Você está na página 1de 57
Ray Saat Lata ta Lista 10) Estatis TEORIA E APLICACOES LGU a eal ea EU uc) Quinta Edigdo oan n an LTC CaPiTULO. Apresentando Dados em Tabelas e Graficos UTILIZANDO A ESTATISTICA @ Choice Is Yours (A Escolha E Sua) Parte 1 2.1 TABELAS E GRAFICOS PARA DADOS CATEGORICOS: A Tabela Resumida 0 Grifico de Barras 0 Grifico de Pizea 0 Dingrama de Pareto 22 ORGANIZANDO DADOS NUMERICOS A Disposigito Ordenada A Disposigiio Ramo-e-Fotha 2.3 TABELAS E GRAFICOS PARA DADOS NUMERICOS A Distribuigdio de Freguéncias A Distribuigao de Frequéneias Relativas e a Distribuigo de Percentazens A Distribuigo Acumulada O Histograma © Poligono © Poligono de Percentagens Acumuladas (Ogiva) 24 TABULAGOES CRUZADAS ‘A Tabela de Contingéncia 0 Gritico de Barras Paralelas 2.5 GRAFICOS DE DISPERSAO E GRAFICOS DE ‘SERIES TEMPORAIS 0 Grifico de Dispersio (0 Grifico de Séries Temporais 2.6 QUSO INDEVIDO DE GRAFICOS E QUESTOES ETICAS Griificos do Microsoft Excel SUPLEMENTO DO EXCEL PARA 0 CAPITULO 2 2.1 Criando Tabelas Resumidas E2.2 Criando Graficos 2,3 Criando Graficos de Barras e Grificos de Pizza a Parti de Tabelas Resumidas E24 Criando Diagramas de Pareto a Partir de Tabelas, Resumidas 2.5 Criando uma Disposigio Ordenada 2.6 Criando Disposigdes Ramo-e-Folha E2.7'Criando Distribuigdes de Freqiéncias © Histogramas 2.8 Criando um Histograma a Partir de Dados Resumidos 2.9 Criando Polfgonos 2.10 Criando Tabelas de Contingéncia 2.11 Criando Grifico de Barras Paralelas 2.12 Criando Graficos de Dispersio, 2.13 Criando Graficos de Séries Temporais Este capitulo ajudard voo8 a aprender: CY TTa ed augue ae Z fs Adesenvolver tabelas e grificos para dados categéricos = Adesenvolver tabelas ¢ grificos para dados numéricos ‘© Os prinefpios para uma apresentagio apropriada de gréficos APRESENTANDO DADOS EM TABELAS EGRAFICOS 29) UTILIZANDO A ESTATISTICA @ Choice Is Yours (A Escolha F Sua) Parte | Choice Is Yours (A Escotha E Sua) & umm servigo que ajuda 0s clients a fazerem escolhas bem fundamentadas sobre investimentos. Voc® foi contratado para asses sorar investidores iteressados em funds matuos, uma cesta de certiicados de valores operads em bolsa. De acordo com investopedia.com, "Um funda mituo & ‘nada mais que uma coletinea de ages e'ou titules. Voo® pode imaginar um fundo ‘mito como uma empresa que agrega um grupo de pessoas, ¢ investe 0 dinheiro dessas pessoas em aes titulos © outros certficados de valores, Cada investidor tema posse de cots que representam uma parcela do patrimnio do funda”. (Vow pode aprender mais sobre fundos miituos no enderego ww ‘university/mutualfunds.) ‘Aemprest Choice Is Yours selecionou,anteriomente, una amostta de 838 fundos riituos que ela acredita que possam ser de intresse para seus clientes, Foi solicitado {que voc® apresente dads sobre esses fundos, de um modo tal que venka a ajudar fs clientes a tomarem decisdes bem findamentadas sobre investimentos. Que tipos de dados, em relagio a cada fundo mituo, voc’ coletatia, no sentido de ajudar 0s clientes a compara e confrontar esses iniimeros fundos? ‘Um bom ponto de parida seria coletardados que pudessem ajuda os clientes a lassfiar os fundos mituos em diversas categoria, Voo8 poder pesquisarfatores tais como o grav de rsco envolvid na esratgia de investimento de um determinado Fundo eo fato deo fund s de empresas em crescimento, naquelas com um erescimento répido esperado dentro dos prsiximos 12 meses, ou em agdes com expectativa de valorizagio, empresas eujos pregos de ages esto raquele momento consideradas abaixo de seu valor ral. Vooe pode também investigar se um determinado undo mituo se especializa em um tamanho de empresa especitico ou seo fundo cobra taxas de administagio ‘que reduzem a percentagem de retomo a ser auferida pelo investidor. Evidentemente, voeé deseja saber qual foi o desempenino do Fundo no passado, Voce dese, também, presentar ao cliente virios indicadores sobre 0 desempenho passado de cada um dos fundos. Embora 0 ddesempenkio passado nao represente nenbuuma garantia sobre © desempenho futuro, dads sobre passado podem dar aos clientes uma visio de quaio bem o fundo vem sendo administra, ‘A medida que passa a passar mais sobre sua tarefa, voce percebe que totalidade desses dados, para todos ‘os 838 fundos métuos, € uma tarefa pesada para qualquer pessoa analisar. Como voc® poderia “colocar as mos na massa” e explorar esses dados de uma maneira mais abrangente? Pir saintis os cro cnr enki lism a iti apreenino ola ap tulo, voc’ precisa utilizar métodos da estatistica descritiva, definida no Capitulo I como o ramo da estatistica que coleta, resume e apresenta dados. Nesse censrio, voc® precisa utilizar éenicas descr tivas, tamto para varidveis categSricas (para ajudar os investidores a classificar os fundos miituos) {quanto para variéveis numéricas (para ajudar a mostrar o retorno apresentado pelos fundos individu almente). A leitura deste capitulo iréajud-lo a preparar tabelas e grficos que sejam apropriados para ambos 0s tipos de varidveis. Voeé aprender, também, téenicas para ajudar a responder a perguntas {que requeiram duas varidveis, como, por exemplo, "Fundos mituos com objetivo de crescimento apresentam retornos mais baixos do que fundos miituos com objetivo de “valorizagdo"?” e “Fundos ‘com objetivo de crescimento tendem a ser mais propensos a riscos do que fundos com objetivo de valorizagio? ‘Muitos exemplos neste capitulo itilicam uma amostra de 838 fundos mituos reais, cujos dados voc’ pode encontrar na planitha Dados do arquivo PatdesNGUOENS, no CD-ROM que acompanha olivro. 2.1 TABELAS E GRAFICOS PARA DADOS CATEGORICOS ‘Quando tem em suas miios dados categéricos, vocé tabula as respostasem eategorias, e,em seguida, apre- senta a freqiigncia ou a percentagem em cada uma das categorias, sob a forma de tabelas e grificos. A Tabela Resumida (Uma tabela resumida indica a frequiéncia, a quantidade ou a percentagem de itens em um conjunto de ccategorias, de tal modo que voe® possa verificardiferengas entre as categorias. Uma tabela resumida 30. CarituLo Dos registra as categorias em uma coluna ¢ a freqiiéncia, a quantidade ou a pereentagem em uma outa coluna, ou em outras colunas, A’Tabela 2.1 ilustra uma tabela resumida, baseada em uma pesquisa recente, que perguntou as pessoas © que elas fariam caso tivessem $1,000 excedentes para gastar (Caso Tivesse $1,000 Excedentes para Gastar, o que Voeé Faria com o Dinheiro” USA Today, 1 de janeiro de 2006, p. A1). Na Tabela 2.1, as escolhas mais comuns correspondem a poupanga € pagamento de dividas, seguidas pela compra de itens de luxo, férias ou presentes, além de gastos ‘com bens essenciais. Muito poucos respondentes mencionaram doagdes para insttuigoes de caridade ‘ou outros tipos de finalidade. Percentagem (%) (© que Vocé Faria com o Dinheiro TABELA 2. 0 que as Pessoas Fariam com $1,000 Excedentes ———_Camparia wm tem de luxo, gastria com Frias ou presents 20 | Doaria para insiuiges de aridade 2 Pagaria dvidas 24 | Posparia a Gastria com bons esseneais 16 ‘Outcos " | [EERE thse nesuniva Pana nivels DE isco DE FUNDOS mUTUOS (05838 fundos mtuos que Fizem parte do cenério Utiizando a Estatistcs, no inicio deste capitulo, sio classi- Ficados de acordo com seus respectivos nels de tsco, eategorizados como baixo. médio ¢ alto. Construa uma tabelaresumida para os fundos miétuos, eategorizados em fungdo do rise. SOLUGAO Os fundos mituos s8o divididos, quase que eqhitativamente, em termos de rsco (veja a Tabela 2.2), Existe uma maior quantidade de funds de alto risco (346, 41%) do que de baixo ou médio risco, Existe proximaddamente a mesma quantidade de fundos de medio risco e de Baixo rsco (29%). TABELA 2.2 a Poe risa Searncle Nivel de Risco do Fundo __Naimerode Fundos __Percentagem de Fundos (%) de Frequiéncias e Baixo 2h 20487 Percentagens Pertinentes. Medio 245, 2024 a0 Nivel de Risco de 838 | Alto 346 412 Fundos Matuos Toval BS 700.00 0 Grafico de Barras Em um grafico de barras, uma barra ilustra cada uma das categorias. cujo comprimento representa a quantidade. a freqneia ou a percentagem de valores que se posicionam em uma determinada categoria. A Figura 2.1 exibe 0 grifico de barras para as hipdteses de gasto de $1,000 excedentes apresentadas na Tabela 2.1 Griticos de barras permitem que voo8 compare percentagens em diferentes categorias. Na Figura 2.1, os entrevistados esto mais propensos a poupar e pagar dividas, seguidos pela compra de um item de luxo, ferias ou presentes, e gastos com bens essenciais. Muito poucos respondentes mencionaram doagies a insttuigdes de caridade ou outras finaidades. 0 Grafico de Pizza 0 gnifico de pizza é um circulo desmembrado em fatias que representam categorias. O tamanho de cada uma das fatias da pizza varia de acordo com a percentagem em cada uma das categorias. Na ‘Tabela 2.1, por exemplo, 31°% dos respondentes afirmaram que poupariam os S1,000. Por conseguinte, ao construir o grifico de pizza, os 360 graus que compdiem 0 efrculo sd0 multiplicados por 0.31, resultando em uma fatia da pizza que ocupa 1116 graus dos 360 graus correspondentes ao cireulo, APRESENTANDO DADOS EM TABELAS EGRAFIGOS 31 FIGURA 2.1 Grétco de Barras para a Pesquisa sobre Gasios Grafico de barras do Microsoft Excel para © gasto de $1,000 excedentes Pagariadividas outros i os Series £22» £23 para cra est rea oara para instiuigbes de cariéade ae i a a i i 4 i . 6 0 1 oo %% 9%» Percentagem (%) FEEGEEEIERE ciri00 0 sans pana nivers 0& isco DE FUNDOS MUTUOS ‘Construa um grifico de barras para os niveis de risco de Fundos mituos (com base nas informagdes constants dda Tabela 2.2) e iterprete os resultados. 