Você está na página 1de 4

Anorexia e bulimia

Cada vez mais as pessoas tanto as mulheres como os


homens preocupam-se com o seu aspecto físico. Mas isso
pode agravar-se de tal forma que essa preocupação pelo
aspecto pode tornar-se numa doença que leva muitas das
vezes à morte.
Nenhuma doença é fácil,
mas estas são acima de tudo
psicológicas. A pessoa que tem
bulimia ou anorexia sente-se
mal consigo própria e por isso,
deixa de comer, isto no caso da
anorexia, pois no caso da
bulimia acontece o oposto, a pessoa consume uma
quantidade exagerada de comida e depois arrepende-se e
sente-se culpada, provocando o vómito. As estatísticas
indicam que são mais as mulheres que sofrem deste tipo de
doença, principalmente adolescentes. A adolescência é
principalmente descrita pelas mudanças que ocorrem tanto
fisicamente como psicologicamente. Muitos adolescentes
não têm o corpo desejado, não se sentem bem com eles
mesmos, por isso a única solução que eles encontram é ou
deixar de comer ou arranjar alguma maneira de voltar atrás
no que comeram. Será que vale a pena morrer por uma
beleza que nem sequer existe?

Os media têm de certa forma


a sua influência negativa neste
tipo de doença. Os cartazes com
os manequins esqueléticos e com
uma beleza “desumana”
influenciam o público que os vê. As pessoas parecem iniciar
uma caminhada por uma beleza perfeita, uma beleza
impossível de encontrar.
Muitos pensam que se deixarem de comer emagrecem
e ficam com o corpo desejado, mas para além disso se
tornar uma obsessão e por mais magros que fiquem, para
eles nunca será suficiente, alguns não conseguem parar,
não conseguem ingerir comida e isso leva a muitas doenças
e em último caso à morte.

Anorexia

Sintomas:

1. Peso corporal
abaixo do normal;
2. Prática excessiva de
exercício físico;
3. Período menstrual
irregular ou mesmo
inexistente nos
rapazes ocorre a
disfunção eréctil;
4. Cárie dentária;
5. Depressão profunda;
6. Bulimia, que pode ser desenvolvida
posteriormente.
Bulimia

Sintomas:

1. Medo de engordar;
2. Alimentação compulsiva
(incapacidade de controlar
tais episódios);
3. Peso normal;
4. Menstruação irregular;
5. Uso excessivo de laxantes
e/ou indução do vómito.
6. Depressão profunda.