Você está na página 1de 16

INTRODUO MECNICA

DAS ESTRUTURAS
6. MOMENTO DE UMA FORA
6.1 FORMULAO ESCALAR
CONSIDERE A SITUAO ABAIXO ONDE UMA FORA F APLICADA AO
LONGO DA CHAVE.






NESTA SITUAO, O PARAFUSO NO PONTO O NO VAI GIRAR. O PONTO O
EST NA LINHA DE AO DA FORA.
AGORA CONSIDERE A FORA F APLICADA DE MODO QUE O PONTO
O NO ESTEJA EM SUA LINHA DE AO.








NESTA SITUAO, O PARAFUSO NO PONTO O VAI GIRAR.
QUANDO UMA FORA APLICADA A UM CORPO, ELA PRODUZIR
UMA TENDNCIA DE ROTAO DO CORPO EM TORNO DE UM PONTO
QUE NO EST NA LINHA DE AO DA FORA.


ESSA TENDNCIA DE ROTAO CHAMADA DE TORQUE OU
MOMENTO DE UMA FORA.
MOMENTO = F . d
A INTENSIDADE DO MOMENTO DIRETAMENTE PROPORCIONAL
INTENSIDADE DE F E DISTNCIA PERPENDICULAR OU BRAO DO
MOMENTO d.
SE A FORA F FOR APLICADA EM UM NGULO 90, SER MAIS
DIFCIL GIRAR O PARAFUSO, POIS O MOMENTO SER MENOR.








SE A FORA FOR APLICADA AO LONGO DO BRAO, O MOMENTO
SER ZERO, POIS = 0.
MOMENTO = F . d = F.d.sen
O MOMENTO M
O
DE UMA FORA F EM RELAO A UM PONTO O
UMA QUANTIDADE VETORIAL.


REPRESENTAO NO ESPAO
NO PLANO O MOMENTO REPRESENTADO POR UMA LINHA CURVA.


REPRESENTAO NO PLANO
MDULO:






DIREO: PERPENDICULAR AO PLANO QUE CONTM F E d. DADA
PELA REGRA DA MO DIREITA.

d F M
O
.
M
O
= Momento, N.m ou kN.m
F = Fora aplicada, N
d = Distncia perpendicular do ponto O at a linha de ao de F, m
SENTIDO: DETERMINADO PELA REGRA DA MO DIREITA. O POLEGAR
APONTA O SENTIDO DO MOMENTO. A TENDNCIA DE ROTAO PODE SER
NO SENTIDO HORRIO OU ANTI-HORRIO.

CONVENO DE SINAIS: MOMENTOS POSITIVOS TM SENTIDO ANTI-
HORRIO E MOMENTOS NEGATIVOS TM SENTIDO HORRIO. SISTEMA DE
COORDENADAS DESTRO OU DIREITO.



EXERCCIO 1
DETERMINE O MOMENTO DA FORA EM RELAO AO PONTO O PARA
CADA CASO ILUSTRADO ABAIXO.
NO PLANO, O MOMENTO RESULTANTE IGUAL SOMA ALGBRICA
DOS MOMENTOS CAUSADOS POR TODAS AS FORAS DO SISTEMA.






d F M
O
R
.
6.2 MOMENTO RESULTANTE
EXEMPLO:

3 3 2 2 1 1
. d F d F d F d F M
O
R

EXERCCIO 2
DETERMINE O MOMENTO RESULTANTE DAS QUATRO FORAS QUE
ATUAM NA BARRA EM RELAO AO PONTO O.
EXERCCIO 3
DETERMINE O MOMENTO RESULTANTE PRODUZIDO PELAS FORAS
QUE ATUAM NA BARRA EM RELAO AO PONTO O.