Você está na página 1de 1

A mamezinha contou uma triste estoriazinha

Toda criana chorou com pena da cigarrinha


Quanto mal a cigarrinha no querendo trabalhar
Muito mais a formiguinha que uma esmola no quis dar
Ai, ai, ai, ai! No inverno a cigarrinha deixou ento de cantar
Procurou a formiguinha, a sua fome pra matar
Ai, ai, ai, ai! No inverno a cigarrinha deixou ento de cantar
Procurou a formiguinha, a sua fome pra matar
Brava a formiga mandou a cigarra ir embora
"No vero voc cantou, quero ver danar agora"
Quanto mal a cigarrinha no querendo trabalhar
Muito mais a formiguinha que uma esmola no quis dar