Você está na página 1de 10

AUTO-AVALIAÇÃO

da BIBLIOTECA
ESCOLAR

Uma nova postura perante


as carências educativas
do Agrupamento

Olinda Moreira | 2009 AE Paços de Brandão 1


A eficácia da BE/CRE desenvolve-se em 4
domínios essenciais

D A
Gestão Currículo

C B
Parcerias Literacias

Olinda Moreira | 2009 AE Paços de Brandão 2


A eficácia da BE/CRE desenvolve-se em 4
domínios essenciais

 A - De que forma o Currículo descobre uma solução na


BE/CRE para o seu desenvolvimento ?
 B - De que forma a Leitura e as Literacias da Informação
descobrem na BE/CRE um lugar modelar de realização ?
 C - De que forma os Projectos Escolares necessitam da
BE/CRE para a sua concretização
 D - De que forma o Projecto Educativo descobre na
BE/CRE uma Gestão que aponte a sua aplicabilidade

Olinda Moreira | 2009 AE Paços de Brandão 3


Domínio A - Acções a desenvolver

Apoio ao Desenvolvimento
Curricular

 Articulação curricular com professores


 Cooperação de projectos curriculares em
ambientes digitais
 Desenvolvimento de programas
integrados em Literacia da Informação
 Produção de dossiers de apoio ao estudo
 Difusão de guiões de pesquisa

Olinda Moreira | 2009 AE Paços de Brandão 4


Domínio B - Acções a desenvolver

Leitura e Literacias

 Sessões de Leitura na biblioteca escolar e noutros


espaços da escola
 Promover a Leitura em suporte digital
 Aplicação das orientações do Plano Nacional de
Leitura
 Realização de encontros com escritores/ilustradores
 Organização de Feiras do Livro
 Envolvimento das famílias no âmbito da promoção
da Leitura
Olinda Moreira | 2009 AE Paços de Brandão 5
Domínio C - Acções a desenvolver
Projectos, Parcerias, Actividades
Livres
de Abertura à
Comunidade

 Parcerias com a Biblioteca Municipal e Bibliotecas


Escolares na realização de actividades
 Realização de exposições abertas à comunidade
educativa
 Promoção de actividades culturais em parceria com
outras instituições
 Ocupação lúdica de tempos livres

Olinda Moreira | 2009 AE Paços de Brandão 6


Domínio D - Acções a desenvolver
Gestão da Biblioteca
Escolar

 Actualização do fundo documental


 Gestão da circulação das obras do PNL
 Divulgação dos recursos
 Produção de guiões de pesquisa documental
 Formação de Utilizadores
 Obtenção de material para ocupação lúdica de tempos livres
 Integração da BE/CRE nos documentos internos do AE
 Participação do Professor Bibliotecário no Conselho Pedagógico
 Liderança da equipa das Bibliotecas

Olinda Moreira | 2009 AE Paços de Brandão 7


Modelo de autoavaliação da BE…
...
Aferir !

 Reflectir sobre a acção da BE e adaptá-la às carências e interesses


dos utilizadores
 Ajustar o trabalho colaborativo entre a BE e os professores
 Apropriar os alunos de instrumentos visando aferir o seu
envolvimento com a leitura e com a BE
 Avaliar as competências e práticas leitoras dos alunos
 Modificar estratagemas de ensino desajustadas Estimar o impacto
da BE nos progressos dos resultados escolares
 Identificar ponto fortes e pontos fracos com o intuito de progredir

Olinda Moreira | 2009 AE Paços de Brandão 8


Modelo de autoavaliação da BE…
…Actuar !

 Realizar uma análise SWOT (aferir pontos fortes e fracos)


 Recolher e tratar a informação
 Difundir os resultados obtidos
 Realizar uma recolha de evidências
 Estabelecer os indicadores (impacto / processo)
 Elaborar um relatório de avaliação
 Propor novas posturas e novos caminhos
 Participar na avaliação externa

Olinda Moreira | 2009 AE Paços de Brandão 9


Modelo de autoavaliação da BE…

Porquê ?

 A AVALIAÇÃO DA BE PRETENDE SER ENCARADA

COMO UMA VIA PARA MELHORAR CARÊNCIAS E

EXPERIÊNCIAS ESCOLARES

 PROMOVER O SUCESSO EDUCATVO

Olinda Moreira | 2009 AE Paços de Brandão 10