Você está na página 1de 2

Prof.

Rodrigo Damasceno
NOES DE DIREITO PROCESSUAL PENAL TJPR
Aulas 9 a 15

- II-

AO PENAL
- arts. 24 a 62 do CPP1. ESPCIES
Ao penal PBLICA: tem como titular o Ministrio Pblico (art.129,I CF);
i. Ao penal pblica INCONDICIONADA;
ii. Ao penal pblica CONDICIONADA:
- Requisio do Ministro da Justia; ou
- Representao do ofendido possvel que o ofendido se retrate da representao, desde
que ainda no tenha sido oferecida a denncia (art.25 do CPP).
Ao penal PRIVADA:
i. Ao penal privada EXCLUSIVA;
ii. Ao penal privada SUBSIDIRIA DA PBLICA: garantia constitucional (art.5, LIX da
CF) do ofendido a possibilidade de propor ao penal privada, quando o crime de ao penal
pblica. Para tanto, basta que o Ministrio Pblico tenha ficado inerte e no tenha oferecido a
denncia no prazo legal (art. 46 do CPP).
STF - 714
concorrente a legitimidade do ofendido, mediante queixa, e do Ministrio Pblico,
a ao penal por crime contra a honra de
condicionada representao do ofendido, para
servidor pblico em razo do exerccio de suas funes.

2. RENNCIA E PERDO
RENNCIA
At do ajuizamento da Queixa
Unilateral

PERDO
At o Trnsito em julgado da sentena condenatria
Bilateral

Expresso ou tcito
Se concedido a qualquer dos querelados, a
todos aproveita
Extino da punibilidade

Prof. Rodrigo Damasceno www.aprovaconcursos.com.br Pgina 2 de 2