Você está na página 1de 5
Line It fs or. a Pandit GOVERNO DO DISTRITO FEDERAL PROCURADORIA-GERAL DO DISTRITO FEDERAL GABINETE DO PROCURADOR GERAL senlo Logisiative nara registro 4, sas CCT © Coma’ Gf PECL, ain 2E4 OF 0 Pe MENSAGEM N*_97572007 Brasilia, 26 de marco de 2007. Excelentissimo Senhor Presidente Submeto a elevada apreciagao dessa Cémara Legistativa 0 anexo Projeto de Emenda & Lei Organica ~ PELO que “Acrescenta os pariigrafos 1° ¢ 2 20 artigo 205 da Lei Organica do Distrito Federal”, aeompanhado da respectiva Exposigdo de Motivos apresentada pelo Exmo, Senhor Procurador-Getal do Distrito Federal, Pela importancia de que a matéria se reveste, encarego urgéncia na sua apreciago, como faculta o artigo 73 da Lei Organica do Distrito Federal, Aproveito 0 ensejo para renovar a Vossa Exceléncia ¢ os seus dignos pares a certeza dp meu alto aprego e considetagao, JOSE ROBERTO ARRUDA ador do Distrito Federal . DF OF $495 Excelentissimo Senhor "Gh Deputado Alirio Neto Presidente da Camara Legistativa do Distrito Federal Brasilia - DF PROTOCOLO LEGISLATIVO | LO xe Ady 2007 Fis No_OA BIA 1/2007 PROPOSTA DE EMENDA A LELORGANICA PHO Acrescenta os pardgrafos 1° ¢ 2° ao artigo 205 da Lei Organica do Distrito Federal Art. 1° Sao acrescentados os §§ 1° ¢ 2° ao art. 205 da Lei Organica do Distrito Federal, com as seguintes redagbes: "Art, 205 §1°. Os gestores locais do sistema tinico de satide poderio admitir agentes comunitirios de satide ¢ agentes de combate as endemias por meio de processo seletivo piiblico, de acordo com a natureza ¢ complexidade de suas atribuigdes © requisitos especificos para sua atuagao. §2°. Lei distrital dispord sobre o regime juridico ¢ a regulamentago das atividades de agente comunitario de saiide e agente de combate as endemias, Art 2° Apés a promulgagio da presente Emenda a Lei Orginica, os agentes comunitarios de saiide e os agentes de combate as endemias somente poderiio ser contratados diretamente pelo Distrito Federal na forma do § 1° do art. 205 da Lei Organica, observado o limite de gasto estabelecido na Lei Complementar de que trata 0 art. 169 da Constituigaio Federal. Pardgrafo tinico. Os profissionais que, na data de promulgagdo desta Emenda ¢ a qualquer titulo, desempenharem as atividades de agente comunitario de sadide ou de agente de combate as endemias, na forma da lei, ficam dispensados de se submeter a0 processo seletivo publico a que se refere 0 § 1° do art. 205 da Lei Organica, desde que tenham sido contratados a partir de anterior proceso de Selegao Pablica efetuado por 6rgios ou entes da administragdo direta ou indireta de Estado, Distrito Federal ou ‘Municipio ou por outras instituigdes com a efetiva supervisio e autorizagdo da administragao direta dos entes da federagao. Art. 3° Esta Emenda a Lei Organica entra em vigor na data de sua publicagao. PROTOCOLO LEGISLATIVO PELOne AC 7 200%) Fis, no_O2 Bin) GOVERNO DO DISTRITO FEDERAL PROCURADORIA-GERAL DO DISTRITO FEDERAL GABINETE DO PROCURADOR GERAL N° 268 /2007 Brasilia, 05 de margo de 2007. Excelentissimo Senhor Governador, Encaminho a Vossa Exceléncia 0 anexo Projeto de Emenda Lei Organica — PELO, que “Acrescenta os parigrafos 1° ¢ 2° ao artigo 205 da Lei Organica do Distrito Federal”, a ser enviado a Camara Legislativa do Distrito Federal — CLDF, para as devidas providéncias, A presente proposta de Emenda 4 Lei Organica, apresentada com amparo na norma inserta no artigo 70, inciso TI, da Lei Organica do Distrito Federal, lastreia-se em razies de suma importancia, Com efeito, trata-se de proposta que objetiva garantir a permanéncia dos agentes comunitarios de saiide distritais que j se encontram em pleno exercicio de suas atribuigdes, apos realizagdo de prévio processo seletivo. Nesse sentido, a Proposta de Emenda 4 Lei Orgénica vem téo-somente adaptar 0 texto constitucional local aos PROTOCOLO LEGISLATIVO PELO ne My 200% Fis, no O05 BK “art2", Paragrafo dnico. Os profissionais que, na data de promulgacio desta Emenda e a qualquer titulo, desempenharem as atividades de agente comunitario de saiide ou de agente de combate as endemias, na forma da lei, ficam dispensados de se submeter ao processo seletivo piiblico a que se refere o § 4° do art. 198 da Constituicao Federal, desde que tenham sido contratados a partir de anterior processo de Selegio Publica efetuado por drgios ou entes da administracio direta ou indireta de Estado, Distrito Federal ou Municipio ou por outras comandos da Emenda Constitucional n° 51/2006, a qi obrigatéria para o Distrito Federal, nos seguintes termos: