1

Arroz branco - por azeite num tacho ao lume (sem testo) com 2 cabeças de alho inteiras - quando os alhos estiverem louros, retiram-se e deita-se o arroz lavado e vai-se mexendo durante algum tempo - entretanto deita-se água a ferver e sal até cobrir o arroz, mexe-se e tapa-se - põe-se no mínimo e não de destapa nem se mexe mais no tacho até ele estar pronto.

Esparguete - Coloca-se um tacho ao lume com água e sal (acrescentar na água algum vinagre para evitar que a água marca o tacho – não prejudica o esparguete) - quando esta ferver deita-se a massa - se for preciso acrescentar agua deve ser água quente - quando a massa estiver pronta, antes de a escorrer deita-se agua fria no tacho, isso evita que a massa se cole uma na outra e escorre-se - junta-se manteiga à massa

Arroz com chouriça - por um tacho ao lume (sem testo) com azeite e três alhos inteiros - quando os alhos estiverem abertos e lourinhos deitam-se pedacinhos de chouriça e fritam-se uns instantes no azeite - de seguida tiram-se os alhos e deita-se o arroz, deixa-se fritar algum tempo - deita-se a água (a ferver), o sal e mexe-se, deixa-se levantar fervura em lume forte e logo que ferva, põe-se o testo e põe-se o fogão no mínimo - não se mexe mais.

Batatas a muro - lavar muito bem as batatas, de preferência pequeninas - colocam-se numa assadeira e deita-se um punhado de sal grosso. - entretanto põe-se azeite com alhos picadinhos ao lume - quando as batatas estiverem assadas dá-se um murro em cada uma e deitam-se no tacho do azeite/alhos e “abana-se” para elas tomarem o gosto.

2

Maionese - 1 dente de alho - 1 ovo - 1 pitada de mostarda - sal - pimenta - vinagre - azeite (ver a quantidade necessária à medida que se passa a mistura) - convém misturar os ingredientes num recipiente +/- à medida da barinha mágica, para ser mais fácil passar – se estiver muito grosso acrescenta-se azeite. (pode-se guardar no frigorifico até 4 dias)

Puré Cozem-se batatas com algum sal Passam-se pelo passe vite e junta-se azeite, manteiga e mexe-se muito bem acrescentando-se em seguida leite a ferver - mexe-se muito bem. Está pronto a servir

Molho para francesinha (1) - num tacho colocar: - azeite - cebola às rodelas - um dente de alho - 2 ou 3 colheres de farinha triga - polpa de tomate - piripiri - 1 cubo de Knorr - 1 cerveja - meio cálice de vinho do porto - 1 copo de vinho branco - meio cálice de martini - meio copo de whisky - 3 fatias de queijo - 3 fatias de fiambre - 3 salsichas Deixa-se cozer tudo e depois passa-se com a barinha mágica

3

Molho para francesinha (2) - 1 frasco de “molho original” - 2 fatias de queijo - 2 fatias de fiambre - 2 salsichas - polpa de tomate - 1 cerveja - meio copo de vinho branco - 1 cálice de vinho do porto - piripiri - sal - deixa-se cozer um pouco e depois passa-se tudo com a barinha mágica

Molho para moelas - azeite q/b - cebola às rodelas ou picada - alho - 1 copo de água - 1 cerveja - 1 copo de vinho branco -1 colher de vinho do porto - 1 cálice de aguardente - sal q/b - polpa de tomate - pimento vermelho - piri-piri - pimenta - 1 knorr - 1 folha de louro - rela-se tudo as moelas cozem-se à parte em água e sal e deitam-se no molho uns 5 minutos antes de servir

4

5

Carne à mimi - pode ser carne de vitela, fêvera da pá ou frango (cortada aos bocadinhos) - +/- 6 horas em tempero com sal, alho, pimenta, vinho branco, louro - por um tacho ao lume com azeite, depois deste estar quente deita-se uma colher de farinha triga e mexe-se - entretanto deita-se a carne, cebola picada, um raminho de salsa e o resto da vinha de alho no tacho - acrescenta-se um pouco de água e vai-se mexendo de vez em quando - deita-se depois cenoura aos quadradinhos

Almôndegas - Carne de vaca e um pouco de fêvera de porco para “amaciar” as almôndegas, se se tiver pão duro amolece-se em leite ou água e desfaz-se e junta-se também uma chouriça de vinho, tudo picado. - a esta mistura junta-se sal, piripiri, vinho branco, alhos bem picadinhos (1 alho por cada Kg de carne), 3 ovos (por cada kg de carne) - amassar tudo com as mãos, acrescentar vinho se necessário ( se deitarmos vinho a mais podemos recompor o preparado deitando pão ralado. Provar e rectificar de sal se necessário - molhar as mãos em óleo e fazer as bolinhas, que se devem colocar num tabuleiro já polvilhado com farinha (polvilhar também as almôndegas por cima) - fazer um refogado apenas com cebola e azeite e quando estivar lourinho deitar um pouquinho de água e um raminho de salsa. - Deixar cozinhar algum tempo para que a cebola fique bem cozidinha e acrescentar de seguida as almôndegas, (devem ficar metade dentro do molho e metade fora. (não se mexem as almôndegas, pega-se no tacho e abana-se senão elas alagam-se) - rectificar os temperos - ao servir colocam-se as almôndegas no centro do prato, o esparguete à volta e polvilham-se as almôndegas com salsa e algumas gotas de limão. - A salada de tomate também fica muito bem a acompanhar

Arroz de cabidela - Cortar um frango em bocados e tempera-lo com sal, alho e vinho branco (de preferência com alguma antecedência) - cortar um pouco de bacon aos quadradinhos - fazer o refogado e quando a cebola ficar lourinha deitar um pouco de agua e depois o bacon, o frango e o tempero que tenha restado. - não se cobre o frango com água, deve ficar meio/meio - acrescenta-se uma pitada de piripiri e de pimenta - quando o frango já estiver quase pronto acrescenta-se o arroz e água a ferver em quantidade suficiente para que o arroz fique a “fugir do prato” - rectificam-se os temperos - quando o arroz estiver pronto, junta-se o sangue, mexe-se e desliga-se logo o lume.
6

Carne ladrilhada

- rolo de vitela qb - temperar a carne com 1 dia de antecedência com: - vinho branco - salsa picada - orégãos - piripiri - alhos - sal - louro - um pouco de mostarda (savora) ………………………… - cenouras - uma chouriça de carne ................................... - cortar as cenoura e a chouriça em tiras - fazer buracos na carne e colocar alternadamente as cenouras e a chouriça - entretanto por um tacho ao lume com azeite ( como se fosse para estrugido) e deixar aquecer bem. - quando estiver bem quente, colocar o rolo da carne e ir rodando até este ficar lourinho. - quando ficar lourinho acrescenta-se cebola cortada aos bocadinhos e toda a marinada que tinha sido usada para temperar a carne e deixa-se a cozinhar sem tapar o tacho. - pode-se ir juntando agua de vez em quando se necessário ( não precisa ter + de 4 cm de molho - quando estiver a ficar pronto pode-se cortar a carne em porções mais pequenas para apurar melhor e tapar o tacho.

Massa à bolonhesa - carne de vaca e um salpicão ou chouriças de vinho (tudo picadinho) - fazer um refogado com cebola e alho picados e azeite - quando ficar lourinho acrescenta-se um pouco de água e os tomates sem pele - juntar oregãos - salsa picadinha - sal - colocar a carne e deitar algum vinho branco (não se deve tapar logo o tacho senão a carne ganha muita água) - vai-se mexendo - pode-se por ketchup na carne para dar uma cor mais bonita. Acompanha-se com esparguete (põe-se a carne no meio do prato e a massa à volta)

7

Carne de vaca assada - temperar a carne na véspera com: - alhos - sal - vinho branco - orégãos - loureiro - piripiri - colorau - colocar numa assadeira: - cebola - salsa - azeite - dispor a carne por cima e regar com a marinada - por pedacinhos de vaqueiro por cima dos bocadinhos de carne - quando a carne estiver lourinha, tira-se a assadeira do forno e vira-se a carne - quase no fim corta-se a carne em tranches mais pequenas e mergulham-se mais uns minutos mais no molho.

Vitela à primavera ou à jardineira (estufada) - Vitela mendinha ou da aba - Cortar a carne em bocadinhos e tempera-la com: - vinho branco - sal - alhos - pimenta - louro - orégãos - fazer um refogado com azeite, cebola e alho picadinhos - quando estiver lourinho deitar um pouco de água para a cebola abrir - entretanto deitar a carne no tacho e a marinada (não tapar o tacho no início senão a carne não absorve tão bem o gosto e ganha muita água) - acrescentar um raminho de salsa - entretanto cortar feijão verde, cenoura, pimento vermelho, ervilhas, couve flor e cogumelos - juntar primeiro a cenoura e passados alguns minutos acrescenta-se tudo o resto.

8

Bola de carne 1 kg de farinha sem fermento 7 ovos ¼ litro de azeite 100 gr de manteiga 100 gr de fermento de padeiro ¼ de litro de leite 1 pouco de sal - Derrete-se a manteiga no leite morno e junta-se o fermento (atenção que o leite não deve estar muito quente senão tira o efeito ao fermento) - Deita-se a farinha num recipiente e faz-se uma covinha no meio e juntam-se todos os ingredientes - amassa-se tudo muito bem e deixa-se levedar durante 2 horas. - passado o tempo, com a ajuda de farinha para não pegar, divide-se a massa em três porções e põe-se uma parte num tabuleiro untado com manteiga e polvilhado com farinha e estica-se - colocam-se de seguida as carnes: chouriço, bacon etc - coloca-se a outra porção de massa e estica-se, colocam-se mais carnes e por fim coloca-se a última porção de massa e barra-se com ovo - vai ao forno 30 minutos (esta é também a massa utilizada para fazer pizas)

Coelho à vilão Temperar de véspera com: - sal - alho - vinho tinto - piripiri etc… - Por um tacho ao lume com azeite e um pouco de vaqueiro - deita-se o coelho +/- espremido da marinada e deixa-se alourar - quando estiver lourinho deita-se uma camada de cebola cortada às rodelas e mexese, deixa-se apurar e quando a cebola tiver cozida deita-se outra camada, quando a segunda camada cozer o coelho está pronto - deita-se agora parte da marinada e deixa-se a cozinhar uns 5 m.

