Você está na página 1de 16

INTRODUO MECNICA

DAS ESTRUTURAS
5. PRODUTO ESCALAR
EM ALGUNS PROBLEMAS DE ESTTICA, PRECISO CALCULAR O
NGULO ENTRE DOIS VETORES.
EM OUTROS PROBLEMAS, PRECISO CALCULAR AS COMPONENTES
PARALELA E PERPENDICULAR DE UMA FORA EM RELAO A UMA
LINHA.
PARA PROBLEMAS BIDIMENSIONAIS BASTA USAR A TRIGONOMETRIA.

PARA PROBLEMAS EM 3 DIMENSES NECESSRIO USAR MTODOS
VETORIAIS COMO O PRODUTO ESCALAR.

O PRODUTO ESCALAR DE DOIS VETORES A E B DEFINIDO PELA SEGUINTE
EXPRESSO:
u cos . . . B A B A =

SE QUISERMOS DETERMINAR O PRODUTO ESCALAR DE DOIS
VETORES A E B EXPRESSOS NA FORMA DE UM VETOR CARTESIANO,
TEREMOS:

A B = (A
x
i + A
y
j + A
z
k) (B
x
i + B
y
j + B
z
k)

= A
x
B
x
(i i) + A
x
B
y
(i j) + A
x
B
z
(i k)
+ A
y
B
x
(j i) + A
y
B
y
(j j) + A
y
B
z
(j k)
+ A
z
B
x
(k i) + A
z
B
y
(k j) + A
z
B
z
(k k)

CONSIDERE OS VETORES UNITRIOS i, j e k. CALCULANDO O PRODUTO
ESCALAR DESSES VETORES TOMADOS DOIS A DOIS, TEREMOS:
1 0 cos . 1 . 1 k . k j . j . = = = =


i i
0 1.1.cos90 j . k k . j
0 1.1.cos90 i . k k . i
0 0 9 cos . 1 . 1 . .
= = =
= = =
= = =



i j j i
VETORES PARALELOS
VETORES PERPENDICULARES
EFETUANDO AS OPERAES DO PRODUTO ESCALAR, OBTEMOS O
RESULTADO FINAL:





PARA CALCULAR O PRODUTO ESCALAR DE 2 VETORES, BASTA
MULTIPLICAR AS COMPONENTES X, Y E Z CORRESPONDENTES E
SOMAR O RESULTADO.
z z y y x x
B A B A B A B A . . . . + + =

5.1 APLICAES
5.1.1 NGULO ENTRE DOIS VETORES
|
|
.
|

\
|
=

B A
B A
.
.
cos
1

u
EXERCCIO 1
DUAS FORAS ATUAM SOBRE O GANCHO. DETERMINE O NGULO
ENTRE ELAS.
O MDULO DA COMPONENTE PARALELA AO VETOR A EM RELAO
AO EIXO a-a, IGUAL AO PRODUTO ESCALAR DO VETOR A PELO
VETOR UNITRIO ua:
5.1.2 COMPONENTE PARALELA DE UM VETOR EM
RELAO A UMA LINHA OU EIXO
DEFININDO UM VETOR UNITRIO ua NA DIREO a-a, A COMPONENTE Aa
PARALELA SER O PRODUTO ESCALAR A.ua:








O VETOR Aa SER REPRESENTADO ASSIM:
cos . cos . 1 . . A A u A A
a a
= = =

a a a
u A A

. =
EXERCCIO 2
A ESTRUTURA MOSTRADA NA FIGURA ABAIXO EST SUBMETIDA A
UMA FORA HORIZONTAL F = { 300j }. DETERMINE A INTENSIDADE DA
COMPONENTE DESSA FORA PARALELA AO MEMBRO AB.
O MDULO DA COMPONENTE PERPENDICULAR OBTIDO ATRAVS
DO SENO DO NGULO u OU USANDO O TEOREMA DE PITGORAS.
2 2

- .
a
A A A ou sen A A = =
5.1.3 COMPONENTE PERPENDICULAR
EXERCCIO 3
A ESTRUTURA MOSTRADA NA FIGURA ABAIXO EST SUBMETIDA A
UMA FORA HORIZONTAL F = { 300j }. DETERMINE A INTENSIDADE DA
COMPONENTE DESSA FORA PERPENDICULAR AO MEMBRO AB.
EXERCCIO 4
DETERMINE AS INTENSIDADES DAS COMPONENTES DA FORA F = 56N
QUE ATUAM AO LONGO E PERPENDICULAR LINHA AO.