'SOLUGAO 0s fundos miuos so divididos quase que eutaivamente em termos de riseo(veja #Tabela 2.2) [Existe uma maior quantidade de funds de alto risco (346, ou 41%) do que de baixo ou médio risco, Existe aproximadamente a mesma quantidade de fundos de médio risen e de Baixo risco (29%), Crifico de Baras para Niveis de Risco FIGURA 2.2 Grafico de barras do Microsoft Excel para os ato niveis de risco de fundos matuos E mao Baixo os wo 10 200 250 a0 6000 Froqiéncia ‘Com base na Figura 2.3, voce pode verificar que o grifico de pizza permite visualizar a parcela da pizza como um todo que diz reypeito a cada uma das categorias. Nessa figura, poupanga representa 31% da pizza, enquanto doagses a instituiges de caridade representam somente 2%. Qual dos grificos vocé deveria utilizar — um grifico de barras ou um grafico de pizza? A selegio de um determinado grafico geralmente depende da sua intengao, Caso uma comparagdo entre cate- _gorias seja 0 mais importante, voc’ deve utilizar um grifico de barras, Caso a observagiio de uma pparcela do todo que esteja em uma determinada categoria seja o mais importante, voc® deve utilizar um grafico de pizza, f 32 Cariruto Dos FIGURA 2.3, ‘catieo de Pizza para a Pesquisa sobre Gastos Gratico de pizza do ae astaria com bens essoncials um tem de Microsoft Exce! para (stare com bo ‘a ieaneewe: o gasto de $1.000 ‘ou com presentes excedentes 20 Donia pars inatituigdes de cardade me Vieja os Segdes £22 0 23 | cues para car es ratio | om Pouparia an era divas 288 EEE rico ve przza Pana niveis De isco DE FUNDOS MUTUOS CConstrua um grfico de pizza para os niveis de risco de fundos mituos (veja a Tabela 2.2) ¢interprete os resul- tad. SOLUGAO (Veja a Figura 2.4) Os fundos mituos esto dividides quase que equitativamente emt termos do ‘isco, Existe uma maior quantidade de fundos de alto risco (346, 01 41%) do que de baixo ou medio rseo, Existe aproximadamente a mesma quantidade de fundos de médio de baixo rsco (29%) FIGURA 2.4 (ratio de Pizza para Nive de Rise Grafico de pizza do Microsoft Excel para os niveis de risco de fundos ano / mdtuos pee / ado ‘2% $$ 0 Diagrama de Pareto [Em um dingrama de Pareto, as respostas categorizadas sho apresentadas sob a forma de um grfico, fem oridem descendente, de acordo com suas respectivas freqtiéncias, e so combinadas com uma linha correspondente a percentagem acumulada no mesmo grifico, O diagrama de Pareto consegue identifica situages nas quais ocorre o principio de Pareto. PRINCIPIO DE PARETO $ (O principio de Pareto existe quando a maioria dos itens em um conjunto de dados ocorre em uma pequensa «quanta de categoria, eos poucos tens remanescentes esto expalhaos por uma grande quntiade Je ategoras, Esses dis grupos so geralmentechamnados de “poucosvtas™e “muitos trviais™ TABELA 2.3 Tabela Resumida de Causas de Defeitos om Teclados de Microcomputadores, em um Periodo de Tres Meses TABELA 2.4 Tabela Resumida Ordenada de Causas de Defeitos em Tectados de Microcomputadores, ‘em um Periodo de Tres Meses APRESENTANDO DADOS EM TABELAS EGRAFICOS 33 liagrama de Pareto apresenta a capacidade de separar 0s “poucos vitais” dos “muitos triviais possibilitando que vocé se concentre nas categorias importantes. Em situagSes nas quais os dados envolvidos consistem em itens com defeito ou nio-conformes, o diagrama de Pareto representa uma ferramenta poderosa para a priorizagiio de esforgos voltados para melhorias. A Tabela 2.3 apreventa dados para uma grande empresa de modelagem por injegio que produz componentes plisticos moldads, uilizados em teclados de microcomputadores, maquina de lavar, automdveis e aparelhos de televisdo (veja 0 arquivo defetasemiecadosis). Os dados apresentados na ‘Tabela 2.3 consistem em todos os teclados defeituosos de microcomputadores procluzidos ao longo de um periodo de trés meses. Causa Freqiiéncia Percentagem | | Pontos negros 413 658 | | Avarias 1.039 1643 Manchas 258, 408 | Marcas de pino 13,19 Arranhies 6.99, Marcas de moldagem 438 | | Riscos 653 | Marcas de afundamento S87 | | Maras de tinta 4.62 | Deformidades 3142 | | Toul ionor* “Os resultados dere ieiramente de 10.00 devido a arredondamentas, Fome: Essai de UM. Achar ns C, Mahesh “Winning Back the Customers Confidence: A Case Study onthe Applicaton of Design of Experinents toa Injection: Molding Process, Quality Enginestng, 1,199, pp. 357-268 ‘A Tabela 2.4 apresenta uma tabela resumida para os dados relativos a teclados de microcompu: tadores em que as categorias estdo ordenadas com base na percentagem de defeitos presentes (em. ver de organizados em ordem alfabética). As percentagens acumuladas para as categorias ordenadas também esto inclusdas como parte da tabel, Percentagem Causa Freqiténcia Percentagem Acumulada Deformidades 1.987 31a 3142 varias 1039 16.43 4785 Marcas de pino 834 19 61.04 Arranhides 442 699 6 Pontos negros 413 653 743 Riscos 413 65 81.09 |) Marcas de afundamento 371 387 36.96 Marcas de tints mw 492 91,58, |) Mareas de moldagem 275 435 95.93, Manchas, 258 4.08 100.00 Total ox oor ‘Os resuladosciferem ligeiramente de 100,00 devi a arradondanentos | Na Tabela 2.4, « primeira categoria apresentada € deformidade (com 31.42% dos defeitos), seguida por avarias (com 16,43%), seguida por mareas de pino (com 13,19%). As duas categorias com ocor- réncia mais frequente — deformidade e avarias — Sio responsiveis por 47,859 dos defeitos: as trés ceategorias com ocorréncia mais freiiente — deformidade, avarias e marcas de pino — so respons veis por 61.04% dos defeitos. e assim por diante. A Figura 2.5 corresponde a ur diagrama de Pareto baseado nos resultados exibidos na Tabela 2.4, 34° Canfruto Dors FIGURA 2.5 Diagrama de Pareto, do Microsoft Excel, para dados sobre efeitos em teclados de microcomputadores i as Sees £22 © 24 para one este aca FIGURA 2.6 Diagrama de Pareto, do Microsoft Excel, para o gasto de $1.000 excedentes Diagrama de Proto para Deets om Teclados = = = =! eo "| 20%. bead = ary 40% 7 = ba a i” . BoB PP ~ » ey S SM x s % s Deteito ‘A Figura 2.5 apresenta as barras verticalmente, juntamente com uma linha para a percentagem ‘acumulada. A linha esté desenhada no ponto médio de cada uma das barras, uma altura igual percentagem acumulada, Se seguir a linha, vocé verificaré que as tes primciras eategorias slo Tesponséveis por aproximadamente 60% dos defeitos. Uma vez que as categorias, no diagrama de Pareto, estio ordenadas com base na freqiéneia de ocorréncias, os responsdveis pela tomada de decisio conseguem visualizar onde devem concentra esforgos para melhorar o processo. Tentativas tno sentido de reduzir defeitos decorrentes de deformidades, avarias e marcas de pino produciriam ‘maior relagao custo-beneficio. Depois disso, poderiam ser realizaios esforgos no sentido de reduzir arranhies, pontos negros e riscos. ‘Para que um digrama de Pareto inclua todas as categorias, até mesmo aquelas com poucos defeitos, cem algumas situagdes voo$ precisa incluir uma categoria rotulada de Outros ou Misceléinea. Nesse tipo de situagao, a barra que representa essas categorias é posicionada 2 direita dus outras barras, DIAGRAMA DE PARETO PARA O GASTO DE $].000 EXCEDENTES ‘Constna um diagram de Pato para aqua que o entreyistads fariam com $1000 excedentesveja a Tebela 2.1). SOLUGAO Na Figura 2.6, poupanya e pagamento de dividas si responsiveis por 55% do que os respondentes fariam com $1,000 excedentes: 01% dos respondentes poupariam; pagariam dividas; comprariam um item de inxo, gastariam com feria ou com presentes; ou gastariam com hens essencias. Dlagrama de Pareto para. Pesquisa sobre Gastos asa > t0% jo | con 2 708 sa oon 0% ss ln a | 0% Las Lis m_o. Pana Doarapre ane wrt ee Pelre Utilizando Apropriadamente o Mi or flguma cos, ease, no final sein aprendizado. Fomecer uma ava ‘8 resutaces de um tese, voce € capar ce ‘alles sobreo quaroscedaprendouamatéia fem pauta inflame, 2 oporinideces de ‘evalagio sio rares quando ood est apr ‘coma 0 Microsot Excl, & medida que estuda i iputador do Aui Co f \Voo® est ulzando o Microsoh Excel ao radar, so capaz de: 1. Entender como o programa opera, Entender como o programa opera no sign Mizasot E09. Nao perca seu tempo ens Diretamente do via uta um frogome de conpurader | ® edie CUP produ sus espectvas ior sre Niamoot heat b eda cuneate | Tagies, Nomina, eee inomado sabre | Pensa fze iss sinda que tie plnihas GGutsica Voce pods ober ane pnw pore | © ue ede ou retoma em tomos de val, Carver equa eae ovate de ne | 20 nto qe oc len Oconeomerto RO aueacnpartao ha plonna com rentadoserganeso ou pre. | esas Plernagtes i minmzar poses ‘SsosAalgdes co tpotomdetcent,pro- | conusdes er jd evtarequbocos ta \ado/reproido ro conasguem silo 2 | como utara fangbo DISTNORME. descite | fo Musoson Exel fe do Mevoeok Wiraone) ‘efnar seus comhecimenos sobre o McrogoR | "0 Captuo 6, quando voce a2 FiengS0. | porpque ele se guste mehoraseu eso, ous xen Esperaman quo tita 9 sogu poasa | 0 ilar afungBo com excna smi, porém | Pare'gedars oncagedae Matas pssogs feabo, ‘teen, DISTNORM SS soar ineemasesem ume planta | mae sc erence Sous Geers yectorance | Seana ENSUE Spemymonsiersoreeramseies | crete mel to peapen ns oon | SUDO Hine msrerrponrccayeca | 2c peae naps eae horde mesmo oles ee coon au |p does cota ess ic Tmonn aeons sotge: Sams | fn eqs tae epee tare Weer es cori | pana sxonencammnawen | adtcnmmnne ie aa ies toes nes pei | ert meee era eee | phenome fai dimaurs dies’ ea Oc twas | movercercopemnitetsyarsiia | aie gy Masa ORG « ine ADRESENTANDO DADOS EM TARELAS EGRAFICOS 35 ‘osoft Excel ramen, quando voo8 aprende | Entetanto, 6 voed aprendee uma fungfe do | ter um lane que apreserte a rYonraghos de | Excel quance precisar utile, camo ne caso mado caret ehiaz ‘alguna espéce de ealarSo do | em que descobre que pode uiza Dados Clssicar pare clsstcardados no Exce! $7 ‘ago consti! ume das razbes pels quais | 2003, € mais provavel que vena ase lmbrer ‘sproessoresrealzam testes, Quandoabtém | do carendo apropriag, 4 Saber como rever as formulas pare doscobrir possiveis eros. Jaais poss pata que qalqus planihe que voc ci, eu (que tenha sido cad para voce, Sj serts 2.Entender os conceitos subjacentes 0 ©"os. Examine sempre lod a formulas Ada estatistica, Ceriique-se de que compre. que tenham sido inserdas em uma planiha fede aquio que ura plana esd realzando | (ja.0 Suplemento do Exel para a Captuio para encontrar um modo de fazer a) Voed ‘acs pelo PHS? ov recuperacas do CD- 5. Assumir 0 controle de sua eépia ‘Microsoft Excel. Porson os autos no stent pera fata de poderem aumentar © tamanho da forte Ara 1D pra um tamanho raise! ac exainaremo certetdo de ura Al gis0, 8 voc @ 0 daro do compu fefeaz, Aptenca sobre outras tungdes no | selecineds, olde acrescertarterdas pare | alocaem sou sted itera, cas planee mmomante necasséria - quando precar | darfasea vanos eras deo8las Usize _utiza @ PHStat2 em seu computador vod tar aquela fungBo.As ungbes do rcs. que | 2s énicas do ater (revsadisro Suplemento deve ler toda a documentagso_técrica ‘act aprende mas ndo iza medatamente | do Exce pera © Captulo 1) ou iwento suas inca oarquve Laie-me, no CD-ROM que ‘io fungdes que voce i logo esquecer. | préprastéeicas mas lenbre-se'sempre de scompanha ole @ PROBLEMAS PARA A SECAt Aprendendo 0 Basico ‘2.1 Uma varidvel ctepérica apresenta ts cateporias, com as seguimtes Seeténcias de ocorénci Categoria Freqiiéneia A B ee 8 iS 9 ‘4 Calcule a pereentagem dos valores em relaglo a cada uma das cate- |& Construa um grifico de barras. = Construa um grifico de pizza € Consirua um diagrama de Pareto. 22 Uma varidvel categ6rica apresemta quatto categorias, com as SeseintesfreqUéncias de ocorrénca: Categoria _Percentagem Categoria __Percentagem A 2 iS 35 B » D ey 1. Consirua um grifica de bars bb. Consirua um grafico de pizza. ‘€ Consiua un diagrama de Pareto Aplicando os Conceitos 2.3 Uma pesquisa realizada junto a 705 trabalhadores indagou sobre ‘a quantidade de tempo de uso da Internet no local de trabalho. Os resultados (USA Today Snapshors, 21 de margo de 2006) Foramn os seguintes: Uso da Internet no Local de Trabalho Demasiado Mais do.que deveria a Dentro dos limites Muito ponco Nio utilize BuSaul® a. Consirua um grafico de barras, um grfico de pizza © um diagrams de Pareto. : . Que metodo grifico voes 14 melhor para retratar esses dados? 