Você está na página 1de 4
Curso 0411Sop - NC - Sopros Ênfase Identificação Câmpus de São Paulo Plano de Ensino

Curso

0411Sop - NC - Sopros

Ênfase

Identificação

Curso 0411Sop - NC - Sopros Ênfase Identificação Câmpus de São Paulo Plano de Ensino Disciplina

Câmpus de São Paulo

Plano de Ensino

Identificação Câmpus de São Paulo Plano de Ensino Disciplina MUS1726T1 - Contraponto Docente(s) Maurício

Disciplina MUS1726T1 - Contraponto

Docente(s) Maurício Funcia de Bonis

Unidade Instituto de Artes

Departamento Departamento de Música

Créditos

Carga Horária

Seriação ideal

4

60

1

Pré - Requisito

Co - Requisito

MUS4679 - Teoria Musical I, MUS4237 - Percepção e Rítmica I, MUS4458 - Harmonia I

Objetivos Câmpus de São Paulo Plano de Ensino Como curso de contraponto básico e comum

Objetivos

Objetivos Câmpus de São Paulo Plano de Ensino Como curso de contraponto básico e comum a

Câmpus de São Paulo

Plano de Ensino

Objetivos Câmpus de São Paulo Plano de Ensino Como curso de contraponto básico e comum a

Como curso de contraponto básico e comum a todas as habilitações, desenvolver a capacidade de conceber e perceber linhas melódicas concomitantes e entender os princípios que regem as estruturas elementares do contraponto tonal. Aplicar este conhecimento em análise do repertório tonal.

Conteúdo

1. - Contraponto tonal de 1ª, 2ª, 3ª, 4ª e 5ª espécies a duas e três vozes.

2. Estudo e escuta dirigida do repertório comum do sistema tonal de modo a aplicar o

conhecimento do contraponto elementar em análises de estruturas composicionais mais complexas.

Metodologia

A-

Leituras de textos e aulas expositivas, tendo como suporte a bibliografia selecionada.

B-

Realização de trabalhos de contraponto elementar em classe e fora de classe com base

nos tópicos desenvolvidos em aula.

C-

Ilustração dos procedimentos trabalhados através de obras do repertório.

D-

Sugestão de leituras complementares

Bibliografia

BIBLIOGRAFIA BÁSICA:

Salzer, F e Schachter, C. Counterpoint in Composition (New York: Columbia, 1969). BIBLIOGRAFIA COMPLEMENTAR Fux, J. J. The Study of Couterpoint (from Gradus ad Parnassum). A. Mann (ed.) (New York: Norton, 1965). Jeppesen, Knud. Counterpoint: The Polyphonic Style of the Sixteenth Century (New York: Dover, 1992). Schoenberg, A. Exercícios preliminares em contraponto (São Paulo: Via Lettera, 1963) Edição em português, 2001.

Critérios de avaliação da aprendizagem

CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO DA APRENDIZAGEM Trabalhos finais a serem realizados na última semana de cada semestre e entregue pelos alunos no último dia de aula do semestre. Não serão aceitos trabalhos depois da data indicada, a não ser em casos de extrema gravidade, como doença do aluno, doença ou morte de familiar imediato.

CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO DA DISCIPLINA A disciplina será avaliada mediante consulta aos alunos de forma a ser definida (se por escrito ou verbalmente), aliada à observação do observado dos alunos na disciplina.

Ementa (Tópicos que caracterizam as unidades do programa de ensino)

Aprovação

Conselho Curso

22/07/2014

Câmpus de São Paulo Congregação Plano de Ensino 30/07/2014
Câmpus de São Paulo Congregação Plano de Ensino 30/07/2014

Câmpus de São Paulo

Congregação

Plano de Ensino

30/07/2014

Câmpus de São Paulo Congregação Plano de Ensino 30/07/2014