9

Carne à alentejana - carne da pá ou para rojões - corta-se a carne em pedacinhos e tempera-se de um dia pró outro com: - sal - alho - louro - piripiri - massa de pimentão (pimento vermelho ralado) - cravinho - orégãos - um raminho de coentros - salsa - canela - noz moscada - vinho branco - fazer um refogado com cebola e azeite e deita-se a carne - deixa-se alourar e depois deita-se a marinada no tacho - pode-se acrescentar água se for preciso - quando estiver cozido deitam-se as amêijoas ( podem ser congeladas – na hora deitam-se numa bacia com sal e agua e vai-se mexendo, renova-se a água 1 ou 2 vezes) - entretanto fritar batatas cortadas em quadradinhos e depois deita-las junto no molho da carne. Serve-se com arroz e salada

Ervilhas com presunto (ou tirinhas cortadas aos quandradinhos) e ovos escalfados - por um tacho ao lume com azeite e alho picado - quando o alho estiver louro junta-se a carne já temperada e salsa picada - deixa-se alourar a carne entretanto deitam-se as ervilhas, tapa-se e deixa-se acabar de cozer - quando estiver pronto tira-se o tacho do lume e deitam-se por cima 3 ou 4 ovos e - - leva-se o tacho ao forno uns 5 minutos para os ovos cozerem.

10

Frango Moderno Temperar o frango no mínimo com 2 horas de antecedência com: - Alho - Sal - Piripiri - Sumo de limão - Vinho branco - Louro - 1 ramo de salsa para o molho 1 iogurte natural 2 gemas 1 raminho de salsa - põe-se azeite e margarina num tacho e deita-se o bacon cortado aos bocadinhos, - quando estivar douradinho, deita-se cebola picada - deixa-se também alourar um pouco e deita-se o frango aos bocados - deixa-se alourar e de seguida deita-se a marinada - quando estiver cozido, deixa-se o molho no tacho e tira-se o frango para uma travessa. - tem-se já um iogurte natural misturado com 2 gemas e salsa muito picadinha, deita-se no molho, mexe-se e deixa-se ferver um pouco. - depois deita-se o molho por cima do frango e serve-se

Rolinhos de porco com chouriço - bifinhos de porco fininhos - temperar com: - sal - louro - limão - vinho branco - alhos - mostarda 1 a 2 horas de antecedência - corta-se o chouriço esquinado (na diagonal) às fatias e enrola-se o bife, espetando-se um palito para segurar - num tacho faz-se um refogado com azeite e cebola, quando a cebola estiver lourinha, acrescenta-se um pouco de água e deixa-se a cebola cozer um pouco - de seguida deitam-se os rolinhos, um ramo de salsa e o tempero. Pouco antes de estar estufado deitam-se os cogumelos
11

Bifes de cebolada (carne de bife ou picanha) - temperar a carne só com alhos e sal - deitar um pouquinho de azeite ou vaqueiro numa frigideira e deixar aquecer bem - passar os bifes na frigideira de um lado e de outro até alourar um pouco - entretanto coloca-se um tacho ao lume com um pouco de azeite e cebola cortada às rodelas - não precisamos deixar alourar a cebola, vamos colocando os bifes já louros em cima da cebola até a cobrir. - de seguida dispomos no tacho outra camada de cebola e também um raminho de salsa e voltamos a cobrir com os bifes até cobrir a camada de cebola e assim sucessivamente. - convém que a última camada seja cebola. Quando estiver tudo no tacho deita-se: - 1 folha de louro - vinho branco qb - piripiri - mostarda - + 1 pouco de azeite - tapa-se o tacho e deixa-se cozer - enquanto coze pode-se mexer e rectificar os temperos

Guisado à portuguesa (peru ou vitela) Se fizermos com peru pedir no talho para dar uns golpes fundos na carne Temperar de véspera com: - sal - alhos - louro - orégãos - noz moscada - limão - piripiri - num tacho coloca-se o azeite, deixa-se aquecer bem e depois deita-se a carne a alourar de um lado e de outro - deita-se depois cebola cortada à rodelas e a salsa as parte da marinada - vai-se acrescentando a marinada à medida que vai sendo preciso.

12

Rissóis de camarão e mistos - uma medida de água para uma medida de farinha consoante a quantidade de massa que se pretender - por um tacho ao lume com água, sal e um pouco de manteiga - quando a água estiver a ferver deita-se a massa já peneirada e mexe-se até à massa se despegar do fundo do tacho e, ao ser apertada com os dedos não agarrar, quando isso acontecer deita-se uma colher de sopa de óleo no fundo do tacho e continua-se a mexer a massa até ela absorver todo o óleo. - deita-se a massa numa mesa e amassa-se. (se o recheio ainda não estiver pronto embrulha-se a massa num pano para não secar) Molho bechamel - coloca-se 50 gr de manteiga num tacho a derreter - junta-se 2 colheres de sopa de farinha - mexe-se algum tempo, e depois vai-se acrescentando leite aos poucos para a mistura engrossar um pouco. - entretanto junta-se: - miolo de camarão e delicias do mar cortadas aos bocadinhos - piripiri - noz moscada - sumo de limão - 2 gemas - mexe-se sempre durante algum tempo e se o molho estiver muito liquido pode-se acrescentar alguma farinha - de seguida pega-se na massa e vai-se esticando com o rolo da massa até ficar fininha, depois é só colocar um montinho de molho, dobrar a massa e com o utensílios de rissóis cortar. Para fazer rissóis mistos não se faz o molho bechamel, é só fazer a massa, colocar queijo e fiambre, (ou também salsicha com um pouco de mostarda), enrolar na massa e cortar com a ajuda de uma faca. Depois passam-se os rissóis por ovo, não se mergulham no ovo, passa-se as mãos no ovo e passam-se no rissol, só de modo a ele agarrar o pão ralado, porque se levar muito ovo agarra demasiado pão ralado e ao fritar fica mal. Dicas: - pode-se fazer este molho e acrescentar, em vez das delicias e do camarão, bacalhau demolhado desfiado ou ovos cozidos ralados. - pode-se usar uma garrafa e um copo no caso de não se ter rolo e utensílios para cortar rissóis.

13

Lombo de porco com ananás - temperar o lombo, no mínimo com 2h de antecedência: - sal - louro - alho - piripiri - noz moscada - orégãos - vinho branco - faz-se um bom refogado com azeite e cebola, deixa-se alourar, deita-se um pouquinho de água e tapa-se para a cebola abrir. - de seguida coloca-se a carne cortada aos bocados e deixa-se cozer (não precisamos acrescentar mais água) - entretanto colocam-se rodelas de ananás a fritar em margarina e usam-se para enfeitar a carne na travessa. Pode-se acompanhar com arroz e brócolos à Inglesa (cozidos em água e sal)

Fêveras com presunto e queijo - temperar as fêveras com o tempero normal e depois colocar no meio uma fatia de presunto e outra de queijo, dobra-se ao meio ( não se enrola) e prende-se com palitos - depois passam-se por ovo e pão ralado e vai a fritar em azeite já quente.

Costeletas de escabeche - temperar as costeletas com algumas horas de antecedência - entretando num tacho fazer uma cebolada com: - azeite - alhos - louro - salsa - bastante cebola cortada às rodelas - um pouco de vinagre - um pouco de pimenta - fritam-se as costeletas e depois deita-se o molho por cima.

14

Rojões com castanhas - temperar a carne, já cortada aos bocadinhos com: - vinho branco - alhos - salsa - pimenta - sal - louro - coloca-se a carne num tacho e a marinada e deixa-se cozer até o vinho desaparecer todo - de seguida deita-se a banha e deixa-se alourar. - num outro tacho colocam-se 2 dentes de alho esmagados, agua, sal e 1 folha de louro (não esquecer de tirar o veio do meio) e colocam-se as batatas cortadas aos bocadinhos. - depois de lhes dar uma breve cozedura, escorrem-se e fritam-se em bastante banha ou óleo, juntamente com as castanhas - quando estiverem fritas juntam-se aos rojões e abana-se o tacho para se misturar tudo sem esmagar as batatas. Arroz à Valenciana Para 4 Pessoas: - 250 gr. de carne de vaca, - 250 gr. de febra de porco, - 250 gr. de toucinho, - 1 frango, - 250 gr. de amêijoa, - 1 ou 2 chouriços de carne, - 250 gr. de camarões, - 1 Pescada, - 3 cenouras, - 0,5 kg. de ervilhas, - 250 gr. de feijão verde, - 1 pimento verde e outro vermelho. - Faz-se um refogado com cebola, alho e louro - tem-se a carne de vaca cortada em cubos pequenos - põe-se no refogado já louro e deixa-se refogar um pouco - deita-se um pouco de vinho branco e tapa-se. - Depois juntam-se as ervilhas e deixam-se refogar também um pouco. A meio da cozedura junta-se o frango já partido, assim como a carne de porco. - quando estiver a meio da cozedura junta-se a cenoura cortada aos bocadinhos pequenos do tamanho das ervilhas e coze 10 minutos. - junta-se o feijão verde cortado igual às cenouras e aberto ao meio. Antes de meter o arroz corta-se os pimentos às tiras e junta-se no mesmo tacho - Coloca-se o arroz e a meio da cozedura junta-se o berbigão, as amêijoas, os camarões e a pescada cortada aos cubos sem pele nem espinhas - se não se gostar do marisco no arroz, tem-se à parte arranjados e depois enfeitam-se as travessas com algumas conchas e tomate aos gomos.
15

Bifes de porco à mourisca - bifes de porco q.b. - partem-se os bifes e temperam-se com sal, pimenta, alho, louro e vinho branco. - fritam-se em banha e tiram-se para fora. - côa-se o molho e junta-se vinho, um pouco de margarina e um raminho de salsa deixase ferver um pouco e depois junta-se uma colher de farinha maizena, sumo de limão e uma gema de ovo - feito este molho deita-se por cima dos bifes. Serve-se com batata frita, legumes etc.

Bifinhos de Peru com cogumelos e natas - bifes q.b., alho, sal, vinho e piri-piri. - temperam-se os bifes, cortam-se em pequenos bocados e fritam-se ligeiramente numa frigideira. - ao lado num tacho faz-se um refogado com cebola, azeite e tomate. Deixa-se apurar bem e deitam-se os bifes que já devem estar fritos. - deixam-se cozinhar um pouco e deitam-se as natas. Quando levantar fervura e desligase.

Cabrito assado a minha moda - cabrito qb - 2 colheres sopa de margarina - 1 colher de banha - 6 dentes de alho - 6 ramos de tomilho - 2 ramos de rosmaninho - 10 folhas de salvia verde - sumo de 2 limões - 12 grãos de pimenta - 1 dl de óleo - sal grosso q.b.. - unta-se o cabrito com o sal e coloca-se numa assadeira onde deitou o óleo. Esfrega-se bem por dentro e por fora com os dentes de alho esmagados e as ervas aromáticas distribuindo-as pelo interior. Rega-se com o sumo de limão e as gorduras, salpica-se com a pimenta e vai a assar em forno médio, de vez em quando volta-se para tostar igualmente. Acompanha com batatas pequenas assadas, salada de agrião e guarnecido com rodelas de limão.