36 CafruLo Dots Com base nessa pesquisa, que conclusies voe® tra sobre 0 uso da Tnemet no local de trabalho? ‘Qu Umartigo (R. Richmond, “Anatomy of a Threat”, The Wail Street Journal 13 de Fevereiro de 2006. pp. RS. R6) dliscutiu sobre os custos das empresas 10 defender sts redes informatizadas de atagues externos. Atabela a seguir presenta a iscriminagio dos custo fo Custo Percentagem (“) ‘Consultoria 76 ‘Ferramentas de hardware 82 Mio-de-obra 239 Negécios perdidos/recsita pent 236 “Tempo nio-produtivo de empregados 158 Ferramentas de software 142 Outros 50 a. Construa um grifieo de burrs, um grifico de pizza e um diagram de Pareto, '. Que mstodo gritico voc® acha melhor para reiratar esses dads? €. Que conclusdes voed tra com relagdo aos custos das empresas para sdefeniler suas redes informatizadas de ataques externos? 2.8 Em que momento os norte-americanos decidem o que fazer para 0 Jantar? Uma pesquisa feita pela Internet (N. Helmich, “Americans Go forthe Quick Fis for Dinner”), USA Teday, 14 de fevereiro de 2005. 1B) indicou o seguime: Em que Momento os Norte-americanos Decidem o que Fazer para o Jantar % ‘No dtimo minuto 7 lanejam com antecedéncia 5 ‘No mesmo dia 31 [Nao sabem 1 a. Construa ui grifico de barras, um grifico de pizza e um diagrams de Pareto, Qual dos métodos grificas woe’ acha melhor para retratar esses dados? 2.6 A tabela a seguir representa as fontes de energa eltrica nos EUA Fonte % Carvio 31 Hidretetrcidade 6 Gs natural 16 Nuclear 2 Petsileo e leo 3 Fonte: US. Deparment of Bneres 4 Construn um diagrama de Pareto. ‘Que percemtagem da eleticidade & derivada de earvdo, energia nuclear ou gs natura? «. Construa um gratin de pizza 44, Qual dentre os grificos voce prefere utilizar para esses dados — 0 dliagrama de Pareto ou grifico de pizza? Por qué? 2.7 Um artigo (P. Kitchen, “Retirement Plan: To Keep Working Newsday, 24 de setembro de 2003) discutiu os resultados de uma mostra de 2.001 norte-americanos, na faixa entre SO e 70 anos, que estavam empregados em horirio inegral ou em meio expediente. A tabela a segtir representa os planos dessas pessoas em relagao a aposen- tad Planos ‘Nilo trabalhar por dinbeiro nenbum. ‘Monta seu préprio negécio ‘Trabalhar em horiri integral ‘Trabalhar em meio expediente Nilo sabe Outro Percentagem (%) Ey 10 7 46 2 3 a. Construn um gritica de haras.e um grifico de pizza ‘Que metodo grifico voe® acha melhor para revatar esses dados? 2.8 As empresas nort-americanas gastaram mais de $250 bilbbes com publcidade em 2005 (K. Dekaney,"In Latest Deal, Google Steps Further into World of Old Media", The Wall Street Journal, 18 de janeiro de 2006, pp.Al. AB). A despesa se deu do seguinte mod Meio de ‘Montante (bilhdes Percentagem Comunicagio de détares) (Ge) om 0.16 445 1735 Internet 100 3.90 Revistas 29) 932 Jomais 50.2 1957 Oucdoor sy 222 Radio 206 803 Tv Ss 21.60 Outro 458, 17.86 ‘a, Construa um grifico de baras e um 'b, Que metodo gritico voeé acha melhor para retratar esses dados? 2.9 Erros médicos constituem um sério problema nos hospitais. Os ‘dos a seguir representam as causes fundamentals dos rtos de farm ‘em um determinado hospital ao longo de um periodo recente Razao para o Erro Freqiiéneia Instrughes adicio 16 Dosagem 2 Medicar 4 uplicagiio na entrada do pedo 2 Freqiéncia a7 Omissio a PPeldo no descontinuado ao ser recebido 2 Pedido nio recebido 2 Paciente 3 Encaminhamento 4 Outro 5 Constr tm diagrama de Pareto b Discuta sobre as razbes do tipo “poueas vitais” e “muita triviais™ para os ers de farmcia, £2.10 0s dados seguir representam reclamagies sobre quartos de hotek Razio Sujelra no quarto 32 Quarto no abastecido 7 Quarto no pronto 2 (Quarto demasiadamente barulhento 10 (Quarto precisa de manutengio 0 ‘Quarto com poucas camas 9 ‘Quart nto apresenta as caracteristicas prometidas a Falta de acomodagbes especiais 2 ‘4, Constraa um diagrama de Pareto. by Em quaisrazdes de rclamagies voc acha que o hotel deve se conce tra, caso deseje reduzir a quantidade de reclamagdes? Explique > os cia de APRESENTANDO DADOS EM TABELAS EGRARICOS 37. 2.2 ORGANIZANDO DADOS NUMERICOS. TABELA 2.5 Prego por Pessoa em 50 Restaurantes no Centro da Cidade e 50 Restaurantes no SubUrbio TABELA 2.6 Disposigéio Ordenada do Prego por Pessoa em 50 Restaurantes da Cidade 50 Restaurantes do Subdirbio Quando a quantidade de valores de dados é grande, voeé pode organizar dados num disposigo ordenada ou em uma disposicao ramo-e-folha, para ajudar na compreensao das infor- ‘mag6es das quais voce dispoe. Suponha que voce decida conduzir um levantamento que compare ‘© custo de uma refeigao em um restaurante em uma cidade importante ao de uma refeigao similar nos subtirbios fora da cidade. O arquivo de dados FES@URRESRIS! contém os dados de 50 restaurantes no centro da cidade ¢ de S0 restaurantes localizados no subirbio, nos Estados Unidos, conforme mostrado na Tabela 2.5. Os dados niio esto organizados em ordem erescente, ou seja, do menor para © maior. Esse tipo de arrumagio dificulta chegar a conclusdes em relagio aos pregos de refeigbes nas duas éreas geogrificas, Cidade 08 Serer ee errr rears aerate teed Hee MO eo 7 © 0 0 3% 2 4 ;4# ms 6% w 3 » h & & % 31 34 a 8 » 2 2%» 3 2 %@ 38 B38 8 8 Mw 2 OS Subirbio 7 a eT Ce ee ee! “a on mM 2 5 } 3 3 6 6 BB 2 3 om OB 2% OM 430 u 3 2 % 31 30 36 Sm 8 8s A Disposigao Ordenada Uma disposigao ordenada consiste em uma seqiéncia de dados, em uma ordem de classificago, «do menor valor para o maior valor, A Tabela 2.6 contém disposigies ordenadas para o prego de refei- ges em restaurantes do centro da cidade e restaurantes do subiirbio, Com base na Tabela 2.6, voc ‘consegue verificar que o prego de uma refeicZo nos restaurantes do centro da cidade esté entre $14 € $563, enquanto o prego de uma refeicd0 nos restaurantes do subiirbio esté entre $23 e $55. Cidade in 2 Bs 6 aa 3 3 “8 8S miata tae 38 38 a, ot. o 4 8 4 “4 4 a9 30 0 so 50S ae es | Subsirbio | 23 2 25 2 6 | 27 7 29 ee 30 31 x 2 St 36 37 38 i St 9 39 a st St 8S, A Disposicaio Ramo-e-Folha ‘Uma disposigao ramo-e-folha organiza dados em grupos (chamados de ramos) de tal modo que os valores dentro de cada grupo (as folhas) se ramifiquem para a direita de cada linha, A disposigao resultante permite que vocé verifique © modo como os dads esto distribuidos ¢ os locais onde cexistem concentragdes, Para ver © modo de consiruir uma disposic2o ramo-e-folha, suponha que 15 alunos de sua sala almocem em uma lanchonete, Os dados a seguir correspondem ao montante gasto para o almogo: . 38 CariruLo Dos 540 430 4,80 5,50 7.30 850 6,10 480 4,90 4.90 5,50 3,50 5,90 6.30 6,60 Para formar uma disposigao ramo-e-folha, vocé utiliza as unidades como os ramos ¢ arredonda ‘os decimais (as folhas) uma casa decimal para cima. Por exemplo, o primeiro valor corresponde a 5,40, Seu ramo (linha) é 5,¢ sua folha é4, O segundo valor é 4.30. Seu ramo (linha) é4, ¢ sua folha 3. Voc€ continua com os 15 valores restantes e, depois disso, reordena as folhas dentro de cada um dos ramos, da seguinte maneira: 38899 4559 136 FEEEEEDEISIEIEIEEE —0150S1¢A0 RAMO-£-FOLHA PARA O RETORNO ANUAL DE TRES ANOS PARA FUNDOS MUTUOS ‘No cendro Utlizando a Exatiicn deste capitulo, voce esa interessado em extudarodesempei pasado de Tandes nutuos. Um do inieadres do desempento passado é 0 rot0m9 anual de 3 anos (2003-2008) — ou saps arena do etoen a longo das ts mos ox, Constua uma dsposgio ramo--folh pare op etormosarunis ders nos SOLUGAO Com base na Figura 27. voce pode conctuir que ‘= Oretomo anual para res anos mais balxo Foi 6.7 ‘= Oretorno anual para tr anos mais alto foi 423 ‘= Os etornos anvais de tres anos se concentraram entte Il 23 TE Somente seis fundes mts apresentaram retornos anuais de tés anos abaixo de 8, e somente dois funddos rnituos apresentaram retornos anuais de tes anos acima de 40. FIGURA 2:7 a = a Disposigdo ramo-e-folha, ner ddo Microsoft Excel, para Hider J os retornos anusis de 3 fe ish aioe (anos: -ie] fe Veja a Seto £26 para ciar 2 wage i gee APRESENTANDO DADOS EM TABELAS EGRAFICOS. 39) Raia ea 3e Aprendendo 0 Basico 2.11 Forme uma disposigao ordenaa, sendo conhecidos os seguintes ados oriundos de uma amostra com n = 7 resultados de provas de contabilidade, para o final do primeira semeste: 68 94 63-75 71 88 64 2.12 Forme uma disposigio ramo-e-folha, sendo conhecidos os Seguintes dados oriundos de uma amostra com n = 7 resultados de provas de finangas, para o final do primeiro semestre: 80 54 69 98 03 53 74 2.18 Elabore uma disposigio ordenada, sendo conhecidos oss; . Construa um grafico de barras paratelas para a qualidade da placa, bbaseada na condigdo da matriz, «Que conclusdes voeé pode extrairdessasandlises? 2.81 Em um grande hospital, si realizadas pr dia centenas de exames laboratorias. A proporgio na qual os testes so realizados de maneira ‘napropriada (e que. por conseguinte, precisam ser refeitos) parece estivel em tomo de 4%. Em um esforgo para ehegar & causa fundamental ‘dessa no-conformidades (ou seja, testes que precisam ser efeitos), 0 diretor do laboratGrio decidiu manter regstros ao longo de um periodo «de uma semana, Os testes do laboratdrio foram subdiviides com base ro turno de funcionérios que realizaram os testes de laboratrio, Os resultados So os seguintes! TURNO ‘TESTES DE LABORATORIO. REALIZADOS: Dia Noite Total 16 Ey 0 Conformes 646 960 Tot m0 1.000 a. Consirua tbelas de contingncia bascadas nas percentagens totais, nas percentagens das linhas e nas percentagens das colunas '. Que tipo de pereentagem — de linha, de coluna ou total — voe® acre «ita que seja mais informativa em relago esses dads? Explique. A que conclusdes relativas ao padro de testes de laboratScio nd. conforms pode o diretor do laboratirio chegar? [Zotar] 2-32 Foi selecionada uma amosta de 500 consumidores TELE) em una grande dea metropolitana para determinarwitias informagoes relacionadas a0 comportamento do const midor. Dentre as perguntas feitas estava: “Voed gosta de comprat roupas?” Os resultados estio resumidos na tabela de classificagdes cruzadas apresontada a seguir: GENERO GOSTADE COMPRARROUPAS Masculino _Feminino Total _ ‘Sim 136 24 30 Nao os 36 140, Total 240 20 500 1. Constr tabelas de contingéncia baseadas nas percentagens totais, nas percentagen das linhas e nas pereentagens das colunas Construa um grifico de barasparalelas para gostar de comprar roupas com base no sexo do constimidor. «6. Que conclusdes voed tra dessasandises? 