Você está na página 1de 2

1

Sobre as condies Primrias da Competio



Integrantes de equipes no competem entre si. As equipes competem com
outras. E esta competio saudvel se:
h objetivos claros e definidos, regras de conduta amplamente
estabelecidas a partir de limites ticos e, por fim, certa igualdade
de condies;
os recursos humanos e os tecnolgicos esto dimensionados
corretamente, h treinamento adequado;
a disputa tem um trmino pr-estabelecido, seja ele uma meta,
um ciclo de trabalho ou um ndice de desempenho a ser atingido;
e
h uma arbitragem transparente que tenha como princpios
bsicos a tica e a democracia.

A percepo, a comunicao, a tica, a liderana, a criatividade, todas as
relaes humanas so afetadas em ambientes de grande competitividade e,
mesmo nos esportes de elite, a competio tem como base as condies aqui
colocadas.

As estruturas de poder das organizaes que perseguem ideais de meritocracia
criam excelentes oportunidades de colaborao, pois valorizam competncias.
E as competncias so em grande parte desenvolvidas atravs de colaborao
entre os grupos de trabalho. atravs do trabalho colaborativo que surgem
novas solues para problemas e a troca de experincias beneficia a todos os
participantes.

Em Segurana Pblica um considervel percentual das organizaes de
instituies governamentais ou mesmo sem fins lucrativos. Estas so
organizaes onde a competncia estaria naturalmente frente da
competitividade ainda que esta ltima tenha espao. H sempre eventuais



2
distores e at mesmo culturas organizacionais que as criam e alimentam.
Podemos imaginar que a relao cotidiana com o uso da fora no
cumprimento do dever estabelea um incentivo disputa.