16

Coelho á Caçador - coelho qb - corta-se em pedaços e tempera-se com sal, piripiri, louro, orégãos, alho e vinho branco ficando assim algumas horas. - coloca-se um tacho ao lume com cebola picada, cenoura aos palitos, um ramo de salsa, uma colher de banha, um pouco de azeite e tiras de bacon - deixa-se refogar um pouco, deita-se o coelho e deixa-se apurar, de seguida deita-se a marina. - fica a ferver em lume brando, mexendo-se de vez em quando para não se pegar. Frango à Beira-Baixa Frango q.b., sal, pimenta, alho, chouriço, salsa, cebola, vinho branco, maionese savora. - parte-se o frango em pedaços, não muito grandes, deita-se numa taça e tempera-se com todos os ingredientes, passa-se o chouriço pela máquina e deita-se também no frango, envolve-se tudo muito bem procurando que o frango fique com bastante chouriço, deixase ficar assim mais ou menos duas horas - depois disto deita-se um pouco de azeite num tabuleiro de ir ao forno e uns bocadinhos de margarina, coloca-se o frango e vai ao forno, vai-se mexendo de vez em quando até cozer. Acompanha com batatinhas louras, arroz, esparguete, puré etc. Frango com berbigão Frango qb, sal, manteiga, cebola, alho, 1 lata de berbigão, maionese savora e mostarda. - põe-se o tacho ao lume com um pouco de manteiga junta-se o frango para alourar, picase o alho e a cebola e deita-se por cima do frango assim como a savora e a mostarda. - deixa-se cozer um pouco e mistura-se o berbigão - se verificar que tem pouco molho junta-se um pouco de vinho. Coze em lume brando. Serve-se a gosto pessoal. Frango cor-de-rosa Frango q.b., 2 cebolas, 3 ou 4 dentes de alho, 1 ramo de salsa, especiarias, 150gr de toucinho magro, 1/5 l de leite, 3 colheres de polpa de tomate, 40g de margarina, 1 cálice de vinho do porto, 1dcl de vinho branco, 1 colher bem cheia de savora. Preparação: - parte-se o frango em pedaços grandes. Tempera-se com sal, piripiri, vinho branco, o vinho do porto o alho e a mostarda. Deve ficar assim algumas horas ou se possível de um dia para o outro - num tacho deitam-se as cebolas picadas com as colheres de azeite e o toucinho cortado aos bocados e deixa-se alourar. Em seguida deita-se um pouco de óleo num tacho de fritar e frita-se o frango e vai-se deitando para o tacho, deita-se também a margarina e o molho de marinar o frango. Deixa-se ferver durante 20 m. Por fim deita-se o leite e a polpa do tomate desfeita no leite e a salsa picada. Acompanhamento a gosto.

17

Frango de coentrada - 1 Frango grande, 1 cebola média, 1 malagueta (para quem gostar) sal q.b., 1 colher de sopa de margarina, 1,5 dl de água (ou vinho branco), 4 dentes de alho picadinhos, 1 colher de salsa picada mais um raminho de coentros. Preparação: depois do frango lavado e limpo, corta-se em bocados, temperam-se com sal e sumo de limão a gosto - num tacho coloca-se o frango, a cebola às rodelas fininhas, 2 dentes de alho, um raminho de coentros, a malagueta, a margarina e a água ou vinho, tapa-se o tacho e levase ao lume moderado, deixando-se cozinhar sacudindo o tacho uma vez por outra, até ficar dourado e cozido, se o molho ficar muito reduzido deita-se um pouco de água depois retiram-se os pedaços de frango para o prato - passa-se o molho onde o frango cozeu com a varinha mágica, junta-se-lhe os coentros picados e os restantes 2 dentes de alho, muito picadinhos e rectifica-se o tempero, leva-se o frango para a travessa de serviço e rega-se com o molho por cima do frango, serve-se o frango bem quente acompanhado de batatas fritas ou estufadas.

Perninhas de frango - pernas de frango q.b. temperadas com sal, limão, alho, 1 ou 2 ovos, 3 ou 4 colheres de sopa de leite, 4 colheres de sopa de farinha, 100g de pão ralado, óleo para fritar salsa e limão. Preparação: - lavam-se as pernas do frango, enxugam-se e temperam-se. - batem-se os ovos o leite. Passam-se as perninhas por farinha, depois pelo ovo com o leite e por fim pelo pão ralado. - fritam-se em óleo bem quente. Acompanhamento: - cozem-se batatas aos quadradinhos com água e sal, faz-se um refogado com cebola picada, e 1 ou 2 dentes de alho e cenoura raspada. Deixa-se refogar um pouco e juntamse as batatas.

Língua panada - depois da língua bem lavada e raspada põe-se a cozer já temperada com sal, piripiri, louro, 2 grãos de pimenta etc. e deixa-se cozer. - depois de cozida deixa-se arrefecer e corta-se ás fatias. - rega-se tudo com sumo de limão. Passa-se por ovo e pão ralado e frita-se em óleo bem quente. - serve-se com esparregado de nabiças, e arroz branco.

18

Tortilha a Espanhola

- 6 ovos, chouriço q.b., batatas q.b., fiambre q.b. Preparação: - descascam-se as batatas, partem-se ás rodelas e fritam-se. Faz-se o mesmo com o chouriço. Batem-se os ovos e temperam-se com sal e pimenta, põe-se no tacho de fritar uma camada de chouriço, uma de batatas, uma de fiambre, uma de ovo e deixa-se fritar em lume brando, depois vira-se para cozer do outro lado quando estiver pronto volta-se num prato e enfeita-se a gosto. Acompanha com feijão verde, alface, tomate, esparregado arroz branco, etc.

Spaghetti Bolognese

- 1 kg. de carne picada (mista) porco e vaca, - cebola q.b. - 3 alhos, - 1 folha de louro, - tomate pelado q.b., - 1 lata de cogumelos laminados, - um pouco de molho inglês, - salsa, sal e pimenta, - leva-se ao lume um tacho com azeite, deixa-se aquecer bem e junta-se o alho e a cebola picadas. Deixa-se refogar, acrescenta-se as ervas aromáticas, o louro, o tomate picado e deixa-se apurar bem. - junta-se a carne, o molho inglês e um pouco de água. Tempera-se com o sal e pimenta a gosto. Tapa-se e deixa-se estufar, em lume brando, durante 25 a 30 minutos. - à parte coza a esparguete em água, temperada com sal e um fio de óleo. - escorra e sirva com a carne por cima. Nota: Quando a carne estiver meia cozida deita-se os cogumelos

19

Pudim de Arroz (Arco-íris) - fazer um arroz branco de preferência frito. Cozem-se cenouras aos quadradinhos, feijão verde ou ervilhas, mexem-se uns ovos, e colocam-se num prato um pouco de atum, de delícias do mar, etc... - numa forma de cone passada por água fria, coloca-se um pouco de arroz e calcase bem, em seguida deita-se um pouco de ervilha e faz-se a mesma coisa. - depois o ovo, a cenoura e o atum, e assim sucessivamente. Intercalar sempre uma camada de arroz, para dar o efeito do arco-íris. - prensar tudo muito bem e virar sobre um prato, retirar a forma com jeito para não escangalhar. Se for no Verão - fazer uma maionese e encher o buraco da forma. Se for no Inverno - fazer um molho de tomate. Dispensa qualquer acompanhamento.

Entrecosto à minha moda - 400 gr de entrecosto - 250 gr de carne de porco da perna - 2 c. de sopa de massa de pimentão - 4 dentes de alho - 1 dl de vinho branco - 2 c. de sopa de manteiga - 2 c. de sopa de banha - 1 folha de louro - sal, pimenta - 1 limão - corte o entrecosto e a carne em bocados e barre tudo com a massa de pimentão e os alhos esmagados - rege com o vinho branco e deixe ficar assim de um dia pró outro ou durante algumas horas. - aqueça as duas gorduras num tacho e meta o entrecosto e a carne. - deixe alourar, regue com vinho da marinada, tape e deixe cozer em lume brando. - quando estiver quase pronto, destapa-se para o molho reduzir. - rectificam-se os temperos, junta-se um pouco de pimenta e um fio de sumo de limão. - Acompanha-se com batatas fritas

20

Entrecosto guisado com ervilhas - 2 kg de entrecosto - 1 folha de louro - 6 dl de vinho branco - 3 cebolas médias - 2 dentes de alho grandes - 1 dl de azeite - 2 c. de sopa de concentrado de tomate - 500 gr de cenouras - 1 kg de batatas - 750 gr de ervilhas - sal e pimenta qb - corta-se o entrecosto em pedaços e tempera-se com sal, pimenta, louro e vinho branco. - deixa-se nesta marinada durante 20 minutos - picam-se as cebolas e os alhos para um tacho, deita-se o azeite e leva-se ao lume a refogar, quando estiver a começas a alourar deita-se a carne, mexendo muito bem e deixa-se corar um pouco. - de seguida rega-se a carne com a marinada e deita-se o concentrado de tomate, junta-se água até cobrir a superfície da carne, mexe-se tudo bem e tapa-se, deixandose cozinhar em lume médio durante 15 minutos. - entretanto cortam-se as cenouras e as batatas em cubos e junta-se tudo à carne. - quando estiver quase cozido juntam-se as ervilhas.