2-83 A medida que um niimero cada vez maior de norte-americanos utiliza telefones celulares, les perguntam sobre os locas onde & perm tido usi-los. seguiré apresentada uma tabela de resultados, em percen- tagens, para 2000 e 2006 (extraida de W. Koch, “Business Puta Lid on ‘Chatteboxes", USA Toda, 7 de fevereiro de 2006, p. 3A b ANO ana PERMITIDO FALAR AO q TELEFONE CELULAR EM UM RESTAURANTE 2000 2006 ‘Sim % a eee xc) ‘Total 100 Construa um grifico de barra parallas ', Discuta sobre as mudangas de itu com relago wo uso de telefones celulares em restaurantes entre 200 e 2006, 2.34 Foi condurido um experimento por James Choi, David Labson e Brigitte Madrian com o objetivo de estudar as opgses feitas em relagio 8 selegio de fundos. Diante de quatro dos 500 fundos do indice S&P, Jdénticos exceto nas taxas de comissdo, alunos de graduacdo e alunos de MBA escolheram os fundos da seguinte mancira (em poreentagens) Grupo de Alunos Fundo _Graduagio MBA Fundo com custo mais bao 9 0 Segundo fundo com custo mais 2 40 bao Terceiro fundo com custo mais "7 24 baie Fundo com custo mais alto n 18 Fonte: Extrait de 1. Chol, D. Libvon, and B, Marian, Why Does the Law of ‘One Praice Fall? 4 Experiment on Mutual Funds wvn:som vale eda WeSileesin. i: s ATRESENTANDO DADOS EM TARELAS E GRAFICOS = Construa um grifico de barras paralelas para os dois grupos de 133 a7 109 107 53 alunos. ‘acme aaa RTM '. O que dizem esses resultados em relaso ds diferenas entre alunos Melo de Comunicagao Abaixo de36 36-50 50+ e praduago e alunos de MBA no que conceme a suas respectivas Tyygeqq QT capacidades de escolherfundos do indice S&P S047? Soa ae Sicem nr vs fats etna Um nnd nie cen RAO 5 ‘Gainas etirias essencialmente abtém suas noticias. Jomal local 2 9 2 Consinia um grfico de bares paraelas para a us fais eras, Inert 9s 3 1. Que diferengas existem entre as faa etirias? 16 2.5 GRAFICOS DE DISPERSAO E GRAFICOS DE SERIES TEMPORAIS Ao analisar uma tinica variavel numérica, como o custo de uma refeigdo em um restaurante ou © retorno anual de trés anos, voce ulliza histogramas, poligonos e polfgonos de percentagens acum ladas, desenvolvidos na Segio 2.3. Esta seg di temporais, que sao utilizados quando vocé possui duas variaveis numéricas, 0 Grafico de Dispersio tute sobre grificos de dispersio e griticos de séries océ utiliza um grafico de dispersto para examinar possiveis relagdes entre dias variveis numé- ricas. Para cada observagio, voce insere uma variavel no eixo horizontal, X, ¢ a outra varidvel no eixo vertical, ¥ Por exemplo, um analista de marketing poderia estudar a efiedcia de uma propaganda a0 comparar volumes de vendas semanais com os gastos semanais com propaganda, Ou, ainda, um diretor de recursos humanos interessado na estrutura salarial da empresa poderia comparar 0s anos de experigncia de empregados com seus salirios atuais. Para demonstrar um grfico de dispersio. vocé pode examinar a relagao entre o custo de diferentes itens em varias cidades (extrafdo de K. Spors, "Keeping Up with... Yourself", The Wall Street Journal, 11 de abs de 2005, p. Rd). A Tabela 2.18 apresenta o custo de um hamburgver em uma lanchonete 0 custo de dois ingressos de cinema em 10 cidades do mundo. O arquivo de dados (Cist6@2 WAAR! ccontém o conjunto de dados completo, ! TABELA 2.18 Cidade ambarguer Custo de um Hambirguer em uma Tequio Lanchonete e Custo Londres , Construs um histog rama eum poligono de percentag €, Consirua uma dstribuigio de percentagens acurmuladas e desenhe tum polfgono de percentagens acumuladas. 4. Constua um diagrama de cispersio para prever oniimer de vtsrias ro cixo ¥, com base na remuncragio e nos beneticios de jogadores| chega a partir desse diagrama de ‘ag eixo X. A que conclusdes vo dispersio? €. Que conclusdes voe8 conseguetirar com base nos resultados de (a ae)? sgi0 2.5 foi consteuido um diagrama de dispersio para a ‘ocusto de um hamibirguer eo custo de ingressos de cinema ‘em 10 diferentes eidades. Q arquivo de dados (CUS MGBS! incl também o indice geral de custos, o luguel mensal de wm apartamenta de dois quartos,o custo de uma xfcara de café com a taxa de servigas 0 € 0 custo de ums ‘0 custo de lavagem a seco de um palets masculi pasta de dents, Tete Te 2 Constr seis diagramas de disperso separados. Para cada um deles, uilizeo indice geral de eusos para ino ¥. Liliz oalguel mensal de um apartamento de dois quartos,o custo de uma xicara de café ‘com servigo, 0 eusto de um hambigguer e 0 custo de ingressos de cinema, o eusto de lavagem a seco de um pales masculino eo eusto de uma pasta de dentes para cixo X: 1A que conclusdes voo’ chega sobre a elagio entre a indice geral de 2.82 No Problema 2.39, uilizando 0 conjunto de dados angen ‘ood construiu um diagrama de disperséo para ealoris com o teor total & gondura de sanduiches de frango. ‘2 Construs um diagrama de dispersio para calorias no eixo ¥e carbo Construa um diagrama de dispersio para caorias no eixo Ye séio noeixo X, © Qual das varidveis (teor de gordura, carboidratos ou sédio) parvee star ma estriamenterelacionada 3 calorias? Explique 2.83 0 arquivo de dados GBB contém © prego médio semanal da ssi, nos Estados Unides, de I*de margo de 2004 a 6 de margo de 2006. O5 pregos estio expressos em dolar por gallo, Fonte US. Deparment of Ener, were doe 30% ‘= Consirua um grifico de sries tempers. 1b Que padro esté presente nos dados? 2.84 Os dados contidos no arquivo de dados HOIGERRERE! repre ‘evtam a quantidade de refrigeranteabastecida em uma amosta de 50 _gzrafis consecutivas de 2 its. Os resultados so apresentaos horizon ‘almente, com hase na orem em que as garaas foram abastecias 2109 2.086 2,066 2.075 2.065 2087 2,052 2,044 2.036 2.038 2031 2,029 2,025 2023 2.020 2.015 2.014 2.013 2014 12 2.012 2.012 2.010 2.005 2.003 1,999 1,996 1,997 1,992 994 1.986 1984 1.981 1,973 1,975 1.971 1,969 1,966 1.967 1963 1.957 1.951 1.951 1.987 1.941 1,941 1.938 1,908 1.894 ‘2 Construa um grifico de séies tempor para a quantidade de re erante no eixo Yeo nimero da garrafa (seguindo cansecutivamente de 1 até 50) no eixo X. 1 Que paaio esté presente nos dauos? «Caso Voce tivesse que fazer uma previsiovem relagto’aquantidade de refrigerant abastecida na préxima garrafa. 0 que voc® preveria? Com base nos resultados de (a) até), expligue a rao pela qual é importante construr um grifico de sires temporais eno simples- ‘mente um histograma, como foi feita no Problema 2.27, a0 final da Segio 23, 2.85 0 Indice S&P-500 acompanha a movimentagio geral do mercado & agdes ao considerar 0 preyo de agdes de 500 grandes corporagie. © arquivo de dade YagBeS2008546) contém dados semanais para esse ‘2dice, bem como o prego de fechamento semanal das ages de trés empress, ao longo de 2005. s varidveisineluidas so: SEMANA — Semana terminando na data fornecida S&P — Valor de fechamento semanal para o Indice S&P 500 SEARS — Prego de fechamento semanal das ages da Sears TARGET — Prego de fechamento semana das ages da Target SARA EE — Prego de fechamento semanal das ages da Sata Lev ere: Euraido de wwe finance yahoo.com. ‘2 Construa um grafico de séries temporais pura os valores de fechs- mento semanal do Indice S&P 500 da Sears da Target e da Sara Lu 1. Explique quaisquer padroes presentes nos grificos € Escreva um breve resumo sobre suas descobertas. 2.86 (Projeto para Sala de Aula) Pergunte a cad aluno na sla de ala “Que tipo de refigerante voc? pre modo tal ue 0 professor essa posicionar os resultados em uma tela resumida, rd APRESENTANDO DADOS EM TARELASEGRAFICOS 65, a Converta os dados em percentagens, ¢ construa um diagrama de Pareto, bi, Analise as deseoberas 2.87 (Projeto para Sala de Aula) Faca com que cada aluno na sala de aula sea classificado de forma cruzada, com base no génera masclino, feminino) e na situaglo atual de emprego (sim, no), de modo tal gue © professor possa colocar os resultados em ua tabla, ‘a. Consinaa uma fabela com percentagens de linhas ou de co as mesmats para tadas a verses do Microsoft Excel, exceto pelo ato de ter que clicar na legenda Suplementos, no Excel 2007. para sualizar 0 menu do PHSta2.) ‘Uma vez que as modifieagies do Excel 2007 nfoafetam a maior parte dos métodos estatsticos dscutides em capitulos posetiores, voc® aia {as legendas (97-2005) e (2007) to Frequentemente em Suplementos bseqentes. Entretanto, quando efetivamente visualizé-le, woos deve omen as partes que se aplicam 3 verso do Excel que 1, esteja £2.1_ CRIANDO TABELAS RESUMIDAS > cra uma tabla resumida a partir de dads nio-resumidos criando Tabelas Dinimicas, (Caso seus dads jt estejam resumidos em forma 4e tabla, vooé pode simplesmente digitar essa tabela em uma planilha branco e pula a parte referent &eriago de uma Tabela Dinimica,) bolas Dinimicas so reas de planilha que azemt como se voce tivesse serido formulas para resumir dados. Tabelas Dindmicas possuem tos tipos de uso, além dos disutidos neste livro, incluindo 0 fato de os ust do Excel a capa os dads, ou olhar para os dados no -resumidos e detalhados a patie des quis 08 dads resumidos foram derivados. \ooé eria uma Tabela Dinsimica arastando nomes de variveis para ale de fazer uma andlise por dentro ero de um formulério ou gabarito. Como o roeesso exato & diferente nara o Excel 2007, esta seo inl pass 27-2003 e para o Excel 2007, sens espeeifcas para o Excel tilisando do procedimento do PHStat2 One-Way Tables & Charts melas & Graficos de Fator Unico), voeé pode eriar uma Tabela mica e conelur a tabela reswnida, e ainda, epcionalmente, acres ur as entradas necessrias para um gréfico de barras, un 01 un diagrama de Pareto, willsando as instruges dscuridas EXCEL iiciar uma Tabela Dindmica no Excel 97-2008, abra uma panitha {que contenha seus dalos no-tesumides eselecione Dados > Relatério da Tabela Dinamiea (1xcel 97) ou selecione Dados > Relatério de tabela e grifico dindmieos (Exce! 2000-2003). ‘comands inicia 0 ASsstente de Tabela fico dinimico, urna seqjiéncia do tes caixas de dislogo (quatro no Excel 97) que conduzem voe€ ao longo do processo de riagdo de ume Tabela Dingimica, A Figura 2.1 mostra as caixas de dislogo para o Excel 2003, (Outas verses ent cainas de di apre se dios 0 similares; © Excel 97 utiliza quatro caixas ms desmembrandoa terceira caixa em das.) Vocé caminha ao longo dessas caixas de dis Avanear. para seguir adiante para a caixa de dilogo subseatient, ou fem Volta, para rromar para caixa de didlogo anterior. A qualquer clicando em momento, voe8 pode clicarem Caneelar, para interromper a criagio de uma Tabela Dindmica, ow clicar em Coneluie, para encerrro asistente cccriaruma Tabela Dinimica, Para crar uma tabelaresumida, voed insere as seguines entradas nas caixas de didlogo Btapa 1 Clique em Baneo de dados ou lista do Microsoft Exeel como ‘origem dos dados, ¢ em Tabela Dindmica para o tipo de reatsrio, (Woc8 nio seleciona um tipo de relatério no Microsoft Excel 97; pressuposta uma Tabela Dinimica.) Btapa 2 Insiro intervalo de céluas dos dados a serem resumids na Tabela Dinca. Esse intervalo de e6 veis (tulos de colunas) na primeira fina do intervalo, uma vez que las deve contr legendas de var foassstent, na Etapa 3 utilizar as cules na primeira linha como os nomes para sas varidveis i Pea oe FIGURA E2.1 Etapas do Assistente d ja Tabela Dindmica (Excet 2003) 68. Canfruto Dors namic - layout hone: [Tbe Cl eae asc Lonestar st Coweta hr be, amarante seer ede FIGURA E2.2 Caixas de didlogo Layout da Tabela