Você está na página 1de 1

EST BEM?

Descrio
Vamos agora tentar modificar a nossa forma de pensar a partir de um
exemplo.
Imagina que o Manuel te diz: Sabes, acho que o Joo (outro colega)
no gosta de mim. Sabes que no verdade, o que acontece que o
Joo muito brincalho e por vezes exagera um pouco com o Manuel.

Podes seguir os seguintes passos para modificar a forma de


penar do Manuel
1. Pergunta-lhe: Em que te baseias para dizer isso? e tentar
fazer-lhe ver que no verdade.
2. Pergunta-lhe: Como que te sentes ao pensares que o Joo
no gosta de ti? De certeza que lhe provoca angstia e
ansiedade, e isso no bom.
3. Pergunta-lhe: O que ganhas em pensar assim? No lhe serve
de nada, s o faz sofrer.
4. Pergunta-lhe: O que me dirias se eu te contasse o mesmo
problema que me ests a contar? Ensina-o a dizer a si mesmo
o que diria a um bom amigo que tivesse esse problema.
No te parece que o Manuel sairia a ganhar se tentasse falar com o
Joo, em vez de pensar coisas que no tem a certeza de serem
verdadeiras? Se tentasse que fossem amigos?
Contudo, h algo que tenho a dizer:
Se o Joo no quer ser amigo do Manuel, depois de este ter falado
com ele, no faz mal, porque no se pode obrigar ningum a ser
amigo de outra pessoa. H muitos rapazes e raparigas no mundo.