21

22

Peixe de Fricassé - Por as postas de peixe (maruca, bacalhau fresco, pescada ou abrotea), a temperar com pelo menos 2h de antecedência em sal, alhos, bastante limão e piripiri/pimenta. - Por a alourar cebola e alho em azeite, quando ficarem lourinhos deitar um pouco de água e deixa-se cozer mais um pouco para que no fim não se vejam os pedaços da cebola nem dos alhos, deita-se também salsa, uma folha de louro, piripiri moído, orégãos e mistura de ervas aromáticas (usadas para saladas). - Entretanto passa-se o peixe por farinha triga e colocam-se no refogado. A água não deve cobrir o peixe. Deve-se refogar em lume bem brando. Não se deve virar o peixe, de vez em quando pega-se no tacho e “abana-se” ligeiramente para que o molho passe por cima do peixe. Se a água sumir muito pode-se ir acrescentando agua. Quando estiver quase pronto corrige-se de sal. Pode-se acompanhar com arroz ou puré e brócolos. Bacalhau à Gomes de Sá - Cozer batatas cortadas aos quadradinhos, bacalhau e 2 ou 3 ovos em água e sal, (os ovos não devem cozer mais de 10 m senão oxidam por dentro e fazem mal à saúde) - Cortar cebolas em meias luas, picar alhos e por a refogar em azeite (em nenhum momento se deve deitar água) - Quando o refogado estiver lourinho deitar 1 folha de louro, um pouco de pimenta, um pouco de colorau, um pouco de noz-moscada. - Entretanto tira-se o bacalhau, mergulha-se em água fria para arrefecer e desfia-se, tirando as espinhas e as peles. - Junta-se o bacalhau no refogado e mexe-se com uma colher de pau, junta-se salsa picada, os ovos raspados e azeitonas. Mexe-se tudo e depois deitam-se as batatas já escorridas envolvendo tudo com cuidado Pode-se acompanhar com salada de alface. Bacalhau à Brás - desfiar bacalhau, tirar-se as espinhas e demolha-lo até ele perder o excesso de sal. - fazer um bom refogado com azeite, cebola e alho - chupar bem o bacalhau e junta-lo ao refogado quando este estiver lourinho, mexendo durante algum tempo - depois acrescenta-se: - pimenta a gosto - salsa picadinha - batatas fritas ou batata palha - vai-se mexendo - entretanto batem-se quatro ovos e deitam-se também no bacalhau mexendo sempre (acompanha-se com salada)
23

Bacalhau à Narcisa

- Postas de bacalhau demolhado e enxuto - fritar batatas às rodelas em azeite - por o bacalhau a fritar em azeite (sempre do lado que tem pele primeiro ) - no fim de fritar o bacalhau deitar na frigideira: - cebola às rodelas - alhos picados - 1 folha de louro - pimenta - colorau - pimento - sal - um raminho de salsa No fim coloca-se as batatas na travessa e o bacalhau ao lado coberto com o molho. (Também dá para bacalhau à Zé do Pipo, mas neste caso acrescenta-se maionese por cima) (Para o fígado frito utiliza-se o mesmo molho, mas neste caso substitui-se o colorau por vinagre)

Bacalhau assado - deitar azeite num tacho e alho picadinho e deixar alourar um pouquinho o alho - entretanto chupar o bacalhau já demolhado com um pano - passá-lo por pão ralado e dispô-lo (com a pele para baixo) numa assadeira já com um pouco de azeite no fundo - quando o alho estiver lourinho rega-se o bacalhau , pode-se também esfarelar broa por cima e vai ao forno - pode-se acompanhar com puré, batata cozida, batatas a murro, arroz etc…

24

Lulas à bordalesa Preparar as lulas – tirar os olhos e a “fita” - num tacho colocar cebola às rodelas, parte das lulas, alho picado, louro, pirirpiri, salsa e pedacinhos de bacon - depois novamente cebola e lulas com tudo o resto. - a última camada deve ser cebola, deita-se um pouco de mostarda e de margarina. - não se acrescenta água nenhuma neste cozinhado, porque ao cozinhar ganha muita água - quando ganhar calda, acrescenta-se o sal - só se tapa o tacho quando a cebola estiver praticamente desfeita

Arroz de polvo - num tacho colocar azeite, cebola e alho picado, deixa-se alourar e coloca-se o polvo já cortado aos pedacinhos - deita-se por cima sal, piripiri, louro e salsa. - coloca-se o testo e deixa-se cozinhar - não se acrescenta nenhuma água - quantas menos vezes se tirar o testo melhor - quando estiver quase cozido acrescenta-se água (pode ser fria), e sal, tapa-se e deixa-se cozer.

Bacalhau à imperial (podem ser postas finas) - Deitar o bacalhau num tacho e dar uma fervura - de seguida passa-se o bacalhau por farinha e coloca-se num tabuleiro - batem-se claras em castelo - passam-se as postas pelas claras e põem-se a fritar em azeite já quente (ter cuidado a virar as postas) - para o molho (tipo maionese) - 2 gemas - acrescentar azeite (aproveitar o da fritura, mas não muito quente para não cozer as gemas. - o azeite acrescenta-se aos pouquinhos sempre a mexer as gemas - vai-se também acrescentando sal, pimenta e sumo de limão.

25

Bolinhos de bacalhau - 1 kg de batatas - 1 kg de bacalhau - 5 ovos inteiros - 1 pitada de pimenta - salsa qb - cebola picada muito fininha (opcional) - cozer as batatas com um pouco de sal - cozer o bacalhau, depois de demolhado - passar as batatas num passe-vite - desfazer o bacalhau com a ajuda de uma pano até ficar totalmente desfiado, tirar todas as espinhas - juntar os ovos e restantes ingredientes e fazer bolinhas Medalhões de pescada com molho de camarão - temperar o medalhões com (pode ser na hora) - sal - alho - limão - pimenta - louro - colocar os medalhões num tacho para lhes dar uma ligeira cozedura (deitar a marinada) - entretanto colocar leite num tacho com: - sal - piripiri - 1 colher de sopa de manteiga - miolo de camarão - entretanto desfaz-se um pouco de farinha (duas colheres de sopa) no leite (leio litro) e junta-se para engrossar o molho e depois juntam-se: - delicias do mar cortadas aos quadradinhos muito pequeninos e um pouco de ketchup - pode-se juntar umas gotas de limão - coloca-se entretanto o peixe num pirex, deita-se o molho e vai ao forno. - se se servir com puré este pode também ir ao forno no pirex

26

Pescada Real - por a pescada a cozer num tacho com um pouco de água, sal, limão, alhos e louro - deixa-se cozer um pouco e entretanto faz-se maionese - coloca-se uma camada de maionese no fundo de um pirex ou tabuleiro, coloca-se lá o peixe já escorrido e volta-se a barrar com maionese por cima do peixe. - vai ao forno

Pescada Bom Paladar - dão-se uns golpes numa pescada (se for para cozinhar inteira) e tempera-se com: - vinho branco - limão - sal - alho - pimenta (não se coloca nenhuma água) - põe-se a derreter manteiga e unta-se a pescada totalmente com a manteiga e uma gema de ovo - passa-se de seguida por pão ralado. - pega-se num tabuleiro e coloca-se cebola às rodelas no fundo, rega-se com azeite e uns raminhos de salsa. - coloca-se a pescada no tabuleiro por cima da cebola/azeite/salsa e rega-se com a marinada. - vai ao forno - de vez em quando pega-se no tabuleiro, abana-se e rega-se a pescada com o próprio molho. Dica: no caso de peixe assado, não se vira.

27

Cozer camarão cru - coloca-se o camarão num tacho com água, sal, piripiri, salsa e cebola - deixa-se cozer no máximo 8 a 10 minutos. - retira-se do tacho e escorre-se, de seguida rega-se com cerveja e volta-se a escorrer. - está pronto a servir Arroz de marisco - fazer um refogado com cebola, alho, azeite e louro. * quando estiver lourinho deitam-se tomates cortados aos bocados e salsa. * quando o tomate estiver cozido, retira-se o raminho de salsa e rela-se tudo com a barinha. - pode-se anular as linhas acima referidas - substituindo-se o tomate por meia embalagem de “crème de marisco” diluído num pouco de água. - acrescenta-se o arroz, deixa-se cozer um pouco e de seguida acrescentam-se os seguintes ingredientes: - lombinhos do mar cortados ao bocadinhos - princesas do mar cortadas aos bocadinhos - delicias do mar cortadas aos bocadinhos - miolo do camarão - amêijoas - berbigão - etc - se em vez dos ingredientes acima referidos acrescentar-mos postas de tamboril é “arroz de tamboril”

Bacalhau com puré e maionese - passar postas de bacalhau já demolhado por farinha e dar-lhe uma fritura - coloca-lo de seguida num tabuleiro - entretanto colocar num tacho azeite, cebola cortada às rodelas, colorau, salsa, louro, alhos cortados aos bocadinhos e pimento cortado às rodelas. - fazer um pouco de maionese e puré de batata - no tabuleiro onde já se encontra o bacalhau, colocar o puré, regar tudo com o molho que se fez e espalhar a maionese só por cima do bacalhau. Vai ao forno para alourar

28

Bacalhau à Santa Luzia - Bacalhau e batatas q.b., - 2 cebolas, - 2 tomates, - 2 dentes de alho, - 1 folha de louro, - 1raminho de salsa, - Berbigão, - Azeite e óleo, q.b. - maionese - Deita-se azeite e óleo numa frigideira e vai ao lume. Quando estiver bem quente coloca-se o bacalhau a fritar, que já deve estar bem demolhado, sem espinhas e passado por farinha de trigo. (Fritar em lume brando para não ficar duro). - Seguidamente deita-se a cebola cortada às rodelas, a salsa, o louro e o alho. - Depois da cebola estalar deita-se o tomate pelado e às rodelas. Abafa-se e deixase cozer um pouco. - Entretanto fritam-se batatas aos quadradinhos e colocam-se num pirex, deixase o meio livre para colocar o bacalhau, - logo que este esteja no pronto, coloca-se no meio das batatinhas e por cima deita-se a cebolada, a maionese e o berbigão. Vai ao forno, que deve estar bem quente para alourar. Arroz de Polvo à Bracarense - Metade de um polvo grande, com pelo menos 2 kg - 1 dl de azeite, - 100 g de toucinho gordo, - 2 dentes de alho, - 2 cebolas picadas, - 1 folha de louro - 1 raminho de salsa, - Sal q.b., - 1 copo de vinho tinto verde 1 ou 2 chávenas (almoçadeira) de arroz. - Limpar o polvo e coze-lo como habitualmente. Picar o toucinho na máquina. Num tacho, levar ao lume o azeite, os alhos picados, as cebolas, o louro e a salsa, juntar o toucinho e ir mexendo; quando começar a alourar, adicionar o vinho e, pouco depois, a água onde cozeu o polvo. Juntar a água necessária para perfazer 3 chávenas, rectificar o sal, adicionar o arroz, as pernas do polvo inteiras e a cabeça cortada em pedacinhos. Quando ferver, tapa-se o tacho, reduz-se o lume para o mínimo e deixa-se cozer. Depois de pronto, serve-se com as pernas de polvo por cima e salsa picada.

29

Bacalhau à Braga - Bacalhau demolhado q.b., - Batatas q.b., - Cebolas q.b., - Alho q.b., - 1 folha de louro, - 1 ramo de salsa, - 1 colher de chá de colorau, - um pouco de sal, - um pouco de pimenta. - Preparar o bacalhau e fritar em azeite, até ficar lourinho. Tira-se para fora e fazse uma boa cebolada, deita-se o louro, a salsa, o colorau, o sal e a pimenta. - Depois de bem cozidinha, mas sem deixar queimar a cebola, deita-se por cima do bacalhau já frito e que deve estar num tacho, para se manter quente. - De seguida fritam-se as batatas às rodelas não muito finas e serve-se. - Para acompanhar uma salada.