Dinamica e Opgdes da Tabela Dinamica tha como sen a loc. ique a dieita Tabela Dindmica e clique no menu de Etapa 3 Clique inicialmente na ops0 Nova pl lizagdo de sa Tabla Dinmica, Depois disso, clique em Layout para que Opes da Tabela imiea, que aparece. Nacaina de didlogo Opgdes sejaexibida a caixa de dislogo Layout (veja'a Figura E2.2)" Desenhe a da"Tabela Dindmica (uma versio reorganizada da anterior, mostra na utilizandoas instrugdes no pardgrato a seguir. c. depois disso, Figuts E2.2), clique na guia Layout & Formato, marque a caixa Para m OK. para retornar a caixa da Etapa 3, Depois disso, cliqueem eélulas vazias, mostra, insia 0 como seu valor e clique em OK. ‘Opgées para exibi caixa de dislogo Opgdes da Tabela Dinimica (veja ura E2.2),Insia O (zero) como 0 valor de Para eélulas vazias, strar:e clique em OK para retornar i caixa de dislogo da Etapa 3 ‘em Conelui para criar a Tabela Dindmica Layout da Etapa 3, amas alex Depois disso, cig Nactina de did dada varie! a ser resumidae libere cys legend a rea correspondente & LINHA, Sere ey Arraste uma segunda epia dessa mesma legenda ¢ libere na @) DADOS. (Esta segunda legen se modifica para Soma do nome da varkdvel, para ndicar que a Tabela Dindmica somaré ou organizaté as Ceo cocorréneias de cada uma das eategoras da var Coe Iniciando uma Tabela Dinamica (2007) amare pea 7 Para iniciar uma Tabela Dindrmica no Excel 2007, abra a planitha que | ©#eemerwmatnda corte Cetra ers Tabara: costagaignn Retro des ros cntém 0 seus dads ndo-testmidos, e selecione Inserir > Tabel Diniimica. Na caixa de didlogo cl 2,3), deixe seleconada opsio Selecionar uma tabela ou interyalo,¢ ‘erifique e modifique, caso necessio, interval de céulas para Tabela Intervalo. (Na Figura E2.3 6 exibidoo in rvalo de células dos dados ee con ee ons. rans parafandos nits dapanitha Dados de FURBOSMIRUOSHIS Sclecione | Otrints Pransetoasa makers $ cpio Nova planta e ligue em OK. rece No painel de tarefas Lista de Campos da Tabela Dindimica, arraste a = senda da varidvel a ser resumida, e liber irea Rotulk I de Linha,Arrast uma spun cin dessa mesma legend, idee 4 ‘aos Jegenda na drea © Valores. (Essa segunda legenda se modifica para i dio nome da varivel, pra indicat que a Tela Dini Soma ot ts ra 8 Avangar nosso cava. oc? FIGURA E2.3 os Caixa de didlogo Criar Tabela Dinamica e painel de tarefas ‘para Opgbes Lista de Campos da Tabela Dinémica (Excel 2007" EXEMPLO Tabela Resumida para a Tabole 2.2 Para iniciar uma verso de Tabela Dinfimica para a tabela resumida da Tabela 2.2, semelhante i Tabela Dindmmica apresentada a seguir, abra asta de trabalho find@SIMMGRIOERIS . na planitha Dados e utilize 0 onjunto apropriado de insrugies ‘Soma de Risco isco. > [Total [Percentagam| Baixo 247] 23,47%| Medio 245[ 29,2424 ‘Ato 346] 41 23% ‘Total Geral] 838) Excel Basico 97-2003 Inicie 0 Assistente de Tabela Dindimicae siga = instrugBes para “Iniciando uma Tabela Dingimiea 97-2003" na Seco £21. Na Btapa 2, insira F1:P839 como Intervalo, Na caixa de dislogo yout, da Etapa 3, arrase a legenda da variivel Riseo duas veres, ‘=a ver par adres corespondente a LINHA ¢ uma segunda ver para Sea correspondente a DADOS. (Esta segunda legenda se modifica para Soma de Riseo, quando voc libera a legenda na drea para DADOS.) Depois de cliear em Coneluir, para criar a Tabela Dinimica, continue com as instrugdes para "Coneluir a Tabela Dindmica, que aparece em szuida este exemplo, para completar uma versio de Tabela Dindmica para. a Tabola 22. Excel Basico 2007 Selecione Inserir > Tabela Diniimica. No paine! & tarefas Lista de Campos da Tabela Dindmica, araste a legenda da varidvel Riso duas vezes, uma ve7 para rea Rétulos de Linha c uma segunda vez pura adrea ¥ Valores. (Essa segunda legenda se modifica gare Soma de Risco quando voce libera a lezenda na srea > Valores) catinuie com as instugdes para “Coneluir @ Tabela Dinimica” que parece em seguida a este exemplo, para completar a versio de Tabela Dinimica para a Tabela 2.2. PHStat2 Sclecione PHStat2 > Descriptive Statisties > One-Way Tables & Charts (PHStat2 > Estatistica Deseritiva > Tabelas & ‘Geaticos de Fator Unico), Na caixa de dislogo para esse procediment sostrada a seguir), clique na opgdo Raw Categorical Data (Dados ‘Categ6ricas Brutos)e insira FL:F839 como Raw Data Cell Range Satervalo de Cétulas de Dados Brutos). Clique em First cell co Nay Tables & Chart APRESENTANDO DApOs 69 ARELAS E GRAFICOS label (Primeira eélula contém rétulo) ¢ insta um titulo em Title (Titulo). Clique em Pereentage Column (Coluna de Percentagens) ¢ Pareto Diagram (Diagrams de Pareto) ¢ clique em OK. A planitha PHStat2cria colunas para freydéneias de percentagens e percentage acumulada, (Voce pode, com seguranga, excluir a planilha de grafico {que contém o diagrama de Pareto, caso no dese esse tipo de grifico ) Caso voc® deseje rir gréticos a pair da abelaresumid que o PHStat2 ria, vocé pode também clicar em Bar Chart (Gritfico de Barra) cou Pie Chart (Gritico de Pizza) antes de clicar em OK Coneluindo a Tabela Dinamica Depois «ue o Excel cria a Tabola Dinmica,feebe qualquer janela da barra de ferramentas da Tabela Dinimica que estejaativa (97-2003) ou 0 Painel de tarefas Lista de Campo da Tabela Dindmica (2007) Insira um tuto na célula AI da nova plaitha que contém a sua Tabela Dindmica, Domesmo modo. renomeie a nova planitha, uilizando um nome dese tivo, Depois disso, na célula C4, insra Pereentagem e. na cslula C3, insiraa formula sob o formato =BS/BSn, em que n coresponde linha {que contém 0 Total Geral Por exemplo, se linha para Total Geral & a linha 8. insira =BSIBSB. (Se vocé nio conieceo significado do simbolo S (sina de cifro,faga uma revisao na Seo EI. 5.) Copie essa frl Para aixo, ao longo de todas as inhas de categoria da tabelaresumida, Formate o intervalo de eélulas que contém essas formulas para exibiglo sob a formade pereentagens. justo mimero de casas decimaisexibia, ‘ea largura da coluna C, conforme necessitio, e arescente bordas em tomo das clulas de colunas de percentagens. (Caso necessii eveja ay instrugdes para realizar esses procedimentosapresentados no Suplemento ddo Excel para o Capitulo 1.) Se voc estd utticando o PHStat2, esses toques de acabumento so Seitos por vocé. caso voce selecione a opto de resultado Percentage Column (Colura de Percemagens). Entradas de Células para um Diagrama de Pareto ‘Se voes plane crigr um diagrama de Pareto insirao vu Pereentagem Acumulada na céhula De insira a fSemula =CS na eélla DS. Insira a formula =C64DS na célla D6 e copie essa férmula para baixo, a longo de todas a lnhas de categoras da label resumida, Formate o intervalo ddecélulas da coluna D que contém formulas para exibigio sob a forma de percentagens. Ajuste o niimero de casas decimaisexibidas ea largura dda coluna D, conforme necessiti. FIGURA E2.4 Caixas de didlogo Campo da Tabela Dinémica ¢ Opcdes ‘Avangadas da Tabela Dinamica (Excel 97-2003) 70. Capiruto Dos FIGURA E2.5 Caixas de didlogo do Assistente de grafico (Excel 2003) Caso esta ilizand o Excel 2007, clique na célula BS (a primeira Freqinca)e selecione Inicio > Classificar & Filtrar (no grupo Edicio) > Classificar do Maior para o Menor. Caso nio esteja utiliza 0 Excel 2007, clique delta nae8lula Ade clique em Configuragdes de ‘Campo no menu de atalho (Campo, se estiverutlizando © Microsoft Excel 97), Nacaixa de dislogo Campo da Tabela Dinimica, que aparece (vejaa Figura E2.4), clique em Avangad. Na caixa de dislogo Opies Avangadas de campo da Tabela Dindmica, que aparece (veja também Figura E24), selecione a opeao Decreseente, e Soma da varidvel. a Darr da lista de rolagem Usandlo eampo. Clique em OK pura retornar 2 caine de didlogo Campo da Tabela Dinimica e, depos diss, cli ‘em OK naguela caixa de dislogo, de modo a retomar& planilha. (Essis Ultimas etapas reordenam a linhas da estegoria na tabela em order descendent.) Caso este ilicando 0 PHStt2, essas entradas adicionals so feitas por vocé, se voce selecionar a opcode resultado Pareto Diagram Diagrama de Pareto). £22 CRIANDO GRAFICOS oot eri grificos associando dados de planilhas a um determinad tipo etsonaiza, Para tia um grafico, voce deve de grifico que wee®, eno, p especificaro intervalo de eéluas para os dados da planitha,escother 0 tales deforma tipo de grifico e seu respectivo subtipo, estabelecer do tagdo, tai como titulos e legendas para eixos, ¢ escolher se coloca 0 rifico em sua propria planilha de gritico ou se insereo grafico em uma plana no nal, Uma vez que © processo & diferente para o Excel 2007. esta segao inclui passagens especificas para o Excel 97-2008 & para o Exeel 2007, Muitos prokedimentos do PHStat2, incluindo One-Way Tables & Charts (Tabelas & Grdficos de Fator Unico), incluem opgdes de resu- tados que criim grficos para voeé Criando Graficos (97-2003) Para criar um grifico nas verses do Excel que no o Excel 2007 abra ‘a planitha que eontém os seus dados ndo-resumidos¢ selecione Inserie > Grifico. [so iniciao Assstent de gritico, uma seq cia de quatro caixas de dilogo, que conduzem voeé ao longo do processo de eriagia de um grifico, A Figura E2.5 mostra essas cainas de dislogo para 9 Excel 2003. (utr verses apresentam cainas de dislogo similares) Para eriar um grfico, faga as seguintes entradas e apgBes nas cals de idlogo de Etapas. Etapa 1 Escolha o tipo de grifico a partir da guia Tipos padre ow: Tipos personalizadas. A maior parte dos grificos que voc’ eria nese livro so ipos de grifieos encontrado na guia Tipos pad Etapa 2 Insira 0 intervalo de células dos dados a serem colocados oa servalo de dados.