Você está na página 1de 1

A vida vivida

Fui menina em bero doiro nascida.


Oh! Quantos sonhos e iluses previ!
Quimeras, desiluses, angstias,
As realidades que afinal vivi!

Sentada em meu pensamento recordo


Nas teias da vida, as tnues alegrias:
Sonhadas, reais? Passadas, presentes?
Tece assim a aranha, meus breves dias

Largo espao matizado de azul


Onde esvoaam perdidos meus ais,
Qual perfeito pssaro colorido

Rumando aos cus do rutilante sul


Procurando incansavelmente o ser
Em paragens longnquas evadido.

Sonhadora Pisciana