Você está na página 1de 1

A minha fotografia

De forma livre apresente-se.


Descreva-se, utilizando palavras. Mostre-nos quem é, como é, o que gosta, o que sabe
e o que gostaria de saber fazer.

Quem sou:
O meu nome é Jorge Paulo Baião dos Santos, nasci a 30/04/1981 em Lisboa – S. Jorge de Arroios. Sou um
rapaz de cidade e morei em vários locais, tais como S. João da Talha (recordo-me pouco do local e da
residência, visto que, vivi lá desde que nasci até aos 4 anos de idade), Amadora (foi onde vivi a minha
infância, desde os meus 5 anos até aos 12 anos de idade, uma infância inesquecível e feliz), Massamá (local
onde vivi a minha adolescência, desde os meus 13 anos até aos meus 18 anos de idade, onde convivi mais e
realizei mais amigos), Rio Maior (local onde os meus pais compraram casa de Fim-de-semana, que chegamos
mesmo a habitar), Caldas da Rainha (Local onde resido habitualmente e onde obtive inúmeras experiências, a
nível pessoal e profissional).

Sou filho de José António Guimarães dos Santos, Arquitecto Designer e Artista Plástico, com 58 anos, e
filho de Ludovina Carreto Baião dos Santos, empregada de escritório mas presentemente doméstica com 60
anos e já reformada.

Eu sou um rapaz com uma personalidade calma e serena, sou paciente, sou lutador, sou bom ouvinte,
sou conselheiro para meus amigos e família, sou sensível, não sou de ferro, sou muito perfeccionista no que
faço e por isso tento ser perfeito, por vezes sou teimoso, tento sempre realçar a razão com lógica e dentro da
verdade, sou bastante prestável, tento sempre aprender mais e mais.

Gosto de tudo o que me faça sentir bem e que me dê prazer, gosto de uma boa comida condimentada,
gosto de viajar, gosto de dormir, adoro animar um público-alvo na realização do meu hobby (como disco
Jockey), adoro a tecnologia, amo os meus bebés, adoro passar horas e horas no meu computador a produzir
músicas, conhecer e compreender novos programas (software), adoro emoções fortes e positivas mas não
negativas.