Pescada com cogumelos e espinafres - 100 gr. de manteiga ou margarina, - 4 postas grandes de pescada fresca, - ½ colher de chá de sal, - 250 gr. de cogumelos às fatias, - 2 colheres de sopa de sumo de limão, - 300 gr. de espinafres. - Numa frigideira derrete-se a margarina, junta-se as postas de peixe e polvilham-se com sal. Fritam-se em lume brando durante 5 minutos, viram-se e deixam-se fritar mais 4-5 minutos. - Retira-se o peixe para um prato aquecido e deve manter-se quente. - Deita-se o sumo de limão e os cogumelos na frigideira e salteiam-se 5 minutos, até os cogumelos ficarem tenros. Com uma escumadeira retiram-se para uma tigela. - Arranjam-se os espinafres e lavam-se muito bem, escorrem-se e colocam-se num papel absorvente para secar melhor. - Salteiam-se os espinafres na mesma frigideira durante 2-3 minutos, mexendo de vez em quando. Juntam-se os cogumelos e deixa-se aquecer bem. - Com uma escumadeira, colocam-se os espinafres e os cogumelos em volta das postas do peixe e rega-se com a margarina que se encontra na frigideira. - Enfeita-se com gomos de limão.

30

Lulas estufadas - cortam-se as lulas às rodelas - põe-se ao lume o azeite com a cebola e os alhos (picadinhos) a refogar, deita-se o tomate e o louro. - juntam-se as lulas e deita-se um cubo de knorr - tempera-se com sal e pimenta a gosto, deixa-se estufar +/- 15 minutos em lume brando. Se o refogado ficar com pouco molho deita-se água quente com um pouco de knorr dissolvido.

Bacalhau abafado - Deita-se a cebola cortada às rodelas a cozer no azeite, de seguida deita-se um pouco de colorau, tomate, sal, pimenta, piripiri e alho muito picadinho. - corta-se também um pimento às tirinhas e entretanto junta-se o bacalhau. - deixa-se cozinhar e vai-se virando o bacalhau. - aparte fritam-se batatas às rodelas - no fim coloca-se o bacalhau e os molho e numa travessa com as batatas fritas aos lados.

31

Pescada de caldeirada - 1 pescada de 1,5 kg +/- 2 cebolas médias - 1 dente de alho - 1 c. de chã de colorau - 1 ramo de salsa - 1 folha de louro - 1 dl de azeite - 1 kg de batatas - 500 gr de tomate maduro - sumo de 1 limão - 0.5 dl de vinho branco - sal qb - agua qb - Depois da pescada estar limpa corta-se em postas e tempera-se com sal, rega-se com sumo de limão e deixa-se assim durante 2 horas. - para um tacho cortam-se as cebolas às rodelas finas, o alho picado, o colorau, a folha de louro, o azeite e leva-se ao lume brando a refogar. - quando a cebola começar a ficar lourinha, junta-se o tomate cortado aos quartos, depois de pelado e sem sementes, a salsa picada, o vinho e um pouco de água. - quando começar a ferver juntam-se as batatas cortadas às rodelas e tempera-se com sal fino qb. Tapa-se o tacho e deixa-se cozinhar em lume brando. - Quando as batatas estiverem quase cozidas metem-se as postas de peixe, abana-se o tacho, tapa-se e deixa-se acabar de cozinhar durante +/- 10 minutos. - quando estivem pronto deita-se numa travessa e polvilha-se com salsa e azeitonas a gosto.

32

33

Torta Simples - 5 ovos - o peso de 3 ovos de açúcar (cada ovo tem +/- 50 gr) - o peso de 2 ovos em farinha (a esta tira-se uma colher de sopa que se deve substituir por maizena) - 1 colher de chá de fermento Royal - recheio a gosto - Bate-se as gemas com o açúcar (pode ser na batedeira) - Batem-se as claras em castelo bem firme (juntam-se algumas gotas de limão para as claras subirem mais depressa) - juntam-se depois os ingredientes alternadamente (convém que a farinha seja peneirada) (Os ingredientes devem-se ser envolvidos uns nos outros e não batidos) - deita-se o preparado num tabuleiro (untado com bastante manteiga e polvilhado com farinha) - não deitar uma camada de preparado muito alta para depois ser mais fácil enrolar. - meter ao forno à temperatura máxima até aquecer o bolo e depois por no mínimo - entretanto pega-se num pano e polvilha-se com açúcar - quando o bolo estiver cozido, desenforma-se em cima do pano e barra-se com um recheio a gosto - cortam-se os cantos que estiverem mais duros para que o bolo enrole melhor e enrola-se o bolo com a ajuda do pano.

Pão-de-Ló - 16 ovos (8 inteiros e 8 gemas) - 390 gr de açúcar - 280 gr de farinha sem fermento (não leva nenhum fermento) - papel anti-aderente para forrar a forma própria para pão de ló (em barro) (ao forrar deve-se ter o cuidado de usar a parte de dentro do papel) - bater muitíssimo bem os ovos com o açúcar - depois de bem batidos ir juntando a farinha “em chuva” com a ajuda de um coador e ir mexendo para juntar - quando estiver pronto deita-se na forma ( +/- 30m em forno médio)

34

Delícia de ananás - 380 gr de açúcar - 200 gr de manteiga - 9 ovos - 400 gr de farinha - 2 colheres de chá de fermento Royal ou outro - 1 lata de ananás - cerejas cristalizadas - uvas passas pretas - bater o açúcar com a manteiga - entretanto separar as gemas das claras - juntar as gemas ao açúcar/manteiga - bater as claras em castelo - entretanto untar uma forma com bastante manteiga e polvilha-lá com açúcar - colocar as rodelas do ananás (podem-se cortar 1 rodela em 2) no fundo do tabuleiro e de lado - colocar de seguida as cerejas no meio das rodelas e deitar as passas nos outros espaços vazios, deita-se um pouco de sumo de ananás por cima de tudo - deitar no açúcar/manteiga/ovos 18 colheres de sumo de ananás - junta-se aos poucos a farinha já com o fermento - entretanto envolvem-se, aos poucos as claras no preparado - deita-se tudo no tabuleiro e vai ao forno no máximo e depois reduz-se a temperatura.

Bolo de Laranja - Pesa-se os ovos que se quiser - o mesmo peso de açúcar - o mesmo peso de farinha - duas colheres de sopa de sumo de laranja por cada ovo - fermento Royal (1 colher de chá por cada 5 ovos, mesmo que a farinha já tenha fermento) - bater as claras em castelo - bate-se o açúcar com os ovos e junta-se o sumo de laranja - junta-se aos poucos a farinha, de preferência peneirada aos ovos - envolvem-se por fins as claras em castelo no preparado e deita-se num tabuleiro untado com manteiga e farinha - mete-se ao forno +/- 20 m ( não bater a porta com força senão pode estragar o bolo) - ter entretanto um pano polvilhado com açúcar preparado para quando o bolo estiver pronto o desenformar.

35

Molotof - 9 claras - 12 colheres de sopa de açúcar (3 juntam-se nas claras e 9 são para queimar) - batem-se as claras em castelo (acrescentam-se 3 ou 4 gotas de limão às claras para elas “subirem” mais depressa e as três colheres de açúcar) - entretanto colocam-se as 9 colheres de açúcar num tacho com uma ou duas colheres de sopa de água e leva-se ao lume (não se deve mexer, vai-se “virando” o tacho se o açúcar começar a queimar mais de uns lados que de outros) - quando tiver a cor de caramelo deita-se um pouquinho de água e agita-se o tacho (ter cuidado com os salpicos) - acrescenta-se logo de seguida, aos poucos, o caramelo às claras batendo sempre sem parar para misturar bem. - unta-se uma forma com manteiga e deita-se o molotof - vai ao forno +/- 10 minutos (não deve estar lá mais tempo porque se cozer demasiado começa a baixar) - com um palito vê-se se está cozido e quando estiver desliga-se o forno e deixa-se o molotof dentro do forno ainda uns 5 minutos, para ele não arrefecer muito bruscamente, depois é só tira-lo e desenforma-lo.

Fios de ovos 12 gemas 1 clara - pega-se numa bacia e num coador e vão-se fazendo passar as gemas pelo coador, com a ajuda do rapa, as vezes suficientes até que os ovos passem tipo liquido.(+/- 6 vezes) - entretanto por ao lume 1 kg de açúcar e meio litro de água até estes ficarem em ponto de pérola - passar os ovos para o regador - de seguida pega-se no coador e passasse um pouco de agua por ele para o lavar do ovo, mas não se deita fora essa água. - com o açúcar em pérola e já com os ovos no regador, pega-se num punhadinho da água de lavar o coador e deita-se no tacho do açúcar, isto faz com que ele ganhe mais espuma e então regam-se os ovos em circulo sempre sem parar - deixam-se cozer uns instantes e depois tiram-se com a ajuda de uma escumadeira ou de um garfo, e colocam-se a escorrer em cima do coador. - deita-se novamente um pouco de agua no açúcar para ganhar espuma, volta-se a regar com os fios de ovos, deixam-se cozer um pouco e retiram-se como se explicou anteriormente até acabarem os ovos.

36

Delícia de laranja - 2 chávenas almoçadeiras (de tomar o pequeno almoço) de farinha - 2 mal cheias de açúcar - 1 mal cheia de sumo de laranja - 2 colheres de chá bem cheias de fermento - meia colher de chá de sal - 7 ovos - meia de óleo - juntar todos os ingredientes menos as claras que são batidas em castelo firme - quando estiver tudo preparado envolvem-se as claras na massa e deita-se tudo num tabuleiro untado com manteiga e farinha. - vai ao forno em lume brando - desenforma-se em quente

Cobertura de MERENGUE - 3 claras - sumo de meio limão - 3 colheres de sopa bem cheias de açúcar - Batem-se as claras com a totalidade do sumo de limão e depois deita-se o açúcar e continua-se a bater até ficar grossinho. - quando o bolo estiver cozido barra-se o bolo com o merengue, pode-se colocar também merengue dentro de um saco, fura-lo numa das extremidades e enfeitar o bolo como se faz com as mangas de pasteleiro. - depois de enfeitado vai de novo ao forno para dourar o merengue.

Natas do céu - um pacote de bolacha Maria ralado - 6 claras em castelo - 1 pacote de natas - 1 lata de leite condensado - bater as natas em chantilly (juntar 50 gr de açúcar) - bater as claras em castelo - juntar o leite condensado com as claras e depois o chantilly e envolve-se tudo. - deita-se uma camadinha (preferencialmente numa tigela de vidro), de creme e alternase com bolacha ralada

37

Bolo de noz

- 250 gr de açúcar - 6 ovos - 3 colheres de sopa de pão ralado - 1 colher de chã de fermento - 250 gr de noz ralada (este bolo não leva farinha) - separar as gemas das claras - bater o açúcar com as gemas ( só se devem começar a bater quando estiverem todas as gemas) - junta-se o fermento e o pão ralado às nozes - Depois vão-se deitando as claras nas gemas/açúcar e envolvem-se, deitando de seguida parte das nozes. (repete-se esta operação, até estar tudo misturado) - unta-se um tabuleiro com manteiga e farinha e leva-se ao forno - Deixa-se arrefecer o barra-se com chantilly (1 pacote de natas + 50 gr de açúcar batidos) e decora-se com nozes.

