Você está na página 1de 3

Práticas e Modelos de Avaliação em Bibliotecas Escolares

O Modelo de Auto-Avaliação das Bibliotecas Escolares


O modelo de Auto-Avaliação. Problemáticas e Conceitos Implicados.

Breve apresentação da tarefa

O workshop a realizar na Escola Secundária de Alcácer do Sal terá em conta dois aspectos
fulcrais. Por um lado, o desconhecimento, por parte da comunidade educativa,
especificamente, professores, da missão da biblioteca escolar enquanto facilitadora das
aprendizagens e promotora do sucesso educativo. Por outro, a existência de um
instrumento que permite avaliar o trabalho da biblioteca e, ao mesmo tempo, auxiliá-la na
sua missão.

1
Práticas e Modelos de Avaliação em Bibliotecas Escolares

O Modelo de Auto-Avaliação das Bibliotecas Escolares


O modelo de Auto-Avaliação. Problemáticas e Conceitos Implicados.

O Modelo de Auto-Avaliação das Bibliotecas Escolares e o seu Impacto na


Escola Secundária de Alcácer do Sal

Realização: biblioteca da Escola Secundária de Alcácer do Sal.


Duração: uma tarde.
Data: quarta-feira, das 14h30 às 17h30.
Destinatários: professores da escola (público privilegiado: Direcção, Coordenadores de
Departamento, Coordenadora de Projectos, responsável/eis Salas de Estudo/Apoios).
Divulgação: Páginas da Escola e da Biblioteca, Conselho Pedagógico, Sala de Professores.
Instrumentos: PowerPoint com resumo do Modelo de Auto-Avaliação (Domínios e
Indicadores); Tabela Matriz utilizada na 1ª sessão da Formação (com ligeiras adaptações:
pontos fortes, pontos fracos, oportunidades, ameaças e acções a implementar)).

1ª Parte

14h30 às 15h30m

→ A missão da BE
- Aprendizagens dos alunos.
- Sucesso Educativo
- Especificidades da BE da Escola Secundária de Alcácer do Sal

→O Modelo de Auto-Avaliação das Bibliotecas Escolares


- Apresentação do documento.
– Pertinência da sua existência.
– Organização estrutural e funcional.
2ª Parte

15h45 às 16h30m

→ Formação de grupos para preenchimento de Tabela Matriz aplicada à realidade da BE


da ESAS.

16h30m às 17h30m

→ Apresentação dos resultados.


→ Discussão:
- Integração/ Aplicação do Modelo à realidade da escola.
- Oportunidades e constrangimentos.
- A Gestão participada das mudanças que a aplicação do Modelo impõe.

2
Práticas e Modelos de Avaliação em Bibliotecas Escolares

O Modelo de Auto-Avaliação das Bibliotecas Escolares


O modelo de Auto-Avaliação. Problemáticas e Conceitos Implicados.

> Posteriormente, a recolha dos dados será tratada para servir como um dos instrumentos
de avaliação do impacto da BE na escola a fim de melhorar a sua eficácia.