Você está na página 1de 23

ÉTICA NO SERVIÇO

PÚBLICO
• O QUE É ÉTICA?
• PADRÃO ÉTICO.
• QUAL DEVE SER O PADRÃO ÉTICO DO
SERVIÇO PÚBLICO?
• O QUE A SOCIEDADE ESPERA DE NÓS?
• O QUE É O TRABALHO NO SERVIÇO
PÚBLICO
• O SERVIDOR PÚBLICO NO SÉCULO XXI
O QUE É ÉTICA?
• PODEMOS VER DE 3 MODOS:
1. FILOSOFICAMENTE: DISCIPLINA QUE TEM POR
OBJETO O ESTUDO DA MORAL.
2. PADRÃO A QUE DETERMINADA CATEGORIA
PROFISSIONAL ESTÁ SUBMETIDA (ÉTICA
MÉDICA, ÉTICA POLÍTICA, ÉTICA CIENTÍFICA).
3. NÃO BASTA O PADRÃO ÉTICO, MAS QUE SEJA
EFETIVAMENTE SEGUIDO E QUE ISSO
TRANSPAREÇA DE FATO NA ATUAÇÃO.
PADRÃO ÉTICO
- PADRÃO ÉTICO É QUE SE AVALIA NA
ATUAÇÃO DE UM GRUPO:

- VALORES.
- PRINCÍPIOS.
- IDEAIS
- REGRAS
VALORES
• VALOR É TUDO AQUILO QUE AFIRMAMOS
MERECER DESEJADO: TER SAÚDE; TER
FELICIDADE; TER ÉTICA, TER EDUCAÇÃO.
• SÃO ORIENTADORES DE NOSSAS ESCOLHAS E
DECISÕES.
• IMPORTANTE DETERMINAR QUAIS AS COISAS
QUE MERECEM SER DESEJADAS, POIS PODEMOS
ESTABELECER NOSSAS PREFERÊNCIAS MAIS
FACILMENTE.
PRINCÍPIOS
• PRINCÍPIO É UM COMEÇO.
• ALGO QUE É POSTO NO INÍCIO, COMO BASE
OU FUNDAMENTO.
• PRINCÍPIOS MATEMÁTICOS; LÓGICOS;
PRINCÍPIOS IDEOLÓGICOS.
• GUIAR NOSSO RACIOCÍNIO SOBRE QUESTÕES
ÉTICAS.
• GUIAR NOSSAS ESCOLHAS, FUNCIONANDO
COMO PREVISÃO.
IDEAIS
• UM CONJUNTO DE VALORES COMPÕE, NO
CONJUNTO, UMA CONCEPÇÃO DO QUE,
PARA NÓS, É CONSIDERADO BOM.
• ESSA CONCEPÇÃO DO QUE É BOM É O
IDEAL.
• UM PADRÃO ÉTICO É UM IDEAL
APLICÁVEL.
• OS IDEAIS, APARECEM NA FORMA DE
MODELOS OU EXEMPLOS A SEGUIR.
REGRAS
- UM PADRÃO ÉTICO VAI CONTER UM
NÚMERO DE REGRAS OU NORMAS.
- REGRAS PROCURAM ORIENTAR MAIS DE
PERTO A CONDUTA.
- REGRAS APARECEM ORGANIZADAS NA
FORMA DE CÓDIGOS DE ÉTICA OU DE
CONDUTA.
QUAL DEVE SER O PADRÃO ÉTICO
DO SERVIÇO PÚBLICO?
- A NATUREZA DO SERVIÇO PÚBLICO
DETERMINA O PADRÃO ÉTICO.
- OS VALORES FUNDAMENTAIS DO SERVIÇO
PÚBLICO DECORREM DE SEU CARÁTER
PÚBLICO.
- O PÚBLICO DEPOSITA NA AUTORIDADE
CONFIANÇA DE QUE VAI AGIR EM SEU NOME.
- O PADRÃO ÉTICO DO SERVIÇO PÚBLICO, DEVE
REFLETIR VALORES, PRINCÍPIOS, IDEAIS E
REGRAS PARA HONRAR ESSA CONFIANÇA.
Roteiro
• O que a sociedade espera de nós (profissionais públicos)?
• O que é (ou pode ser) o trabalho no setor público?
• O servidor público para o século XXI
• Desenvolvimento de competências e capacitação
O que a sociedade espera de nós
(profissionais públicos)?
Compromissos
• Inclusão social e redução das desigualdades
sociais
• Crescimento com geração de trabalho,
emprego e renda, ambientalmente
sustentável
• Promoção e expansão da cidadania e
fortalecimento da democracia
Expectativas
• Capacidade de governo (gestão das políticas
públicas)
• Implementação de políticas adequadas à
diversidade política, econômica, social, cultural
e ambiental do país
• Coordenação de ações intergovernamentais
O que é (ou pode ser) o trabalho no
setor público?
• Trabalho e prazer
• Curiosidade em aprender sempre
• Mobilização de conhecimentos
• RH = Riquezas Humanas
• Fábrica de Talentos ou Desperdício crônico?
Contexto
• Intensas transformações no mundo do
trabalho
• Descrição rígida de atribuições X novas
necessidades
• Desconhecimento e desperdício de saberes
e competências
“Atualmente o problema é que
o futuro não é mais o que
costumava ser”.
( Paul Valery )
Tripé Estratégico
• Democratização do local de trabalho
– mais autonomia e menos hierarquia
– Negociação voltada para a reconcepção do trabalho.
• Qualificação intensiva
– viabilizar e dar vida à autonomia.
• Simplificação dos processos (uso intensivo de tecnologia da
informação) e ampliação das carreiras
– enriquecer o trabalho e aproveitar melhor as competências.
Formação permanente

• Diplomas não são suficientes


• Desenvolvimento profissional como
investimento e não como custo
• Desejo do profissional público em se renovar
Competência
• Combinação de conhecimentos, de saber-
fazer, de experiência e comportamentos
que se exerce em um contexto preciso.
• Constatada quando de sua utilização em
situação profissional a partir da qual é
passível de validação.
• Compete à organização identificá-la,
avaliá-la, validá-la e fazê-la evoluir.
Definição de competência

• A competência é o “tomar iniciativa” e o “assumir


responsabilidade” do indivíduo diante de situações
profissionais com as quais se depara (Zarifian, 2001)

Entendimento prático
Apoiado em conhecimentos adquiridos
Transforma
Diversidade de situações, novos conhecimentos
Implicações
• Incerteza
• Correr riscos
• Aprender coletivamente
• Saber questionar-se
• Mudar o modo de encarar as vantagens
proporcionadas pela experiência
Implicações
• Exigência de combinar de forma flexível
competências individuais em redes de trabalho
• Papel estratégico da sistematização dos processos
de aprendizagem
• Sentido do trabalho, referência para a ação
coletiva
Profissional capaz de
• Inovar
• Resolver problemas públicos
• Estar atento às realidades nacionais e ao
contexto mundial
• Cooperar
• Escutar
• Enfrentar desafios
• Aprender e desaprender
• Pensar e agir estrategicamente
• Construir novos padrões e modos de
trabalhar
• Desenvolver e comunicar uma visão pessoal
de mudança