Bolinhas de chocolate e coco - 100 gr de chocolate ou cacau (se for amargo tem que se deitar açúcar) - 100 gr de coco - 1 colher de sopa bem cheia de manteiga - 2 colheres de sopa de café (diluído em agua a ferver) - deitar todos os ingredientes numa tigela e amassar muito bem - fazer bolinhas e coloca-las numa tigela com açúcar para elas ficarem polvilhadas - por fim colocar as bolinhas em forminhas de papel, dispô-las num tabuleiro e colocalas num tabuleiro

Ovos-moles - 250 ml de água - 250 gr. de açúcar - 12 gemas - por um tacho ao lume com o açúcar e a água - quando estiver em creme liquido (antes do ponto de pérola), tira-se do lume e deixa-se arrefecer um pouco - batem-se as gemas - entretanto deita-se aos pouquinhos o açúcar no recipiente que contem as gemas, (nunca ao contrário senão as gemas cozem), e vai-se mexendo sempre sem parar - quando estiver tudo junto leva-se a mistura de novo ao lume, mexendo sempre até elas ganharem a espessura desejada.
38

Pudim de ovos 12 gemas 1 clara 700 de leite 400 gr de açúcar 1 colher de chã de maizena 1 cálice de vinho do porto (não pode usar a batedeira) - mexem-se os ovos com o açúcar - vai-se acrescentando o leito aos poucos - desfaz-se a maizena no vinho do porto e junta-se tudo - põe-se 200 gr de açúcar a queimar e deitam-se na forma de pudim - deita-se a mistura e leva-se ao forno em banho Maria - coze durante 1 hora

Gelatina com morango e natas - fazer gelatina de morango na véspera - bater natas (juntar 50 gr de açúcar) - cortar morangos aos quadradinhos - “cortar” a gelatina e juntar os morangos e o chantily

Bolo de açúcar queimado - 3 chávenas almoçadeiras de açúcar - 3 chávenas de farinha - 6 ovos - 2 chávenas de óleo - 1 colher de chã de canela - 2 colheres de chã de fermento - 1 chávena de leite - 2 ou 3 colheres de sopa de açúcar queimado - bate-se tudo menos as claras que se juntam no fim batidas em castelo.

39

Leite-creme - 1 litro de leite - 4 ovos - 4 colheres de sopa de açúcar - 1 casca de limão - colheres de farinha qb (+/- conforme se pretenda mais fino ou mais grosso) - colheres de maizena qb (+/- conforme se pretenda mais fino ou mais grosso) - sal qb - Por o leite com uma casca de limão e um pouco de sal ao lume (não precisa ferver) - num recipiente junta-se o açúcar, a farinha e a maizena e vai-se dissolvendo com a ajuda do leite - entretanto separam-se as gemas das claras (no caso de ser creme fofo) - mexem-se as gemas e juntam-se ao açúcar etc - juntar tudo ao leite quando este ferver e ir mexendo sempre sem parar se não começa a encaroçar, se mesmo assim começar a encaroçar põe-se no mínimo ou tira-se do lume. (a receita acima é de leite creme normal)

Creme fofo Batem-se as claras em castelo e envolve-las aos poucos ao leite-creme mexendo depressa para não dar tempo delas cozerem Deita-se caramelo por cima ou canela nos dois casos

Lencinhos da avó - 5 ovos ( 5 gemas e três claras) - 75 gr de farinha - 100 gr de açúcar - raspa de um limão - 5 colheres de sopa de sumo de laranja - 1 colher de chã de fermento - açúcar para polvilhar o pano - Juntar todos os ingredientes menos as claras que são batidas em castelo - deitar num tabuleiro untado com manteiga e polvilhado com farinha e levar ao forno - quando estiver pronto estende-se um pano, polvilha-se com açúcar e vira-se lá o bolo - corta-se aos quadradinhos, recheia-se o meio e dobra-se como um lencinho Para rechear pode-se usar leite-creme, ovos-moles ou geleia

40

Torta de laranja (pode-se usar esta mistura para fazer tigeladas) - 5 ovos - 250 gr de açúcar - meia colher de sopa de farinha maizena - sumo de uma ou duas laranjas - batem-se os ovos inteiros com o açúcar - mistura-se a farinha já dissolvida com o vinho do porto - unta-se um tabuleiro com manteiga e coloca-se papel vegetal ou prata dentro, também untado com manteiga - deita-se a mistura e vai ao forno - pode-se também deitar em tigelinhas de barro, neste caso pré-aquecem-se no forno e depois distribui-se a mistura

Gelado de bolacha - 6 claras - 1 litro de natas - 1 lata de leite condensado - 1 pacote de bolacha Maria - 1 barra de chocolate culinário - groselha qb - batem-se as claras em castelo - batem-se as natas - juntam-se depois as claras com a natas e de seguida o leite condensado e envolve-se tudo - moem-se as bolachas - num pirex coloca-se uma camada de claras/leite condensado, depois uma camada de chocolate raspado e umas gotinhas de groselha, de seguida uma camada de bolacha ralada, vai-se repetindo a ordem e termina-se com bolacha

41

Bolo de Prata - 9 claras - 125 gr de manteiga - 200 gr de farinha - 250 gr de açúcar - 1 colher de chã de fermento - 150 gr de nozes (opcional) - bate-se o açúcar com a manteiga já derretida, vão-se juntando as claras alternadamente com a farinha já junta com o fermento - peneirada. Bolo de bolacha - uma embalagem de mousse de chocolate - uma embalagem de natas (não esquecer de juntar 50 gr de açúcar) - bolachas qb - café qb para molhar as bolachas - prepara todos os ingredientes e depois dispo-los num recipiente preferencialmente de vidro, quadrado ou rectangular com a seguir se indica: - 1 camada de mousse - 1 camada de bolachas - 1 camada de natas (repetir a ordem até acabarem os ingredientes. - por fim coloca-se no frigorifico no mínimo 2 horas antes de servir

Bolo de frutos secos (Pode-se juntar: nozes, passas, amêndoa laminada ou triturada, avelãs, pinhões etc…) - 300 gr de farinha - 300 gr de açúcar - 150 gr de manteiga - 2 colheres de chã de fermento - 6 ovos - 1 cálice de vinho do porto - frutos secos qb - junta-se o açúcar, a manteiga e mexe-se, de seguida deita-se o vinho e depois as gemas - junta-se aos poucos a farinha com o fermento (peneirada) - envolvem-se as claras já batidas em castelo - antes de juntar os frutos secos, estes passam-se por farinha, porque o facto de estarem “empoeirados” faz com que eles não afundem na massa. - envolve-se tudo e depois deita-se a massa num tabuleiro untado com manteiga e polvilhado com farinha.

42

Tarte de limão com amêndoas Para a massa: - 250 gr de farinha - 125 de margarina - 75 gr de açúcar - 1 ovo - 1 c. de chã de fermento Para o recheio: - 2 c. de sopa de farinha - 200 gr de açúcar - sumo e raspa de 1limão - 4 ovos inteiros Para guarnecer: - 60 gr de amêndoa laminada

- bate-se o açúcar com a manteiga e de seguida junta-se o ovo e bate-se - junta-se depois a farinha com o fermento e amassa-se muito bem. Recheio: - numa tigela mistura-se a farinha, o açúcar, os ovos inteiros, o sumo e a raspa do limão e bate-se muito bem - unta-se a forma (tarteira de fundo móvel) e forra-se com a massa - de seguida deita-se o recheio e espalha-se a amêndoa por cima - vai a cozer em lume forte 30 a 40 m

Chiquinhos 2.5 dl de água 450 gr de açúcar 100 gr de farinha 5 dl de leite 5 ovos e 3 gemas - num tacho juntar a água com o açúcar - vai ao lume a ferver 4 minutos - tira-se do lume e deixa-se arrefecer um pouco - desfaz-se a farinha muito bem com o leite - misturam-se os ovos já batidos e depois junta-se o açúcar/água (se já estiver frio deita-se o açúcar na gemas, mas se estiver quente junta-se o açúcar aos poucos à mistura - distribui-se a mistura em forminhas metálicas untadas com manteiga e vão ao forno, - quando estive cozido é só desenformar e colocar numa forminha de papel.
43

Sericaia - 225 gr de açúcar - 4 ovos - meio litro de leite - 1 colher de chã de maizena - raspa de um limão - deitar os ovos num recipiente e juntar o açúcar - diluir a farinha num pouco de leite e juntar à mistura - adicionar o restante leite e a raspa do limão (a mistura fica muito liquida, mas é normal) - deitar num pirex untado com manteiga (pode ser num tabuleiro, mas no pirex fica melhor)

Torta de roca mole - 150 gr de açúcar - 150 gr de farinha - 6 ovos - 1 c. de chã de fermento - batem-se as claras em castelo, juntam-se as gemas, que já devem estar batidas, o açúcar, a farinha e o fermento atenção: só se batem as claras, o resto dos ingredientes só se envolvem nas claras Para o recheio - 4 ovos - 125 gr de açúcar (não pode ser na batedeira) Colocam-se num tacho e vai ao lume brando – temos que mexer sempre para não formar grumos – deixamos engrossar como desejarmos.

44

Bolo de laranja 350 gr de açúcar 200 gr de farinha 150 gr de maizena 1,5 dl de sumo de laranja 1,5 dl de óleo 7 ovos 1 colher de fermento royal - misturam-se as farinhas com o açúcar – mexe-se - de seguida junta-se o sumo de laranja e o óleo - juntam-se as gemas e bate-se - batem-se as claras em castelo (não esquecer das gotas de limão) - envolver as claras na mistura e deitar num tabuleiro untado com manteiga e polvilhado com farinha.

Bolo de avelãs - 250 gr de avelãs - 1 c. de chã de fermento - 250 gr de açúcar louro - 1 chavena de pão ralado mal cheia - bate-se o açúcar com as gemas - entretanto juntam-se as avelãs, o pao ralado e o fermento - batem-se as claras em castelo e depois deitam-se as claras no açúcar/gemas e as avelãs/pão ralado/fermento – envolvendo alternadamente

Bolo de chocolate - 200 gr. de chocolate em barra - 200 gr. de manteiga - 200 gr. de açúcar - 200 gr. de farinha - 4 ovos

- Derrete-se o chocolate com a manteiga em banho-maria. - Numa tigela colocam-se os ovos inteiros e o açúcar e mexe-se bem. - Junta-se o chocolate e envolve-se - Incorpora-se lentamente a farinha peneirada. - Unta-se uma forma com manteiga e polvilhada com farinha - Leva-se ao forno já quente. - O interior do bolo é de ficar um pouco húmido. - pode-se decorar com chantilly ou merenge e por cima pedacinhos de chocolate
45

Torta de cenoura e nozes - 500 gr. de cenoura - 500 gr. de açúcar - 7 ovos - 2 colheres de sopa de manteiga - 2 colheres de sopa de farinha maizena - raspa de 1 limão - 100 gr. de nozes - coze-se a cenoura e passa-se pelo passe-vite - junta-se o açúcar à cenoura, a raspa do limão e a manteiga já derretida, a farinha e as gemas já batidas. - bate-se tudo muito bem e envolvem-se de seguida as claras em castelo bem firme e as nozes - vai a cozer num tabuleiro untado com manteiga e polvilhado com farinha

Pão-de-ló húmido - 12 gemas - 5 ovos inteiros - 125 gr de farinha - 250 gr de açúcar - batem-se muito bem os ovos numa batedeira com o açúcar - por fim deita-se a farinha peneirada e coloca-se a mistura num tabuleiro untado com manteiga e forrado com uma folha de papel vegetal ou, na falta deste – papel de alumínio.

