Você está na página 1de 1

DIREO DE SERVIOS DA REGIO ALGARVE

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS JLIO DANTAS


Curso de Educao e Formao de Adultos
EFA Escolar B3

Formadora: Paula Calhegas 2014/15



Numa quinta vivia um grupo de animais que se davam muito bem! Um dia, o
rato, olhando pelo buraco na parede, v o caseiro e a sua esposa a abrir um
pacote. Pensou logo no tipo de comida que poderia haver ali. Ao descobrir
que era uma ratoeira ficou aterrorizado. Correu ao ptio da quinta
advertindo todos:
- H uma ratoeira na casa, uma ratoeira na casa!
A galinha, ento, disse:
Desculpe-me Sr. Rato, eu entendo que isso seja um grande problema para si,
mas no me incomoda.
O rato foi at o porco e disse-lhe:
H uma ratoeira na casa, uma ratoeira!
Desculpe-me Sr. Rato, disse o porco, mas no h nada que eu possa fazer, a
no ser rezar. Fique tranquilo que o senhor ser lembrado nas minhas
preces.
O rato dirigiu-se ento vaca. Ela disse-lhe:
O qu Sr. Rato? Uma ratoeira? Por acaso estou em perigo? Acho que no!
Ento o rato voltou para a casa, cabisbaixo e abatido, para encarar a ratoeira
do caseiro.
Naquela noite ouviu-se um barulho, como o de uma ratoeira a apanhar a sua
vtima. A mulher do caseiro correu para ver o que tinha cado na ratoeira. No
escuro, ela no viu que a ratoeira tinha prendido a cauda de uma cobra
venenosa. E a cobra picou a mulher O caseiro levou-a imediatamente ao
hospital. Ela voltou com febre. Todos sabem que para alimentar algum com
febre, nada melhor que uma canja de galinha.
O caseiro pegou no seu cutelo e foi providenciar o ingrediente principal
Como a doena da mulher continuava, os amigos e vizinhos vieram visit-la.
Para aliment-los o caseiro matou o porco.
A mulher no melhorou e acabou por morrer. Muita gente veio para o
funeral.
O caseiro ento sacrificou a vaca, para alimentar todos os visitantes.
Moral da histria:
Na prxima vez acreditar que o problema no lhe diz respeito, lembre-se
que, quando h uma ratoeira na casa, toda a quinta corre perigo.
- O problema de um problema de todos quando trabalhamos em
equipa!

U Un ni id da ad de e d de e C Co om mp pe et t n nc ci ia a: : A Ap pr re en nd de er r c co om m A Au ut to on no om mi ia a
Leitura 1 Uma Histria