Você está na página 1de 16

CITAR:

OLIVAL, Fernanda, Ser comissário na Inquisição portuguesa e fingir sê-lo (séculos XVII-XVIII)”, in Travessias inquisitoriais das Minas Gerais aos cárceres do Santo Ofício: diálogos e trânsitos religiosos no Império luso-brasileiro (sécs. XVI-XVIII), org. por Júnia Ferreira Furtado e Maria Leônia Chaves de Resende, Belo Horizonte, Fino Traço, 2013, pp. 81-104. ISBN: 978-85-8054-114-4.