Você está na página 1de 2

1

Competncia interpessoal
Neste exemplo, a competncia interpessoal (processo) to importante quanto a
competncia tcnica de formular as perguntas adequadas (contedo das
perguntas).
Competncia interpessoal envolve um conjunto quase interminvel de caractersticas
inerentes ao comportamento humano. Podemos agrup-las da seguinte forma:

Percepo ou seja, a capacidade de captar aspectos relevantes ao encontro social.
Estes aspectos envolvem tanto a dimenso pessoal (sentimentos,
crenas, gostos), quanto a situacional (local onde se estabelece a
interao, posio do interlocutor, outros participantes) e a cultural
(idiomas, valores morais, educao formal);
Habilidade que envolve domnio dos mecanismos atravs dos quais se d o
encontro social e seus processos cognitivos. , para alm da
compreenso dos aspectos da interao social, a capacidade de se
colocar, de ver vrios ngulos ou aspectos da mesma situao e atuar
de forma diferenciada, experimentando novas condutas (criar
alternativas, entender um ponto de vista diferente do seu, participar
de uma dinmica indita); e
Soluo que envolve o alcance de uma soluo tal que as pessoas continuem
trabalhando juntas de forma pelo menos to eficiente quanto antes do
encontro social. o encaminhamento no qual o desenrolar da interao
pessoal resulta em graus aceitveis de satisfao cognitiva e afetiva
(conseguir se expressar de forma clara, entender um ponto de vista
realmente diferente do seu, conseguir ajuda para realizao de uma
atividade).

Competncia interpessoal a habilidade de lidar eficazmente
com relaes interpessoais, de lidar com outras pessoas de forma
adequada s necessidades de cada uma e s exigncias da
situao.



2
(Moscovici, 2011)

Quando h competncia interpessoal, os conflitos tendem a ser amigavelmente
resolvidos.

Nem sempre possvel resolver um conflito lidando diretamente com a outra parte
envolvida. Como j vimos, as pessoas so diferentes entre si e h pessoas que
rompem relaes ou revidam, usam da violncia fsica ou psicolgica, o que dificulta
a resoluo do conflito.

Muitas vezes necessrio contar com o apoio de um terceiro, um facilitador ou um
mediador, para encontrar uma resoluo. Este terceiro , em muitos momentos, o
agente de segurana pblica.