P. 1
CAPS - Normas e rotinas farmácia

CAPS - Normas e rotinas farmácia

|Views: 7.359|Likes:
Publicado porcapslajinha
Este manual foi criado/adaptado por nossa farmacêutica, e estamos publicando com a finalidade de poder auxiliar outras Instituições, onde pedimos que quem usar deste modelo, que após aprimorá-lo, também o publique.
Este manual foi criado/adaptado por nossa farmacêutica, e estamos publicando com a finalidade de poder auxiliar outras Instituições, onde pedimos que quem usar deste modelo, que após aprimorá-lo, também o publique.

More info:

Published by: capslajinha on Dec 30, 2009
Direitos Autorais:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as DOC, PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

09/28/2013

pdf

text

original

PREFEITURA MUNICIPAL DE LAJINHA – MG

CNPJ 18.392.522/0001-41

SECRETARIA MUNICIPAL DE SAÚDE

CAPS I
(Centro de Atenção Psicossocial)

Normas de rotina da farmácia
O Sistema de distribuição de medicamentos é o ato de entrega racional de medicamentos aos pacientes, prestando informações a cerca das características farmacodinâmicas dos mesmos, bem como estudo da posologia, verificação de interações medicamentosas e com alimentos, contra-indicações, dentre outras. Tem como objetivo: Distribuir os medicamentos de forma ordenada e racional; Prestar informações sobre os mesmos no que diz respeito a estabilidade, características organolépticas, indicação terapêutica, contra-indicação; Diminuir erros de medicação; Diminuir os custos com medicamentos; Aumentar a segurança para o paciente; Racionalizar a distribuição e administração; Aumentar o controle sobre os medicamentos, acesso do Farmacêutico as informações sobre o paciente. A elaboração de um sistema de distribuição de medicamentos requer uma investigação em profundidade, de atividades que possam garantir eficiência, economia e segurança. A seqüência de eventos que envolve a distribuição do medicamento começa quando o mesmo é adquirido e a partir de então um modelo é seguido até sua administração ao paciente. A Farmacêutica supervisiona o aviamento das segundas vias de prescrições médicas, confere a dispensação de todos os medicamentos e (SGV), controla o estoque e registra as receitas de psicotrópicos e entorpecentes de acordo com a legislação vigente, analisa o perfil farmacoterapêutico do paciente.• Supervisiona a reposição dos medicamentos de uso esporádico(se necessário); medicamentos da portaria 344 (psicotrópicos) e entorpecentes) e armário de reservas das S.G.V.

ROTINA INTERNA - detectar validade dos medicamentos e materiais, alterações de deteriorização de produtos. - separar as medicações que irão vencer no próximo mês, a fim de tomarmos as providências necessárias. - planejar, aquisição, armazenamento, distribuição e descarte de medicamentos e material médico hospitalares.

ÁREA DE ARMAZENAGEM - armazenagem garante a manutenção da estabilidade química, física microbiológica, terapêutica, toxicológica dos produtos. - manter a temperatura constante ao redor de 23° C.
_______________________________________________________________________________________ Rua Henrique Berbert, 195, Campestre, Lajinha-MG – CEP 36980-000 – e-mail: caps@lajinha.com

PREFEITURA MUNICIPAL DE LAJINHA – MG
CNPJ 18.392.522/0001-41

SECRETARIA MUNICIPAL DE SAÚDE

CAPS I
(Centro de Atenção Psicossocial)

- realizar inventario do estoque para conferência de qualidade e verificação de validade. - estocagem é feita em armários fechados com prateleira, permitindo fácil visualização para identificação dos medicamentos, quanto ao nome do produto numero do lote e seu prazo de validade. - a liberação para entrega deve obedecer a ordem cronológica dos seus lotes de fabricação, ou seja, expedição dos lotes mais antigos dos mais novos.

LIBERAÇÃO DE MEDICAMENTO - funcionamento da farmácia é de 8 horas, sendo que as prescrições são atendidas no segundo turno dos dias: Segunda: das 12:00 às 17:00 horas; Terça: das 8:00 às 11:30 e das 12:30 às 17:00 horas; Quinta: 12:00 às 17:00 horas. - conforme a ordem de chegada, o atendimento das prescrições é feito de forma coletiva pela farmacêutica responsável.

Bibliografia:

-

saude.rr.gov.br; www.portalfarmacia.com.br

_______________________________________________________________________________________ Rua Henrique Berbert, 195, Campestre, Lajinha-MG – CEP 36980-000 – e-mail: caps@lajinha.com

You're Reading a Free Preview

Descarregar
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->