Você está na página 1de 2

Patricia Mattos de Oliveira

Faculdade Pitgoras - Polo Guarapari


Curso de Direito
Direito Civil IV
Professor Ademir Joo Costa Longa


Tema: Elementos do contrato

GAGLIANO, Pablo Stolze e FILHO, Rodolfo Pamplona. Novo curso de direito civil,
Contratos teoria Geral. Editora Saraiva

Pg. 56

Para um negcio jurdico e,consequentemente, um contrato existir, quatro
elementos se fazem necessrios, de maneira simultnea.
O primeiro deles, considerado a essncia do negcio jurdico, a manifestao de
vontade. Como dissemos, sem querer humano, no h negcio jurdico e,
no havendo negcio, no h que se falar em contrato.
No se discute, neste momento, se a manifestao da vontade se confunde coma
inteno propriamente dita de seu declarante, pois isso, como veremos, est
no campo da validade da manifestao.
O que imprescindvel, para se entender existente um negcio jurdico,
justamente que tenha ocorrido uma declarao de vontade, faticamente afervel, e
que decorra de um processo mental de cognio.

Pgs. 57 e 58

Compreendida a autonomia da declarao da vontade, em relao vontade
propriamente dita, bem como ao seu emissor, neste ltimo aspecto reside o
segundo elemento existencial:a presena de uma gente, para manifestar tal vontade.
Com efeito, a vontade contratual no se manifesta sozinha, sendo necessria a
presena de sujeitos para declar-la.
E o que se declara?
Justamente o objeto do contrato, que consiste na prestao da relao obrigacional
estabelecida, valendo destacar que tal objeto pode ser direto/imediato ou
indireto/mediato, medida que se materialize, respectivamente, na atividade a ser
desenvolvida (prestao de dar, fazer ou no fazer) ou no bem da vida posto em
circulao.
E, por fim, no contrato,essa manifestao de vontade do agente, desse objeto,
precisa de uma forma para se exteriorizar.
No se trata, aqui, de discutir a adequao, mas sim apenas a existncia de uma
exteriorizao, de maneira a se compreender que o contrato realmente existiu



no campo concreto, no se limitando a uma mera elucubrao de um sujeito. Trata-
se, pois, do veculo de conduo da vontade:forma oral,escrita, mmica etc.
Presentes estes quatro elementos, podemos afirmar, sem a menor sombra plida de
dvida, que o contrato, como negcio jurdico, existe no campo da
realidade ftica.