Torta de coco - 125 gr de manteiga - 400 gr de açúcar - 7 ovos inteiros - 125 gr de coco - mistura a manteiga com o açúcar (pode ser na batedeira) - deitam-se os ovos inteiros - vai-se deitando o coco aos pouquinhos. - unta-se uma forma com manteiga, forra-se com papel vegetal e vai ao forno.

46

Pudim de maracujá - 1 pacote de natas - 1 lata de leite condensado - 1 pacote de gelatina de ananás (outro sabor não dá!) - miolo de maracujá a gosto - batem-se as natas - junta-se o maracujá com o leite condensado e mexe-se - entretanto prepara-se a gelatina como habitualmente - junta-se o maracujá/leite condensado às natas já batidas, mexe-se tudo e junta-se a gelatina já preparada - mete-se no frigorifico no mínimo 2 horas

Baba de camelo - 1 lata de leite condensado - 6 gemas - 4 dl de natas - bolacha Maria ralada para polvilhar (facultativo) - Numa panela de pressão, leva-se a lata de leite a cozer durante 15 minutos, e deixa-se arrefecer na panela. Depois de fria, abre-se a lata e mistura-se o leite ás gemas e bate-se tudo muito bem. Batem-se as natas a fazer chantilly, (sem açúcar) mas deitam-se umas gotas de limão, e juntam-se ao preparado do leite e gemas. Vaza-se o preparado para uma taça grande (ou pequenas tacinhas) e polvilham-se com bolacha ralada, e leva-se ao frigorífico e serve-se fresco.

Pudim real - 7,5 dl de natas - 200g de açúcar - 1 lata de leite condensado - 300g de palitos Ia reine - Coze-se a lata de leite condensado na panela de pressão (30m). Depois de frio deita-se numa tigela e bate-se bem. A parte batem-se as natas com o açúcar e umas gotas de limão. Unta-se uma taça com margarina, polvilha-se com açúcar, forra-se com os palitos Ia reine embebidos em café, sem açúcar, e deita-se o creme dentro. Vai a gelar e serve-se.

47

Bolo de bolacha - bolacha q.b. - café - ovos - manteiga - açúcar baunilhado - sumo de limão - Bate-se muito bem o açúcar a manteiga e o limão, junta-se um ovo e continua a bater-se até que fique em creme fofo. Barra-se o fundo do prato com creme e em camadas alternadas de bolachas passadas por café e creme, forma-se o bolo. Por fim cobre-se o bolo com o resto do creme e enfeita-se a gosto.

Bolo de maça - 4 ovos - 250 gr de açúcar - 250 gr de farinha - 125 g r de manteiga - 1 cálice de vinho do porto - 2 colheres de chá de fermento - maças q.b. - Bate-se o açúcar com a manteiga e vai-se juntando as gemas misturando a farinha alternando com as claras. O vinho do porto deve ser deitado antes das claras. Seguidamente deita-se o fermento, partem-se as maças aos gomos fininhos e descascam-se. Depois da massa estar preparada deita-se num tabuleiro e põe-se a maça por cima as carreiras. Coze em forno médio.

Bolo de mármore - 250g de açúcar - 250g de farinha - 125g de manteiga - 4ovos - 1 chávena de chá de leite - 1 colher de chá de fermento - 50g de chocolate - Batem-se muito bem a manteiga com o açúcar e as gemas são deitadas uma a uma. Depois de bem batido junta-se a farinha alternadamente com o leite e por fim as claras em castelo bem firme. Retiramos um pouco desta massa para uma tigela a qual juntamos o chocolate. Tem-se a forma untada e polvilhada, em seguida vai-se pondo a massa as camadinhas de massa amarela e de massa com chocolate. Coze em lume brando.

48

Bolo de Nozes - 3 chávenas de chá de açúcar, - 3 chávenas de chá de farinha, - 1 chávena de chá de nozes, - 1 chávena de chá de leite, - 9 ovos, - 1 colher de chá de fermento. Bater as gemas com o açúcar, muito bem batido até obter um creme fofo. Em seguida juntar a farinha alternadamente com o leite e o fermento. Juntar as nozes passadas grosseiramente, e por fim sem bater, envolver as claras em castelo.

Bolo de iogurte - 1 iogurte - 3 vezes a medida de farinha - 3 vezes a medida de açúcar - 1 vez a medida de óleo - 5 ovos - raspa de laranja - Batem-se as gemas com o açúcar, o óleo, o iogurte e a laranja. Mexe-se tudo muito bem depois vai-se deitando a farinha aos poucos alternadamente com as claras em castelo. Vai ao forno em forma untada com manteiga e polvilhada de farinha.

Recheio para bolo com sabor a laranja - 3 ovos inteiros - 200g de açúcar - sumo de 2 laranjas - Mexem-se os ovos com o açúcar, junta-se o sumo da laranja e vai ao lume até ferver. Cobre-se o bolo com este creme. Enfeita-se a gosto. Pode ser com gomos de laranja.

Bolo de amêndoa - 250g de açúcar escuro - 250g de amêndoa com pele - 6 ovos preparação - Passam-se as amêndoas. Batem-se as gemas com o açúcar, junta-se a amêndoa e as claras em castelo. Vai ao forno em forma untada em manteiga e polvilhada com farinha.

49

Bolo francês de chocolate - 300 gr de açúcar - 9 ovos - 125g de amêndoa ralada - 125g de pão ralado - 1 colher de chá de fermento - 75g de chocolate - Mexe-se o açúcar com as gemas, juntam-se as amêndoas, o pão ralado as claras em castelo e o chocolate. Cobertura: - Cobre-se o bolo com mousse de chocolate instantânea. Coloca-se uma camada de mousse no meio do bolo e depois forra-se todo com a mousse.

Bolo para o Chá - 7 ovos - 250g de açúcar - 200g de farinha - 1 colher de chá de fermento - sumo de 2 ou 3 laranjas - Batem-se as gemas com o açúcar muito bem batido junta-se o sumo das laranjas, seguido da farinha alternadamente com as claras, batidas em castelo. Vai ao forno em forma untada de manteiga e polvilhada com farinha.

Cocos em formas de papel - 300g de coco ralado - 260g de açúcar - 7 ovos inteiros - 1 colher de sopa de manteiga - Bate-se a manteiga com o açúcar, junta-se os ovos e mistura-se o coco ralado. Deita-se o preparado em formas de papel e vai a cozer em lume brando.

50

Creme pasteleiro - 250g de açúcar - 4 gemas - 1 colher de sopa de manteiga - uma casca do vidrado de um limão - uma pitada de sal - um cálice de vinho do porto - uma pitada de baunilha - Põe-se o açúcar ao lume com o limão a fazer ponto de pérola fraco. Desfaz-se a farinha com um pouco de água fria, juntam-se as gemas e faz-se a ligação mexendo sempre até engrossar pelo menos durante 5 minutos. Depois junta-se a manteiga o vinho do porto e a baunilha mexe-se muito bem fora do lume. Depois de pronto passa-se pelo passador de rede. Nota: este creme pode ser mais ou menos grosso mediante, aquilo em que o queremos aplicar.

Croquetes de Nozes - 150g de nozes moídas - 4 gemas - 2 claras - 150g de açúcar - Batem-se os ovos com o açúcar e em seguida misturam-se as que podem ser moídas com pele. Num tacho leva-se tudo ao lume, brando ou médio, e vai-se mexendo sempre até deslocar do fundo do tacho e "fazer estrada". Retiram-se do lume e deixam-se arrefecer um pouco. - Polvilha-se um pedaço de uma mesa com açúcar e fazem-se montinhos com uma colher de chá. Depois moldasse com a forma de croquetes e colocam-se em forminhas de papel sendo antes polvilhados com açúcar. Podem enfeitar com uma noz inteira por cima.

Massa de Crepes - 5 dl de leite, - 250 gr. de farinha, - 3 ovos, - 1 pitada de sal, - 60 gr. de açúcar, - 40 gr. de manteiga derretida, - Manteiga para untar, - Açúcar em pó para polvilhar. - Misturar bem o leite com a farinha, os ovos um a um, o sal, o açúcar e a manteiga derretida e deixar a massa repousar pelo menos meia hora. - Untar com manteiga uma frigideira anti-aderente e, com o preparado fazer uma a uma as folhas dos crepes, muito finas.

51

Bolo da Mira do Zé do casal - 100 gr. de nozes esmagadas, - 5 ovos, - 2 pacotes de natas - 2 pacotes de natas de farinha, - 2 pacotes de natas de açúcar, - 1 colher de chá de fermento bem cheia. - Misturam-se as natas com o açúcar, depois as gemas dos ovos, a farinha e por fim as claras bem batidas. - Levar ao forno em forma untada com manteiga e polvilhada com farinha.

Mousse de maça - 1 kg de maça descascada - 500g de açúcar - 1 pitada de açúcar baunilhado - 6 claras em castelo - amêndoa torrada e ralada a gosto - Coze-se bem a maça em pouca água. Deixa-se escorrer muito bem a água. Esmaga-se a maça junta-se-lhe o açúcar e o açúcar baunilhado e por fim as claras em castelo. Se quiser mistura-se a amêndoa e vai ao frigorífico.

Palitos de amêndoa - 6 ovos, - 290 gr. de açúcar, - 290 gr. de farinha, - 125 gr. de manteiga, - 75 gr. de amêndoas fatiadas, - Bate-se bem o açúcar com a manteiga amolecida e juntam-se as gemas, adiciona-se a farinha e, no fim junta-se as claras em castelo bem firme. Deita-se num tabuleiro untado e polvilhado. Espalha-se as amêndoas fatiadas e vai ao forno quente. Depois de cozida, corta-se em palitos da grossura e comprimento de um dedo. - Volta-se a colocar os palitos no tabuleiro e leva-se novamente ao forno para dourar dos lados.

