Você está na página 1de 1

O que teme o Presidente da Cmara de Sintra?

Uma nova fase parece ter despontado em matria de Presidncias Abertas pelo actual
Executivo da Cmara de Sintra.
J no se trata agora de no convidar os Vereadores eleitos pelo Movimento
Sintrenses com Marco Almeida para as integrar, naquilo que vinha suscitando, de
cada vez que se anunciava a sua concretizao, a tomada de posio pblica
denunciando-o e lamentando a falta de pluralismo democrtico.
Trata-se agora de o fazer s escondidas!
Na 2 ronda de Presidncias Abertas, realizada na passada 6 feira, nada foi divulgado
a propsito da visita Unio de Freguesias de Queluz e Belas. Os sites da Cmara
Municipal e da Junta de Freguesia nada anunciaram e data nada divulgaram quanto
s concluses da visita. E quanto comunicao social, ao que parece, parte dela no
foi convidada.
A dvida que legitimamente nos colocamos a que se dever esta mudana? Ser por
no ter obra para mostrar, um ano transcorrido sobre a primeira ronda de visitas?
Receio de ser confrontado pelos sintrenses quanto degradao do espao pblico,
ausncia de resposta perante a omisso aos muitos pedidos de esclarecimento por
parte de muncipes?
A espelhar o quanto diferimos tambm nestas questes, o nosso procedimento
aquando do incio, no passado sbado, do Ciclo de Visitas pelas Freguesias, por
iniciativa do Movimento, falou por si: para alm de o divulgarmos, tivemos a cortesia
de convidar quer o Senhor Presidente, quer os Senhores Vereadores, para nos
acompanharem. Como espervamos, no apareceram!
Confirma-se a mxima de que as atitudes ficam para quem as praticam. Perde o
concelho, perdem os sintrenses!
Movimento Independente Autrquico
Sintrenses com Marco Almeida
Aos 3 de fevereiro de 2015

Você também pode gostar