* Para alguns tips de grificos, oa guia Seqiiéncia, o intorvalo ou os intervalos de células que contém informagdes sobre 0s tiulos de grficos. Os inter ‘alos de ostulas na guia Seqaéncia devem sempre ser inseridas com os fome da ‘oes também ins rnomes das planilhas exibidos como formulas, no formato Inaltmtervalo dle Célula caso car estas mas amiga do Exel sl amen neni wizando o formato Nome dP jo de Ci FIGURA E2.6 Selecionando um subtipo de grafico (Excel 2007) Etapa 3 Insiattulos e selecione opgies de personaizacio para o seu fico. Ando ser que instru uma outra coisa, especificamente, em strugBes posterior, utilize os seguntesajustes (para um determinado umas dessa endas para 08 eixos, caso priado. uia Kivos, marque as cainas de verticago para elxo dos valores X)¢ para exo dos valores (Y),¢selecone a opsao Automatic abaixo caixa de veriicapdo para ocixo dos valores (X), <2 guia Linas de grade, destnargue todas as eas de verificagto. cuia Legenda, desmsrqu legenda, ia Rétulos de dados, clique na ope Nenhum, abaixo do title Rétulos de dads, ula Tabela de dados, desmarque ac tabela de dads, Exapa 4 Clique na op;30 Como nova pl ‘8 caixa de verificagio Mostrar a de verifieagio Mostrar tha, para inscrirogrifico em prpra planithad grfco, (Essa op cra um grafico com melhor alae melhor aparéncia, que pode ser mais facilmente imp parido,) Em ia, clique em Coneluir para cia Se voe8 descobri algurm erro em seu grifico depois que ek clique dieita no gritio eselecione Tipo de grt, Dados de Opcbes de griico ou Local para retornar a versBes das cainas logo da Ftapa 1, Ftapa 2, Etapa 3 ou Etapa 4, espectivamente Criando Graficos (2007) fico no Excel 2007, abra a planilha que contém os s dados nio-resumides, Selecione o interval de células dos ‘Conca, AMRESENTANDO Dabos 8 T Grarwcos 71 Ty Oo @ : fico. Caso seu invevalo de eélulas contenhia arrastae seleciona cada uma das deeas, Selecione ire, no grupo Graficos, clique em tipos de geificos. A partir da galeria de ralagem ‘clique no subtipo de gifieo que voeé desea, Para ajuda a distingur entre subtipos, movimente © ponteiro do mouse acima de um determinado fubtipo, ¢ espere que aparega a descrigo do subtipo Na Figura E2.6, apa para grifico de barry 1 descrigio para o subtipo “baras agrupadas Personalize seu grifico clicando no grifica ¢ selecionando a gia Layout do rupo da faixa de opgies de Ferramenias de Gritico (ou Ferramentas de Grifico Dinimico, se 0 grifico for baseado em uma a Dinimica). Faga uma veriicagio nos ajustes para os membros upos Retulose Bixos, nessa guia, A no s que especificado diferente em instrogdes posterores utilize os seguintesajustes para esses itens (para um determinado tipo de griico, itens podem ‘io estar disponiveis ou podem estar desabilitados Titulo do G do Grifieo co Escolha Titulo Sobrepasto Centra iat ou Ae Titulos dos Fixes Para .0 Horizontal Principal see cione Titulo Abaixo do Eixo, Para 0 Titulo do Fixo Vertical Principal one Titulo Girado. Alguns grate para esses grficos, selecione Tituly Abaixo do Eixo como Titulo do Eixo Horizontal Sceundirio, Nena Titulo do Kivo Vertical Secundario, 1s de Dados Sclecione Nenhum {de Dados Selecione Nenhuma, Eixos Para o Titulo do Eiso Horizontal Princi selocione Mostrar Fixo da Esquerda para a Direlta, Para o Titulo do Eixo Ve Dados er) Fidos MtUos3s a Cantu sclecione Mostrar Kixo sem Rétulos. Alouns griticos mp io e Mostrar Eixo Padrio como possuem eixos securerios: para e Titulo do Eiso Horizontal Seeund: Titulo para o Eixo Vertical Secun« Linhas de Grade Sclecione Nenu HorlzontaisPrineipais tanto para Linhas de Grade pra Linhas de Grade Verticals Principals ‘0 Excel 2007 eria grficos em planilhas. Para mover um grifico tdirita na moldura do grifico ¢cligue em Mover Grfieo no mens de atalho que aparece. Na caixa de didlogo Mover Grifico que aparece Sclecione a opgao Nova plana e clique em OK. Dicas Adicionais para Graficos Muitos grit especialmente aqueles eriados no Excel tipo LCD. Para re 03, clique deta no fundo 1m projetor de vide ero prevnhiment Tique em Formatar area de plotagem. no menu de Nenhuma para 0 g aho. Na caixa 10 gv ap po Area em OK. ( oi feito para todos os grificos mostrados neste ‘undo colorido no Excel 2007, clique & direta no one Layout > Area de plotagem c selecione Nenhium na galeria da Are 0 possivel que voce abraa planta de grficoe lize somente parte de um grifico (demasiadamente grande) ou ve srifico(demasiadamentepequeno) cercado por uma moldura demasind rama p) > Zoom ¢. depois disso, na caixa de dislogo Zoom, slecione a opy0 Ajustar selegde c clique em OK, Para exibir um grafico com dimensies simizadas no Excel 2007, utilize a seta deslizante do Zoom, local + direita da jancla do Excel, ou clique no guia, selecione Forma ‘9s itens para o grupo Taman, FIGURA E2.7 ccocstilo da letra. (A maior parte dos grificosiustrados neste liv apresen para 12 pons, com at fate em CRIANDO GRAFICOS DE BARRAS E GRAFICOS DE PIZZA A PARTIR DE TABELAS RESUMIDAS £23 iu passages expecificas para 0 Excel 97-2003 e para o Excel 2007, do PHStat2 One 5 & Charts & id barra e gréficosd Criando Graficos de Barras e Graficos de Pizza (97-2003) Alba a planilha que contém sua tabelaresumida Caso sua tabela ret ida sja uma Tabela Dingmica (como aque 250 E22) Clique em uma lula que esteja fora de sua Tabela Dindmica.*Inicializ ‘oAssstete¢ ral tapas 1 Clique em Barras, como Tipo de graf para Subtipo de gr sia Tipos pad, ‘quando s Para um gro d Tipo de griico. de grafico, que mostra que em Pizza com pasa Subtipo rida Plaza » Interval Etapa 2 Clique na guia Intervalo de dados einsira con de dados o infervalo de eélulas das legendas das categorias oF Selecionando Ocultar botées de campos de grafico Dinamico (Excel 97-2003) <=ninard com uma célula na coluna B. (Voe® no incu as o8lulas wna C que contém as perventagens.) Clique na opgao Colunas, siejavisivel. Em algumas versbes do Excel, 0 modelo de seostrado na eaixa de didlogo contém legendas aticionais, dentro de nexas, que woe’ pode ignora, por ora. espa 3 Clique na guia Titulo, Insira um titulo para Titulo do gréifieo << estiver criando um grifico de barras,insira nomes apropriados os tiulos de Fixo das categorias (X) © Fixo dos valores (¥), Pera um grfico de barras, clique, uma de cada vez, nas uias Fixes, Linhas de grade, Legenda, Rétulos de dados c Tabela de dados, ¢ ‘Sexe 08 contoles,conforme discutido na parte “Criando Graficos (97. "da Seco E2.2. Para um gfico de pizza clique na guia Legenda = desmarque Mostrar legenda, e, depois, clique na guia Rétulos de sados, Se estiver uilizando o Excel 97 ou o Excel 2000, clique na op¢a0 Mostrar rétulo e porcentagem: caso contério, clique em Nome da categoria c Porcentagem Caso 0 grifico criado coatenha as legendas adicionas,tais como -Solte Campos de Pagina Aqui”. que voc’ ignorou na caixa de didlogo 4a Etapa 2 clique & direta na categoria da lista de selegSes na planilha de (Riseo, na Figura 2.7) e cligue em Ocultar botdes de campos se grifico dit sso elimina aconfusoe faz-com que o seu grafico SSgue mais parecido com o gréfico apresentado na Figura 2.4 EXEMPLO Grafico de Pizza da Figura 2.4 para Niveis de Para criar seu proprio grifico de pizza da Figura 2.4 para niveis de isc, £14 pasta de trabalho [CHRIS na planilha Tabela 2.2, clique na cla DI (uma célula fora da Tabela Dingimica)e utilize 0 conjunto seropriado de instru. Excel Basico 97-2003 Siga as insirugdes em “Criando Griticos de Barras & Graficos de Pizza (97-2003)", Na Etapa 1, clique em Pizza sc Tipo de Grifeoc,entio, clique na primeira oped de subtipo de -gends Pizza no ser slecionada, Na Etapa 2 187 como Intervalo de dados, na caixa & didlogo da Etapa 2 Excel Basico 2007 Sigs as insiugses em “Criando Grifieos de Bars & Grificos de Pizza 2007", clicando na célula AS antes de selecionar laser. Ca oae APRESENTANDO DADOS EM TARELAS EGRAFICOS. 73, PHStat2 Solecione PHStat > Descriptive Statistics > One-Way Tables & Charts (PHStat > Estatstica Deseritiva > Tabelas & icos de Fator Unico). Clique na opcio Table of Frequencies Jas), insira Ad:B7 para Freq. Table Cell Range Untervalo de Células da Tabela de Freqineias)e clique em First row of table contains label (Primeira linha da tabela eontém rétulos), Insta ums titulo em Title ¢ clique em Pie Chart (Grafico de Pizza). (Noes pode também clear em Bar Chart (Griffico de Barras) e Pareto Diagram (Diagrama de Pareto) para criar esses grficos ao mesmo tempo.) Criando Graficos de Barras & Graficos de (2007) Alba planitha que contém a sua tabelaresumia, Clique em uma eétula ‘dentro de sua tabela , depois, selecione Inserir. Para um grfico de barns, clique em Colunas no grapo Graticose, ent, clique em Colunas ‘Agrupadas na galeria de griticos, Para um gritico de pizza, clique em Pizza no grupo Grificos ¢, depois, cligue em Pizza na galeria de Grificos. Ajuste a contiguragbes de gritico,conforme dscutidona pate ‘Criando Graficos (2007)", da Sogo E2.2, izza £2.4 CRIANDO DIAGRAMAS DE PARETO A. PARTIR DE TABELAS RESUMIDAS ‘oct cria um diagrama de Pareto partir de uma bela resumid wi zando fungies de gritico do Excel Para iicia, abra a planitha que ‘contém a sa tabelaresumida, Inia, caso nevesséro, as entradas discu tidas na parte “Entradas de Células para um Diagrama de Pareto", da ‘Segio E2.1. Uma vee que a crag de griticos apzesenta diferengas para ‘0 Excel 2007, esta sega inclui passagens especificas para o Excel 97- 2003 e para 0 Excel 2007 0 procedimento do PHStat2 One-Way Tables & Charts (Tabelas & Gnéficos de Fator Unico) pode criar wm diagrama de Parewo quando aed seleviona o procedimento One-Way Tables & Charis (Tabelas & Grificos de Farge Unico) Criando um Diagrama de Pareto (97-2003) ‘Caso sua pani contenha uma tabelareyumida do tipo Tabela Dindmica (como aquelas eriadas na Segio E2.2), clique em uma eslula que este fora de si Tabela Dinimicanicieo Assistente de grtfico(sclecionando Inserir > Grifieo) © tapa 1 Clique na guia Tipos personalizados, Clique na po Intermo «. depois, selecione Lins. = Cols. em 2 eixos como 0 Tipo de grtico, tapa 2 Clique na guia Intervalo de dades. Insira na eaixa de edo Intervalo de dads o intervalo de dados correspondente a freqiéncias de percentagensefregléncias de percentagens acumuladas, semi os seus respectivos titulos de colunas. Esse intervalo sempre ter inicio com a <€lula C4 ¢ terminaré com uma eSlula na coluna D. Clique na opgio ‘Colunas, no grupo Série em, e, em seguida, clique na guia Seqiiéncias, Insira, no formato de una formula, para Eivo das eategorias (X),0 incr valo de células da coluna A que eontém as legendas de cat ‘em branco a caixa Biko das segundas eategorias (X) caso aparega tapa 3 Clique na gua Titulos. Insta um titulo para Titulo do grifico, © nome da vatiével na caixa de edigio ixo das eategorias (X), © Pereentagem a caixa de edigao Eixo dos valores (¥).Deixe em branco, 1s outras duas cainas de edigdo. Clique, uma de cada vez, nas guias Linhas de grade, Legenda, Rétulos de dados ¢ Tabela de Dados, ¢ de coat fred Tabala Dindme, 0 A um gio do too ead, Se So ocore emt de gr 208 pre pres tr ul4zZ, 74° CapiTuLo Dos utilize os ajustes de formatagdo apresentados na parte “Criando Graticos (97-2003)" da Sego E22 CO assstente cri um iagrama de Pareto que contémn uma esl secur ria (dreita) para 0 eixo Y, que, de mancira inapropriada, se estende além de 100%. Para cortigir ese ero clique a dircta do eixo (woc® ver ‘uma dics de ferramenta’ Bixo Secundaiio dos Valores quando 0 sou iouse estiver posicionado no local apropriado) ¢ clique em Formatar Eixo no menv de ataho. Na guia Eseala da caixa de didlogo Pormatar Eixo, moditique o valor em Maximo para 1 e clique em OK. Apdo de producto do Diagrama de Pareto pelo PHStat2, no proce iment One-Way Tables & Charts (Tabelas & Graficos de Faxor Unico az essa corregio por vocé Criando um Diagrama de Pareto (2007) Selecione 0 intervalo de eéluas dos dados a serem colocados no erie. (Esse intervalo comegard com a.célvla C4, se voo® utiliza instrugdes “entradas de Células para um diagrama de Pareto”, na Segio E2.1.) Selecione Inserir > Colunas (no rupo Grificos)e selecioneo primeiro subkip,idenifcado como Colunas Agrupadas quando voce movment © ponteiro do mouse sobre aquee subtipo e parlisa o mouse, Selecione Formatar esclevione a srie Percentazem Acumulada, da lista de opgdes ‘que aparece