52

Pão-de-ló de amêndoa - 250g de amêndoas - 65g de farinha - 7 ovos - 250g de açúcar - Escaldam-se as amêndoas com água a ferver, pelam-se e enxugam-se com um pano e ralam-se finamente. Junta-se-lhes a farinha e misturam-se. Batem-se as gemas com o açúcar até se obter um preparado muito fofo e que tenha dobrado de volume. Batem-se as claras em castelo com uma pitada de sal e adicionam-se ao preparado de gemas e açúcar, alternadamente com a amêndoa. Deita-se a massa numa forma redonda lisa e sem chaminé, muito bem untada com manteiga e polvilhada com farinha.

Pudim de Leite Condensado - 1 lata de leite condensado - 2 latas de água - 6 ovos - 1 cálice de vinho do Porto - Numa tigela junta-se o leite, o vinho do Porto e a água. Á parte partem-se os ovos e juntam-se à mistura anterior. - Passa-se a forma por água e forra-se com açúcar caramelo. Deve coar-se a mistura antes de deitar na forma. - Mete-se a forma dentro de um tacho onde previamente se deitou um pouco de sumo de limão um vinagre para não escurecê-lo, e coze assim em banho-maria.

Pudim de veludo - 14 gemas, - 400 gr. de açúcar, - 2 chávenas almoçadeiras de leite, - 1 pouco de baunilha, - 1 colher de sopa de farinha, - Coloca-se o leite com açúcar no lume e quando ferver tira-se para fora e deixase arrefecer. Juntam-se as gemas e a farinha que deve desfazer-se com uma clara. Unta-se a forma com o açúcar queimado e vai a cozer l hora.

53

Pudim Francês - 200g de açúcar - 4 ovos inteiros e 3 gemas - ½ l de leite - raspa de meia laranja - 1/5 cálice de vinho do porto - 1 colher de chá bem cheia de farinha maizena - 175g de açúcar para preparar o caramelo - Misture bem a farinha com o açúcar, junte-lhe os ovos e o leite, mexendo sempre, depois junte também o vinho do porto e o sumo e raspa da laranja. Passe depois tudo pelo passador e deite na forma. Leve a cozer em banho-maria no forno ou numa panela com tampa durante mais ou menos 25 a 30 minutos. Desenforme só depois de frio. Decore a gosto com rodelas de laranja. Queques de amêndoa - 500gr de açúcar - 100 gr de amêndoa - 100 gr de farinha - 3 ovos - 3 gemas - Põe-se ao lume o açúcar com um pouco de água e ferve sem chegar a ponto alto, em seguida junta-se a amêndoa já pelada e passada pela máquina, levanta fervura e tira-se do lume, em seguida juntam-se os ovos inteiros e as três gemas que já devem estar desfeitas não e necessário bate-las e só desfaze-las. Por último deita-se a farinha com cuidado para ficar desfeita, levanta novamente fervura para engrossar um pouco. Deita-se em forminhas untadas e vai ao forno um pouco quente.

Queques de amêndoa - 250g de açúcar - 250g de amêndoa picada - 8 ovos - 1 colher de sopa de farinha - Numa tigela batem-se as gemas com o açúcar até ficar um creme fofo. Adiciona-se a farinha juntamente com a amêndoa mexendo bem. Coze em formas pequenas untadas e polvilhadas. Depois de cozidas passam-se por açúcar e canela e põem-se em formas de papel.

54

Queques de cenoura crua - 250 gr. de cenoura ralada (crua), - 250 gr. de açúcar, - 150 gr. de farinha, - 4 ovos, - 1 colher de chã de fermento royal. - Bate-se o açúcar juntamente com as gemas (numa tigela) bem batidas. Depois juntase a cenoura batendo sempre; a seguir a farinha peneirada com o fermento e, por fim as claras em castelo bem firme. Depois de tudo isto, vão ao forno a cozer em forminhas untadas com margarina e polvilhadas. (As forminhas enchem-se só até três terços)

Creme Rosa Maria - 225 gr. de açúcar, - 40 gr. de farinha Maizena, - 80 gr. de nozes pisadas, - 8 dl. de leite, - 5 gemas, - 1 colher de sopa de margarina, - 1 pitada de baunilha em pó, - Merengue rijo com as 5 claras em castelo e 5 colheres de sopa de açúcar. - Desfaz-se a farinha aos poucos no leite frio e leva-se ao lume com 125 g. de açúcar mexendo sempre até estar cozida e retira-se do lume. Adicionam-se as gemas que já devem estar desfeitas com cuidado para não farpalharem e, volta ao lume mexendo sempre, e tira-se logo que levante fervura: liga-se a manteiga, a baunilha e deita-se numa taça de pirex untada. À parte batem-se as claras em castelo bem firme: depois junta-se o resto do açúcar e continua-se a bater até ficar um merengue bem espesso. Tapa-se este creme com montinhos de merengue e vai ao forno médio a tostar. Tira-se para fora do lume, polvilha-se com canela e, servese, morno ou frio.

Tronco de Natal - 7 ovos, - 250 gr. de açúcar, - 200 gr. de farinha, - 1 colher de chá de fermento, - Sumo de 2 laranjas. - Batem-se as gemas com o açúcar muito bem batidas. Junta-se o sumo das laranjas, de seguida a farinha alternadamente com as claras em castelo. - Vai ao forno num tabuleiro bem untado de manteiga e polvilhado com farinha.

55

Queques de Coco - 250g de açúcar - 2 colheres de farinha de trigo - 200g de coco - 4 ovos - 1 copo de leite - 1 laranja, raspa e sumo Deita-se tudo numa tigela e bate-se tudo junto. Guarda-se um pouco de coco para o fim. Com uma colher enchem-se as forminhas de papel, dentro das de metal e vão ao forno o tempo necessário, depois de cozidos tiram-se das formas de metal e ficam nas formas onde foram a cozer, podem polvilhar-se com coco que se guardou.

Tarte de Ananás - 4 ovos - 6 colheres de sopa de açúcar - 4 colheres de farinha - 1 colher de chá de fermento - 1 lata de ananás - Batem-se bem as claras em castelo depois juntam-se as gemas uma a uma seguidamente junta-se o açúcar e a farinha que já deve estar peneirada com o fermento. Unta-se a forma própria com uma camada de manteiga bastante boa e sobre esta uma camada de açúcar. Coloca-se as rodelas de ananás e borrifa-se com a calda do mesmo. Finalmente deita-se a massa sobre o ananás e vai ao forno em lume médio.

Zupa à italiana - 250g de açúcar - 250g de farinha - 250g de margarina - 6 colheres de coco - 4 ovos - 1 colher de chá de fermento - 6 colheres de sopa de leite - sumo e raspa de uma laranja - ovos moles frutas cristalizadas q.b. - Bate-se a margarina com o açúcar, juntam-se as gemas uma a uma, junta-se a laranja, o coco, o leite morno, a farinha com o fermento e por fim as claras em castelo. Coze-se em forma bem untada de margarina. Depois de cozido decora-se com claras em castelo, os ovosmoles e as frutas cristalizadas.

56

Tarte de maça - 250g de farinha - 200g açúcar - 80g manteiga - 2 ovos - 1 colher de fermento - um pouquinho de sal - Abre-se uma covinha na farinha e coloca-se o açúcar, os ovos, e a manteiga já derretida em banho-maria. Amassa-se muito bem e deixa-se descansar uns minutos. Retira-se a terça parte da massa e com o resto forra-se a forma que já deve estar untada e polvilhada. A maça é descascada e cortada aos gomos e cozida em muito pouca água e com um pau de canela. Quando a tarte estiver cozida barra-se com geleia. Bolo de ananás - 25O g de farinha - 275g de açúcar - 4 ovos - 1 colher de chá de fermento - 125g de manteiga - 3 ou 4 colheres de sumo de ananás - Bate-se muito bem a manteiga com o açúcar, juntam-se as gemas, o sumo, a farinha e as claras em castelo bem firme. A forma é passada por açúcar caramelo e forrada com o ananás, junta-se a massa que vai a cozer.

Torta de cenoura - 500g de cenoura - 400g de açúcar - 5 ovos - 125 g de farinha - 1 colher de chá de fermento - Numa tigela junta-se o açúcar as gemas e a raspa do limão e bate-se até desfazer o açúcar e ficar uma massa homogénea, em seguida junta-se a cenoura previamente passada e cozida e depois a farinha com o fermento e continua-se a bater muito bem. Por ultimo junta-se as claras em castelo que apenas se envolvem. O tabuleiro é untado com manteiga e polvilhado com farinha, vai ao forno e depois de cozida, já se tem preparado um pano que se polvilhou com açúcar e enrola-se a torta. Caso se deseje antes de a enrolar pode-se barrar a mesma com geleia.

57

Torta de chocolate - 6 ovos, - 200 gr. de açúcar, - 160 gr. de farinha, - 1 colher de chá de fermento em pó, - 20 gr. de chocolate em pó, - margarina para untar a forma, - açúcar para polvilhar , - compota a gosto para rechear, - chocolate granulado para enfeitar. - Bate-se bem as gemas com o açúcar, até obter um creme fofo e esbranquiçado. Peneira-se a farinha, o fermento e o chocolate em pó e adiciona-se ao preparado anterior, alternadamente com as claras em castelo. - Unta-se um tabuleiro com a margarina e polvilha-se com farinha e deita-se a massa. Deixa-se cozer cerca de 20 minutos. Deita-se num pano, recheia-se e enrolase. Decora-se com chocolate.

Torta de laranja - 10 ovos - 2 laranjas - 500g de açúcar - 1 cálice de vinho do porto - 1 colher de chá de farinha maizena - Envolvem-se os ovos inteiros com o açúcar, junta-se o sumo das laranjas que pode previamente ter sido misturado no vinho do porto. Vai a cozer em tabuleiro muito bem untado e polvilhado. Coze em forno médio. Quando cozida vira-se sobre um pano polvilhado com açúcar para ser enrolada.

Torta Simples - 7 ovos - açúcar em peso de 4 ovos - farinha em peso de 3 ovos - 2 colheres de farinha maizena - 1 colher de sopa de fermento - limão q.b. - Batem-se as gemas com o açúcar muito bem batidas as claras em castelo e vão-se juntando as gemas alternadamente com a farinha. Recheia-se a gosto.

58

Pudim de ovos - 12 ovos -12 gemas e uma clara - 400g de açúcar - 700 ml de leite - 1 colher de farinha maizena - 1 cálice de vinho do porto - Batem-se as gemas e a clara com o açúcar, desfaz-se a farinha no vinho do porto e juntase ao preparado anterior o leite.

Glacé real - 2 colheres de açúcar por clara - Põe-se o açúcar em ponto pérola forte. Batem-se as claras em castelo. De seguida juntase o açúcar ás claras mas sempre a mexer.

59

Sign up to vote on this title
UsefulNot useful