio relevante do homenageado da noite que
durante 12 anos, como presidente da FIEAM, defendeu os
interesses das empresas japonesas nos órgãos federais e no
Governo do Estado.

“José Nasser recebe merecida condecoração, pois os empresários


japoneses são agradecidos pela sua contribuição na expansão dos
investimentos das fábricas japonesas no Amazonas”, declarou
Ashibe, que também exerce o cargo de diretor da Panasonic.