no grupo Seleeo Atual. Depois isso, selecione Formatar Sele (a parti do mesmo grupo), nacaixa de dislogo Formatar Série {de Das selecione Bio Seeundirio no painel OpgSes de Série, clique ‘em Feehar. Com a série Percentagem Acumulada ainda selecionada no ‘grupo Selesio Ansa elecione Design > Alterar Tipo de Grifieo na galeria para Alterar Tipo de Grifico, selecione ogrifico Linha, iden tticado como Linha com Mareadores.eelique em OK, ‘Caso seu gritico contenha linhas ndo-especificadas — por um gritico de freqicias de percentage — série de cada vez, fazendo o seguinte:selecione Formatar e,entio, sle- cine uma série exten pari do grupo Selego Atual. Selecione Design ‘ Selecionar Dados. Na cuixa de diflogo Sclecionar Fonte de Dados (ea Figuta E28), selecione asérie Entrada de Legenda (Percentagem, nia Figura E2.8) clique em Remover c, depois disso, em OK. Reposicione seu grfico em uma plana de grificoe personalize seu _grético uilizando as instrugtes em “Criando um Grifico (Excel 2007) na Sesio E2,2. Caso su grfico possua uma escala de eixo Y secundrio (A ireita) que inapropriadamente exceda 100% clique din «clique em Formatar Eiso no menu de aalho, Na guia Eseala da caixa de dislogo Formatar Exo, modifigue o valor nacaixa de edigao Maximo para 1e clique em Fechar. FIGURA £2.8 A caixa de didlogo Selecionar Fonte de Dados (Excel 2007) ‘Dias de Fora enter se que apaooem de re cbetos que exo nal EXEMPLO Para ctiar 0 seu proprio diagrama de Pareto da Figura 2.5, a pati da Tabela 24, tabela sua para defeitos em teclados. bra inicialmente pasta de trabalho [S36M6 28. na planitha Tabela 2.4, uma verso de Tabela Dindmica paraa Tabela 24, Clique na céula D2 (uma cslula fora 4a Tabela Dindmica) e utilize o conjunto apropriado de insirugbes. rama de Pareto da Figura 2.5 Excel Bésico 97-2003 Utilize as insteugies da soso anterior "Criando um Diagrama de Pareto (97-20083)". Na Etapa 2 do Assistente de ere insira C414 como Intervalo de dados. na guia Inervalo de Dados, ¢ insira& fGrmula =Dados de Pareto!AS:A14 ns eaiva Rétulos do eixe ‘das categorias(X),ra guia SeqUencia Excel Basico 2007 Sclecioneo intervalode células C42F 14. (Embora ‘esse intervalo jnelua colunas de que voce nto precisa, isso ajuda 0 Excel ‘dar a voc$ uma boa ida sobre o tipo de grifico que vooé desea.) Siga as instruges da sego anterior “Criando um Diagrama de Pareto (2007). {Uma ver que o seu intervalo de grafico inclu a coluna de freqiéncia de whoa processo percentagens, ocd ter que exeluir essa soqiéncia ut ‘iscatido nas instrugdes correspondemtes. PHStat2 Sclecione PHStat > Descriptive Statistics > One-Way ‘Tables & Charts (PHStat > Estatistica Descritiva > Tabelas & Griificos de Fator Unico), Clique na opsi0 Table of Frequencies (Tabela de Freqiigncias) insira A4:B14 como Freq, Table Cell Range [antervalo de Células da Tabela de Freq.) ¢ cligue em First row of table contains labels (Primeiralinka da tabela contém rotulos), Insta tum titulocem Title clique em Pareto Diagram (Diagrama de Pareto). (oes pode também, clear em Bar Chart (Grifico de Barras) eem Pie (Chart (Grfico de Pizza), para crar esses griieos ao mesmo tempo.) Way Tables & Charts Typepof Data: Raw Categorical Data © Table of Frequencies Freq, Table Cel Range: a IF First row of table contains labels Output Options. £2.5 CRIANDO UMA DISPOSICAO, ORDENADA ‘Voce cria uma disposiglo ordenada uilizando as fungdes de classifi; casi do Excel, Como esse process & diferente para o Excel 2007 est seco inclu passagens espectficas para o Excel 97,2003 e para 0 Excel 2007. Criando uma Disposigao Ordenada (97-2003) Sciccione os dados a serem clasificados e, depois, selecione Dados > ‘Glassificar, Na eaixa de didlogo Classificar (mostrada a seguir, seme Sante para todas as versSes, embora mais incrementada no Excel 200; scecione a coluna a ser classificada a partir da lista Classificar por “gue no boo da primeira opgao para Crescente ou Decrescent. ‘Xa caixa de didlogo, uma coluna chamada Prece foi selecionada como Classiicar & Filtrar (no grupo Editar) > Classificar do Menor pera o Maior. £26 CRIANDO DISPOSIGOES RAMO-E-FOLHA ‘Nec ria disposigdesramo-e-folhautlzando o procedimento do PHStat2 Ssem-and-Leaf Display (Disposigio Ramo-e-Folha) ou eriando manu- sSeente os ramos eas flhas em células de planilhas. Se voce opt por sar manualimente uma dispesigia ramo-e-Folha, vos’ descobriri que a sifleagao de seus dados para criar uma disposigio ordenada (veja 8 <0 anterior) simpliticard sua tarefa Utilizando a Disposigéo Ramo-e-Folha do PHStat2 AAbca a planiha contendo os dados a serem inseridos no eritico. Setccione PHStat > Descriptive Statistics > Stem-and-Leaf Display PHStat > Estatistica Deseritiva > Disposicio Ramo-e-Folha) Sera o imervalo de células de dados a serem inseridos no gr: = Variable Cell Range (Intervalo de Células da Variivel). Cig = opsio First cell contains label (Primeira célula contém rétulo). Selecione sempre a opgio Autocalculate stem unit (Autoealeular a smidade ramo),insira um titulo em Title e clique em OK. (A opsio Semmary Statistics (Estatisticas Resumidas) ¢automsticamente se Sooada para voce.) APRESENTANDO DADOS EM TABELAS EGRAFICOS 75, Seu eet Criando Manualmente Ramos-e-Folhas Aplique a discuss da Seo 2.2, que deserve o processo manual par tla amos--fothas, Uli uma nov plana utilize dus cola uma pars os ramos e uma para as flhas. Voce precisa nseri cada uma «as folhas como um valor pra legenda Pra fzesso, nie sum entrada ‘deculas com um apo siga ese apstroo com os distos que formam a folha, A medida que isere cada um dos digits, voo® pode também, acescentarum espago depois de cada dit, para melhor visi bile. Po exemplo, para insrir uma folha que conten 2,2, 3¢ 7 insir'22.37, £2.7_ _ CRIANDO DISTRIBUICOES DE FREQUENCIAS E HISTOGRAMAS ‘Voce cia distibuigbes de freqiéncias e histograms, a partir de dads no-resumides,utilizando 0 procedimento Histogram, de Ferramentas de Anilise, ou 0 procedimento Histogram & Polygons (Histogramas & Poligonos) do PHStat2. Ambos os procedimentos requerem que voce inicialmente tansforme os seus grupos de classe nagjuilo que 0 Excel chama de blacas (explicado posterirmente nesta seo) Diferentemente da discussio sobre distribuigio de Treqiéncias no Capitulo2, vost geralmente inclu frequéneias distibuiglodefrequéncias ¢ freqiéncias de percentagens acumuladas como colunas de uma tabela, «emo como tabolas separadas, conforme mostrado nas Tabelas 2.8, 2.10, © 2.13 deste capitulo. Do mesmo modo, diferentemente daquilo que foi feito no Capitulo 2, no Excel, voce cria distibuigdes de freqigneias para categoria individuais, uma de cada ver (fandos de erescimento ou fundos de valorizagio, por exemplo)e io distibuigSes de Feqiléncias ‘que contenham das categorias (por exemplo, fundos de crescimento e de valorzagto), Para cra abelas com muitipas categoria, ais come a5 Tabelas 28, 2.10¢ 2.13, voo8 deve combinarcolunas partir de tabelas individuas,uilizando as operagbes eopia e cola. ‘Se voc est uilizand o procedimento Ferramentas de Ai se depara com uma complicago final, que diz respeito ater que corgi Vitis erds que o procedimento comete na dstibuigio de fregiénciase no histograms, Se voo® possui dados jd esumidos em uma distribuigao de freqincias, voot deve passa direio para a Segio E2.8, que explica 0 76 CaptruLo Dors ‘modo de criar um histograma a partir dessa distribuigdo de freqéncas utlizando as Fungdes de grfico do Excel Transformando Grupos de Classe em Blocos Ao esumir dados numxicos no Microsoft Excel, voc utiliza bloeos que possuem intervalos de valores implicitos, em vez de grupos de clases, ‘que possvem valores d limites bem definidos. Um bloco 0 canjunto de valores que sio menores ou iguais ao valor do bloco em queso, e que ‘so maiores do que o valor do bloco anterior. que deve ter um valor inte rior, Para eriar uma disribuigio de freqiéncias, voos deve transformar seus grupos de classe em um conjunto de valores de blocoe inseriresses valores de bloco na mesma planilha de seus dados ndo-resumidos. NoCapitulo 2, Tabela 27 (eas Tabelas 2.8 a2.11) utiliza grupos de classe em im formato que possibilita que voe® fag atransformacio de classe para bloco. Quando ¥oo8 expressa grupos de classe no formato da ‘Tubela 2.7 valor & porém menos do que valor B, voce pose eriar blocos Dratieamenteequivalentes, como ilustra& Tabela E2.1 TABELA E2.1 Grupos de Classe e Blocos (0s Blocos Pratieamente Classes da Tabela 2. Equivalentes (0 porém menos do que 5 499) 5 porém menos do que 10 9.99) 10 porém menos do que 15 1499 15 porém menos do que 20 1999 20 porém menos do que 25 24.99 25 porém menos-do que 30 2999 30 porém menos do que 35 3499) 35 porém menos do que 40 39.99 40 porém menos do que 45 4.99 (0 primeiro valor de loco sempre representa um grupo sem nenhurt limite inferior explicita (outro que no 0 infinito negativo). Por conse guinte, o primeiro blovo munca pode possuir um ponto médio. (Voee Pode ter veriticado, neste capitulo, que em grdicos nos quas os pontos ‘ios so utlizados como Iegendss.o primeiro blaco tem como legend uum trago — e no um ponto médio.) ‘Algumas vezes, voe8 trabalha com grupos de classe sob a forma 1odos 0s valores desde walorA até valorB” como é0c4s0 neste conjunto de classes: 0,0 até 49: 5,0 at6 9,9; 10.0 até 14,9: 6 15.0 até 19.9. Nesses casos, oc’ pose fazer aproximagies para cada um dos grupos de classe, escolhendo um valor de bloco imediatamente acima do valor corres pondente ao valord para o srupo de classe. Por exemplo, os nimeros '4.99:9.99; 14,9: 19.99 criariam blocos que seriam aproximados para ‘0s quatro grupos de classe, pressupond que todos os valores de dados tenham sido mensurados em unidades no menores do que décimos. (Embora o ltimo digito do valor do bloco possa ser qualquer dito diferente de 2270, 0 uso de 9 como ihiimo digito & uma prtica padro nizada.) Quando voce cesses valores em uma nova coluna da panitha qu ver definido seu conjunto de valores de bloco,insira sont os seus dados rio-resumidos, Certfique-se de que a primeira eélula nessa coluna ‘contenha o titulo de ealuna “Blocos Utilizando 0 Procedimento Histograma, de Ferramentas de Andlise Para criar uma dstribuigdo de freqiéncias © um histograma, abra a plait que contém os dados nlo-resumidos e verifique que os valores {e blocos tenham sido colocados em suas préprias colunas. Inicie 0 suplemento Andlise de Dados, ¢ selecione Histograma a partir da ita Histograma trode Intra de rac: rtrd Hen asndes pss sta Opel est > Noxe lana Nope cde yabaho Dewets (tagana dissed) pecertagem gmdate EAResutado to ico FIGURA E2.9 Acaixa de didlogo Histograma, em Anélise de Dados de Ferramentas de analise, em seguid, cliqu sldlogo Histograma (ja a Figura E239), insia o intervalo de célulss ‘dos dos serem resumidos como Intervalo de entrada Insirao inter valo de células dos valores de bioco(ineluindo a e8lula que contém 9 titulo “Blocos”) como o Intervalo do bloco.'Cligue em Rétulos para indicar