Você está na página 1de 2

Medicina Legal

Parte Especial
Antropologia
Sexologia*
Traumatologia
Asfixiologia**
Psiquiatria
Toxicologia
Tanatologia
Forense
MEDICINA LEGAL 2 Aula
INTRODUO AO ESTUDO DA MEDICINA LEGAL

Cdigos
1. Penal
2. Ciil
!. de "#i$a M%di$a
&. de P'o$essos(
a. Penal a'#igos 1)* + 1*&
,. Ciil
Peritos no crime Ao Penal
O-i$iais
IML Afrnio Peixoto
I arlos !"oli
*Aborto Legal:
#$ %uan&o conseq'ente ao estupro
2$ quan&o p(e em risco a )i&a &a m*e
** +nforcamento, afogamento
Cmaras Tcnicas
- +specialistas que po&em promo)er resolu.(es "asea&os em solu.(es &o FM
+ O'#o#an.sia /
0 Morte digna, assistida, limitando ou respondendo procedimentos e
tratamentos que prolonguem a vida do doente, garantindo-lhe os cuidados necessrios
para aliviar os sintomas que levam ao sofrimento, na perspectiva de uma assistncia
integral, respeitada a vontade do paciente ou do seu representante legal
eantologia !deveres"
iceologia !direitos"
A Igre/a at0lica resol)e1 #$$$quando a morte se anuncia iminente e inevitvel,
pode-se em $ons$i1n$ia renunciar a tratamento que dariam somente um prolongamento
precrio e penoso da vida$$$
Laudo
Pro&u2i&os pelo IML, que entra no processo, reali2a&os por m3&icos$ 4i)i&i&os
em 5 partes1
%$ Pre&m'ulo(
a$ IML Afrnio Peixoto
"$ 4outores 6espons7)eis 8sempre 29
c$ I&entifica.*o
)$ *uesitos oficiais(
a$ Se :ou)e n*o morte
"$ %ual a causa morte
+$ Meio que produ,iu a morte(
a$ +n)enenamento ; crime qualifica&o
-$ .dentificao
a$ /0tima
'$ Paciente
c$ Papiloscopia
d$ 1ar'oni,ao !queimadura de -2 grau"
3$ escrio
a$ #/isum et repertum
i$ /er e transcrever
4's(
+ Les2o Co'3o'al /
Artigo %)5 do 16digo Penal
%$ 7eve (
a$ n*o ser7 gra)e
'$ escoria.(es
c$ equimoses
)$ 8rave
a$ Les*o corporal com per&a &o
pa)il:*o auricular p$ ex
+$ 8rav0ssima
a$ Les*o que ocorre como seq'ela p0s
um trauma inicial$ E9$ epilepsia p6s
traumtica$ A'orto p6s agrasso
f0sica do marido
- %uan&o o MP n*o se satisfa2 com o Lau&o, eles fa2em a c:ama&a Cons4l#a M%di$o
Legal5 para que se fa.a um 0Pa'e$e' M%di$o Legal6
- Se isso ocorrer em <rea =)el, n*o ser7 feita por m3&icos oficiais peritos e sim peritos
particulares
- > parecer 3 uma no)a opini*o p0s lau&o, "asea&o no lau&o e em literatura atual
- %uem po&e pe&ir exames e a/u&a ao IML s*o as autori&a&es competentes 8Policia
i)il, Min Pu", ?ui2es, Promotores9
- Inumar @ +xumar 8por interesses forenses9