Você está na página 1de 2

Quem “Age” faz a Diferença

Há algum tempo, num dos meus trabalhos um executivo de uma grande


multinacional dentro da discussão que o grupo estava tendo afirmou
categoricamente: - “Quando eu me aposentar farei tudo o que sempre tive
vontade de fazer, ai sim minha vida melhorara muito”.
A única coisa que me veio na mente, e na qual acredito veementemente, foi
responder: - “Mas onde está escrito, onde esta o contrato que conste que
você conseguirá se aposentar?”.
As pessoas têm a mania de convencerem, que a vida ficará melhor, quando
se casarem, tiverem filhos.
Quando os filhos vem há a frustração, porque os filhos não têm idade
suficiente e se pensa que as coisas mudarão quando eles ficarem mais
velhos.
Então volta a frustração, porque eles viraram adolescentes e querem
discutir a respeito de tudo. Ai se pensa que tudo ficará melhor, quando eles
forem uns 10 anos mais velhos.
Tudo melhorará, quando se trabalhar com os parceiros ideais, quando se
possuir um carro bonito, quando chegarem as férias, quando se puder
descansar um pouco mais, quando se ganhar na mega sena, quando
aparecer a mulher ou o homem ideal......
A verdade é que não há nenhum momento melhor para ser feliz do que
agora.

Deve-se acabar imediatamente de pensar ou trabalhar com o “se”.

Se não for agora, então quando será?

A única coisa definitiva e constante na vida é a mudança. Torna-se urgente


a mudança de atitude e postura na vida e decidir ser feliz agora.
Durante muito tempo pensava-se, que era preciso primeiro que uma outra
coisa acontece-se: realizar alguma coisa, terminar um trabalho, esperar um
momento, atingir um objetivo. E ai sim começaria a vida de verdade tão
desejada.
Entendo que o “depois” já é a vida de verdade, e que não existe um
caminho certo para ser feliz.

Ser feliz é o caminho.

Pare de esperar até terminar a especialização, perder peso ou ganhar peso,


começar a trabalhar, casar-se, até a sexta à noite ou sábado de manhã,
esperar um carro novo... decida a ser feliz agora
.
A felicidade é o meio e não um fim.

O “Formador de Opinião” o “Líder” sabe disso e entende que não há melhor


momento do que... AGORA!
Eles vivem e curtem o momento.

O Empreendedor, o Formador de Opinião, o Líder, aquele que realmente faz


a diferença sempre tem em mente algumas questões:
- Quantas pessoas me conhecem?
- Quantas pessoas sabem da minha existência?
- Quantas empresas gostariam de me ter como funcionário?
- Quantas pessoas gostariam de me ter próximo a elas?

A resposta de cada uma delas passa a ser o combustível para a sua


“agressividade” dele dentro do cenário ao qual faz parte.

Esse tipo de pessoa tem plena consciência de que a vitória é passageira, o


sucesso é passageiro, os recordes são batidos com muita facilidade,
portanto os troféus se enchem de pó muito rapidamente.
A estratégia que usam é a de o que estão fazendo para continuarem a fazer
a diferença, de serem lembrados para que suas atitudes, seus trabalhos
tornem-se cada vez mais necessários no mundo.

Reflita sobre isso por um momento.

A vida é tão curta!

Com a experiência que tenho no mundo Corporativo, depois de casamento


desfeito, empresas falidas, contas no vermelho e depois o renascimento
com empresa de sucesso, agenda lotada posso fornecer uma orientação......
Se você não fizer a diferença, não for obstinado em saber o que há após o
perigo, não estiver deixando um legado de conhecimento para as pessoas
que te circundam e de não desistir nunca apesar das forças
contrárias..........então o que está fazendo aqui?