que as primeiras céilas do Intervalo de entrada e do Inervalo {dobloco contenham um rulo, Selecione a opedo Nova planilha ligne ‘em Porcentagem cumulativa, cigue em Resultado do grafico, para ‘rir um histogram, e ligue em OK. O procedimento ria uma dist buigo de freqiéncias e um histograma, conjuntamente, em uma nova planilha, Editando e Sofisticando a Distribuigao de Freqiiéncias A distribuigdo de freqiéncias que voe® era conte, indevidamente, um bloco contendo um limite em aberto, com o titulo "Mais", e conters ns eros na formatacdo de cabogalhos de colunas. Pura eliminar a classe "Mais", em primeiro lugar acrescente manualmente a soma da fireqléncia Mais soma da classe anterior eajuste a poreentagem acum luda da classe anterior para 100%. Depois disso, selecione toda a linha {que contém a linha “Mais”, selecione Kditar > Exclu e, na caixa Ue didlogo Exeluir, selecione a opeio Destocar eétulas para cima, © clique em OK. Em seguida, sofistique a sua distrbuigo de freqiéncias. Selecione una c6lulana lina le, depois, selecione Inserir > Linhas. Na “nova™ linha 1. insia um titulo para a distibuigo de freqineias, Depois diss, screscente uma coluna para a freqlncia de percentagens, selecionando ‘coluna C, e, em seguida,selecionando Inserir > Colunas. Na nova coluna C, insta o titulo Percentagem na célula C2. Insira a forma -B3SOMA(B:B) na célula C3 e copie a formula para baixo na coluna a0 longo do restante da distribuigdo de freqléncias, Formate a coluna C para exbigao no formato de percentagens, para completa a.coluna. Por fim, acrescente uma coluns para os pontos médios, Selocione acSiula ED ¢ insirao Utulo Pontos Médios, Depois, ilize 3s eélulas na coluna E iniciand com a e¢lula E3, para inserr os seus pontos médios, Sea sua ‘entrada para a lula E3 for (como, de um modo geral, er, insira (com um apéstrofo na frente) par se cenar em anco 0 Intervale de Bloc. 0 procediment© oa w= ra voce ENteant, a malo pata foro océ estiver utilisan smo do PHSta no procedin Histogram & cons (Histograma & Poligonos),essas edie e sof 7 voce, caso voc’ clique nas opetes de resultado apropriadas Corrigindo 0 Histograma ama também se modifica, © a barra que representa o grupo do erro Mais" desaparece, Nesse ponto, 0 histograma ainda contém os =ros mostradosna Figura E2.10: Lacunas ent baras correspondem sx intervals de classe nos histogramas: os blocos tm como legendas os sexs valores miximos do blaco,e nao os valores de seus pontos méics acscala do eixo Y seeundirio excede 100% 1 comigr esses erros, voc® precisa iniialmente reposicionar 0 s== histograma em sua propria planitha de grfico, para poder trabalhar ais facilmente com © histograma, Cligue a dirita na érea de fundo (2007 a opgio scograma,¢ clique em Local (97 ment de atalho, Na caixa de didlogo que aparece, x Como nova planilla (97-2003), oa Nova planitha (2007) clique em ‘OK. histograma agora aparece (bem maior) em sua pra pani de fico. e voe® pode contin Para eliminar as lacunas entre as barras, clique 2 diteta dent fe uma das bara do hist Seqigncia “Freqiigncia’ quanklo 0 seu mouse etiver posicionado no sal aproprial,) Clique em Formatar Seqigneias de Dados no men de aalho, para que soja exibida a caia de dislogo Formatae Seqiacia de s. Se voc® est tilizando o Excel 97-2003, cligue na guia OpgBes, Soslifque 0 valorde Largura do Espagamento para ¢ cliqueem OK. Se voo8estd utilizando o Excel 2007, movinvente o ponteiro desizante & Largura do Espagamento para Sem Interval no painel Opgdes de Série dessa caixa de didlogo. Para modiffcar as legendas dos blocos, insra valores dos pontos Jina colura E. Clique & diteita no Tundo do himento colorido. (oeé vers uma dica sobre Area de Plotagem geando o seu mouse estiver posicionado no local apropriao.) Clique Dados de Origem (Excel 97-2003) ou Selecionar Dados (Excel rama, (Voe8 verd uma dica que inicia com Histograms 16 = * ut APRESENTANDO DADOS EM TABELAS EGRAFICOS 77 2007) no menu de atalho. Se voce esté utilizando o Excet 97-2008, selecione a guia Seqiigneta na caixa de dislogo Dados de Origem ¢ insira 0 intervalo de células dos pontos médios como uma femula no Formato =Nome dt Planitha!Inter 2 Rotulos do ceixo das categorias (X). Depois disso, exclua a entrada para Rétulos ‘do elxo das categorias secundarias (X)¢ clique em OK. Se voré wil 2007, clique no botio Kiitar sob o titulo Rétules do eixo horizontal (categorias). na caixa de didlogo Selecionar Fonte de Cetulas, na de Dados. Na caixa de dislogo Rotwlos do Eixo,insira 0 intervalo de células dos pontas médios como uma formula, no formato =Nome da Planitha'Intervalo de Célula, e clique em OK. (Esse intervalo deve ‘comegar com 0 primeiro valor de ponto médio,e nao com 0 tulo da coluna do ponto mio.) Clique em OK uma s didlo ‘original) para complear a tare. Para refazer a escala do cixo secunditio Y, clique a dreta no eixo, Y secundaio (4 diteita). (Voed uma Dica que inclu as palavras Secumdiio e Eixo, quando 0 seu mouse estiver eorretumente posci rdo.) Clique em Formatar Bixo no men de allo, Se vo Excel 97-2003, modiique para 10 valor Maximo, na guia Escala m OK. Se voce utiliza 9 Excel 2007, selecione a opto F Miiximo e insira 1 como 0 valor para maximo em Opgdes de Elxo. no pine! da Formatar Eixo,, depois, clique em OK. da caixa -edimento Histogram & Poligons & Poligenas) do PHSta,exvas correptex st feitas por 0 PHStai2 distribu de fregiéncias wo histo ocd, emb nana mesma planitha da EXEMPLO Retomo Anual de Tres Anos para Fundos ¢ Para cria uma distribuiglo de freqdacias que combine o melhor das Tabelas 2.8, 2.10 ¢ 2.13, e o seu priprio histograma da Figura 2.9 Painel A. para o retoro anal para tr anos de fudos de crescimento bra inicialmente a pasta de trabalho FURIGSMAUBSNS na planitha Crescimento, A coluna J dessa planilha contém valores de bloco qu ransformam os grupos de classe utilizados ao longo do Capitulo 2. 9.98 1499 1099 2499 2060 3499 39,99 48.00 40.00 54.99 50,90 64.90 FIGURA E2.10 Histograma, antes de serem aplicadas corregées (A Figura 2.8 mostra o histograma corrigido) 78. Capituto Dot climinando desse modo a necessidade de que voc’ proprio faga essa ‘ransformagio. (Acoluna K contém os valores dos pontos médios, ui zads pelo procedimento do PHSta2.) Continue com o conjunto ape: Priad de insieugoes, Excel Basico Utlize o procedimento Histograma, de Ferramentas de AAnilises. Insira HI:H839 como oIntervalo de Entrada eJ1:J10 como. Intervalo do Bloco na caxa de didlogo Histograma. Clique em Rotulos, Descriptive Statistics Histogram & Polygons (PHStat > Estatistica Descritiva > Histograma & Poligonos). Insra H1:11839 como Variable de Célutas da Varkivel) 112110 come Bins C Células do Bloco); © K1:K9 como Midpoints Cell Range (Intervalo de Células de Pontos Médios). Clique em First cell in each range Pell Range (Intervalo selecione a ops vel Unica do Grupo) Insira um ilo em Title eclique em OK(O Histograma jest marcado para voce.) Date Variable Cot Range: Bre Cel Range: Midpoints Col Range: IF rst calm each range contains label noi Options sje Group Varble Sofisticando 0 istograma ‘ocd pode sofistcar, de diversas maneiras, o histogram Ferramenta Anslise de Dados e pelos procedimentos do PHSta melhorara qualidade de apresentagio do histograms. Vooe pode modi- ido pela enrico eas legendas dos eixos e/ou excluiro griico de ra mod: ico, clique no titulo, para fazer com que uma auréola percentagem acumlads que estésobreposto ao histograms. P aparegaem torn do titulo. Na barra de femulas, nsira um titulo me cepressione a tecla Enter. Entio, siga um process similar para mods ‘eda uma das legendas do eixo, Pata exclir 0 grtico de percent acumuladas, clique no grifico de percentagens acumuladas para reals Delete, Em seguida, clique sobre & yecessria)& direita dohistograma (uma aursola aparece em tomo da cai) e pressione Delete para climins Ta tambm, Avalie, também, a emogao do plano de fundo do grific, ‘bem como outras moxtificagies, caso apropriado, conforme deserito na fico e, depois, pressone canada rena ‘ des parte “Dicas Adicionas para Griticos”, da Segio E2.2. £28 CRIANDO UM HISTOGRAMA A PARTIR DE DADOS RESUMIDOS Algumas vezes, voe® trabalha com dados que estio resumidos em uma’ tistribuigdo de frequncias. Nesses casos, voc® ni consegue utilizar 1 de andlise Histograma, ou os procedimentos do PHSta Histogram & Poligons (Histograma & Poligonos), que esses proce- sdimentos requerem dads ndo-resumidos. Em ver disso, voc’ insere inicialmente a distbuigdo de freqléncias em uma planithae, depois sliza o Assistente de grfico para criar um histogram Inserindo a Distribuicao de Freqiién Abra uma nova planilha ¢ insira um tiulo na eélula Al e eabegalhos se colunas para suas classes freqiéacias nas células A2 e B2.Insira suas somas de classes e de freqiéncias abaixo desses cabegalhos. Some as colunas de frequéncias de percentagem, requéncia de percenta ‘acumulada e pontos médios, ilizando as instrugbes a sep. Insira o ilo Pereemtagem na célula C2. Insia a formula =B3! SOMACB:B) na célula C3 e copie a formula para baixo na coluna 29 Jongo do restate da distribuigio de freqiéncias, Formate a coluna C para cexibigio no formato de percentagens, para completar a coluna, Insira titulo Percemtagem Aeumulada na celul D2 lnsira a fGemula =C3 na célula D3. Insia a térmula =D34C4 e copie a formula para balxo da colina ao longo do restante da dstribuigio de freqsncas. Inia otal tos Médos na cslula E2. Depois disso utliz as slula na coluna iniciando com a célula ES, para inserir os seus pontos médios, Se ast entrada para cSlula E3 for ~- (como, de um modo geral, ser), insica ‘esse valor (comm um apesiofo na frente) para evita um ero, Criando o Histograma (97-2003) Abra a plana que contém a sua distribuiglo de freqiéncias e utilize Assi rtico. Faga as seguintes entradas nas caixas de didloga do Assistente de grafico: Etapa 1 Clique na guia Tipos padrio, Clique em Colunas como Tipe de grfico c, depois clique no primero ieone para Subtipo de gr. {que mostra legenda Colunas Agrupadas. quando selecionado, Etapa 2 Clique na guia Interval de das, Insiraoitervalo de cSlulss da freqincias como Intervalo de dados clue na op¢30 Colinas no grup Sériesem, Clique na gui Seqiénea,Insiraointevalo de oéllas des pon ris (como una formula no formato =Nome da Planihaldntervalo del Célula) na cia Rétulos do Eiso das Categorias (0, tapa 3 Clique na guia Titulo. Insia umn ital para Titulo do grifieas Pontos Médios como titulo para Kixo das categorias(X):¢ Preqiin com titulo para Eixo dos valores (Y). Uslize os ajustes de format para Bixos, Linhas de grade, Legenda, Rotulos de dados c Tal de daados, que sio apresentados na parte “Criando Grificos (97-2003) nna Segdo E2.2. Para elimina as lacunas entre as barras do histograma que foi cr pelo assistente, clique & dircta em uma das barras do histograma, (No ‘etd uma Dica que iniia com Série “Freqigneia’ quando o seu mous estiver posicionado no lugar corto.) Clique em Rormatar Série de