Você está na página 1de 2

Press Release

Hugo Araújo muito satisfeito com o resultado obtido no Estoril
O piloto bracarense que defende as cores do Grupo COPEFI, Seegno, OPT e Btennis não teve um fim de
semana fácil no Estoril Racing Festival. O 3º lugar do campeonato era ainda possível, mas durante a
Qualificação, no sábado, problemas de embraiagem apenas permitiram ao piloto realizar uma volta.
“Estou muito desapontado pois contava poder explorar melhor o setup do carro durante estes 60
minutos da qualificação” explicou o piloto que não corre no Estoril desde a primeira prova do ano no
passado mês de Abril.
“Os meus adversários têm um profundo conhecimento desta pista e dos seus truques, para além de
que estiveram aqui à um mês numa prova em que eu não estive presente. Na primeira prova da época
rodei no Top6 aqui no Estoril mas vi que tinha muito para melhorar. Agora é esperar que a equipa
tenha acertado no Setup para mim e amanhã tenho um longo caminho a percorrer, saindo de 43º da
geral”.
No Domingo, e logo na primeira manga, o piloto mostrou ao que vinha, passando da 43ª posição para a
23ª da geral e 6º dos Super Seven by KIA. Estava assim relançada a luta para a segunda manga. Para a
segunda manga o piloto adotou uma toada mais conservadora logrando mesmo assim subir de 23º para
19º da geral e para 4º dos Super Seven by KIA.
“Nesta segunda manga achei que deveria conter-me um pouco mais e poupar a mecânica. Ainda falta
1 hora de corrida e é necessário garantir que o carro chega ao fim! Fiquei sem 5ª velocidade no final
da primeira manga e noto que a terceira também não está a 100% pelo que tenho que redobrar
cuidados para levar o carro até ao fim. Tem sido uma prova fantástica, sinto-me bem e consegui
perceber o carro nestas 2 mangas, portanto estou confiante para as 2 mangas finais!”
Depois do período de reabastecimento de pilotos e máquinas, deu-se início à 3ª manga. Com um
arranque novamente fortíssimo o piloto ainda rodou no 12º lugar da geral com o pequeno 1.6 mas até
final foi perdendo posições para os mais potentes carros ingleses, terminando assim no 20º lugar da
geral.
Na última e derradeira manga Hugo Araújo ainda rodou no 15º posto à geral, mas para poupar a
mecânica acabou por deixar a luta com pilotos ingleses e concentrar-se na classificação do seu troféu,
tendo gerido e atacado nas 3 últimas voltas conseguindo subir 3 posições e conquistando assim o 3º
lugar nos Super Seven by KIA e o 17º lugar à geral.
“Estou muito satisfeito com este resultado, depois de um dia desapontante como o de ontem, hoje
vinha de cabeça fria e com a noção do que tinha para fazer. Ia dar trabalho, mas era possível. E foi!”
afirmava o piloto visivelmente satisfeito.

Com o resultado combinado da manga3 e manga4, Hugo Araújo foi o 3º melhor Super Seven pelo que
teve direito ao saboroso momento do pódio e não escondeu a sua felicidade, “finalmente consigo um
resultado satisfatório no Estoril. Julgo que era até hoje o meu calcanhar de aquiles, e terminar desta
forma um fim-de-semana que começou tão desapontador é mesmo a cereja no topo do bolo”.
Com estes resultados Hugo Araújo terminou a época do Super Seven by KIA 2014 na terceira posição do
campeonato, resultado que superou claramente os seus objectivos para este ano.
“O objectivo que tínhamos para este ano era o top5 e tentar aprender e evoluir com os melhores. Este
troféu tem pilotos de uma qualidade assinalável e não é fácil chegar e obter logo resultados. Os carros
têm prestações muito idênticas e ligeiras alterações de Setup ou de abordagem a determinadas pistas
podem fazer com que o tempo seja fantástico ou esteja bastante aquém dos restantes.”
Para este resultado, Hugo Araújo considera que ”a equipa técnica da CRM entregou-me sempre um
carro a 110% e é graças a eles que posso estar hoje aqui com esta satisfação de dever cumprido.”
Depois da festa do pódio, seguiu-se a festa no hospitality lounge onde pilotos, família e amigos
confraternizaram e puseram fim a mais um Super ano Super Seven by KIA e onde o piloto referiu que
“devo este momento de festa aos meus patrocinadores, COPEFI Group, Seegno, OPT e Btennis - pois
sem eles nada disto seria possível; à minha equipa CRM Motorsport - pelo carro que me entregaram
sempre a 110% e pela entrega que sempre deram quando alguma coisa infelizmente aconteceu; ao
Tiago Raposo Magalhães - por mostrar que é possível organizarem-se campeonatos emotivos,
competitivos, espectaculares e a preços reduzidos; aos meus adversários do Super Seven by KIA –
pelas lutas, camaradagem, competição e fair-play demonstrado; aos meus amigos e apoiantes – por
acreditarem sempre no meu valor e por me darem força nos momentos que mais precisamos; à minha
família – por ser incansável nesta epopeia em que se tornou a minha entrada no desporto automóvel
real, vindo das corridas do sofá.”
Hugo Araújo deixa também uma palavra ao seu companheiro de equipa, Nuno Gomes Santos “que está
de parabéns. De facto realizou uma época notável e mereceu o título. Já é um campeão fora de pista,
e agora é também dentro de pista. Estou muito satisfeito com a vitória dele e espero reencontrá-lo no
próximo ano!”
Termina assim a época 2014 para Hugo Araújo que está já a envidar esforços para concretizar um
projecto desportivo para 2015.
www.hugoaraujoracing.com
www.facebook.com/hugoaraujoracingpage

Interesses relacionados