Você está na página 1de 1

Enxofre As taxas de enxofre no óleo diesel brasileiro

Carlos Roberto de Lana
16/10/200711h09
A indústria petrolífera brasileira enfrenta um desafio para os próimos anos! "ue # redu$ir as taas de
enxofre do diesel %omer%iali$ado no país para ní&eis mais próimos dos prati%ados na 'uropa!
%umprindo plano da A() *A+,n%ia (a%ional de )etróleo-.
As re+ras atuais permitem teores de at# /00 ppm *partes por milh0o- no diesel %omer%iali$ado em 10o
)aulo! Rio de 2aneiro! 3elo 4ori$onte e em pou%o mais de 200 outras %idades. (o resto do país as
taas admitidas &0o at# 2.000 ppm! valores muito distantes dos aceitáveis pelas regras européias!
onde o permitido vai de 10 a 50 ppm! %om planos de redu50o para o m6imo de 10 ppm at# 2009.
A prin%ipal %ausa das altas taas de enofre no diesel na%ional # o tipo do petróleo a"ui etraído!
%hamado parafíni%o ou pesado! "ue tipi%amente apresenta %on%entra57es do produto superiores aos
óleos do tipo le&e ou naft,ni%o! mais %omuns na 'uropa e 'stados 8nidos.
9 enofre # en%ontrado na nature$a tanto in natura %omo na forma de %ompostos met6li%os de %humbo
*)b1-! $in%o *:n1-! ferro *;e1
2
- ou na de sulfatos minerais! %omo o +esso *Ca19
<
=24
2
9-. )resente nos
solos sedimentares de onde o petróleo # etraído! o enofre se mistura ao produto e termina por se
in%luir na %omposi50o "uími%a de seus deri&ados.
Males do enxofre
(a %ombust0o do diesel dentro dos motores! o enofre presente no %ombustí&el rea+e %om o oi+,nio
da mistura %ombustí&el>ar e produ$ dióido de enofre *19
2
-! "ue # eliminado ?unto %om os outros
+ases de %ombust0o *C9! C9
2
e (9-.
9 dióido de enofre # uma subst@n%ia poluidora altamente no%i&a! tanto A saúde humana "uanto ao
ambiente em +eral. Buando inalado o 19
2
%ausa irrita50o das &ias respiratórias e pode pro&o%ar ou
a+ra&ar doen5as respiratórias %ardio&as%ulares e %@n%er.
8ma &e$ na atmosfera o dióido de enofre rea+e %om 6+ua e forma 6%ido sulfúri%o *4
2
19
<
-! prin%ipal
a+ente "uími%o da %hu&a 6%ida! "ue pode pro&o%ar +rande destrui50o ambiental pela morte de 6r&ores!
altera50o do p4 dos rios e la+os e %ontamina50o dos solos.